Pesquisar este blog

sábado, 26 de fevereiro de 2022

João Paulo Adour



Nome real: João Paulo Adour da Câmara

Créditos: João Paulo Adour, ou Joao Paulo Adour

Atividades: Ator, modelo e garoto-propaganda

Áreas: Cinema, teatro e TV

Nascimento: 07/11/1940, São Paulo/SP

Óbito: 03/09/2018, Rio de Janeiro/RJ

Causa óbito: Infarto fulminante (suposto)

Nota: Afastou-se da mídia. Formado em Teatro. Filho de Jaime Adour da Câmara e de Leonor Adour da Câmara. Faleceu enquanto dormia, em seu apartamento, no Rio de Janeiro/RJ. Seu corpo foi encontrado pela polícia poucos dias após o óbito, supostamente, por infarto fulminante.

Carreira: 1962-1986 (36 obras*)

1962 - Comercial Camisaria Delano (Televisão) - Garoto-Propaganda / Modelo
1962 - Comercial Escovas de Dentes Tek (Televisão) - Garoto-Propaganda / Modelo
1962/1963 - Família Pouco Família (Teatro) - Dudley Smith
1963 - Comercial Spazio Casa do Homem (Televisão) - Garoto-Propaganda / Modelo
1963/1964 - Os Filhos Terríveis (Teatro) - Jacques Guiraud-Jobit
1964/1965 - Vamos Brincar de Amor em Cabo Frio (Teatro) - Paulo ‘Paulinho’
1965/1966 - Música, Divina Música (Teatro) - Rolf Gruber
1966 - Comercial Água Tônica Antárctica (Televisão) - Garoto-Propaganda
1967 - Cara a Cara (Cinema)
1967 - O Cavalo Desmaiado (Teatro)
1968 - As Sete Faces de um Cafajeste (Cinema) - Sérgio
1969 - A Ponte dos Suspiros TV Globo (Televisão) - Rafael
1969 - Um Gosto Amargo de Festa TV Tupi (Televisão) - Rogério
1969/1970 - Verão Vermelho TV Globo (Televisão) - Eduardo
1970 - Amor em Oitos Mãos (Teatro)
1970/1971 - Assim na Terra como no Céu TV Globo (Televisão) - Marcos
1971 - Comercial Desodorante Trinity TV Globo (Televisão) - Garoto-Propaganda / Modelo
1971 - O Camarada Mioussov (Teatro)
1971/1972 - Bandeira 2 TV Globo (Televisão) - João Cláudio
1972 - Selva de Pedra TV Globo (Televisão) - Guido
1973 - Mamãe, Papai Está Ficando Roxo (Teatro)
1973 - O Bem-Amado TV Globo (Televisão) - Cecéu Paraguaçu
1975 - Gabriela TV Globo (Televisão) - Dr. Osmundo Pimentel
1975/1976 - A Feira do Adultério (Teatro)
1975/1976 - O Grito TV Globo (Televisão) - Rogério
1976 - Boeing-Boeing (Teatro)
1977 - Dona Xepa TV Globo (Televisão) - Ivan
1978 - Gata em Teto de Zinco Quente (Teatro)
1979 - Teatro 2 TV Cultura: Gata em Teto de Zinco Quente (Televisão)
1980 - O Bem-Amado TV Globo: Natal em Sucupira (Televisão) - Cecéu Paraguaçu
1980 - Olhai os Lírios do Campo TV Globo (Televisão) - Ernesto Fontes
1980/1981 - As Três Marias TV Globo (Televisão) - Afonso
1981/1982 - Brilhante TV Globo (Televisão) - Sérgio
1984/1985 - Corpo a Corpo TV Globo (Televisão) - Orlando
1986 - Novo Amor TV Manchete (Televisão) - Miguel
1986 - Os Filhos Terríveis (Teatro)

(*) Pesquisa concluída

15 comentários:

Unknown disse...

Joao Paulo, espero que voce esteja bem. Sinto muita saudade de voce,
Deus te abençoe
Roberto -SP

jhoncar disse...

Apenas para complemento,João Paulo
Adour é de 1944.
Abraços.

MARIO GORDILHO disse...

Valeu, John.

Obrigado mais uma vez!

Abração

Mario

Tania disse...

Gente!! Eu juro que achava que quase ng se lembrava do João paulo Adour... que bom que mais pessoas lembram dele. Por onde anda esse homem lindo e talentoso??? Alguém sabe??? Bjs

Sérgio Ricardo T. da Câmara disse...

filho de Dona Sílvia, a qual conheci quando morava na tijuca,é meu primo distante,saudades de vê-lo na telinha.

Silmara Souza disse...

Por que não trazem esse ator lindo, charmoso e talentoso para encantar o público com sua atuação? Ele tem que voltar para as telas!
Ilda Correia

aparecida disse...

que pena que voce não está na mídia tenho saudades de sua atuação me lembro de você no Bem Amado grande abraço sou sua eterna fã.

fernando disse...

Joao Paulo Adour, sempre será um dos maiores atores do brasil.

Anônimo disse...

Somos do mesmo dia de nascimento.acompanhei sua carreira até quando você parou.Abraço volte logo.

Rodrigo Arte disse...

Boa tarde:

Um artista sumido mesmo...
Garanto que muito/as recordem deste_só que nem saibam O NOME!
E é comum da pessoa conhecer e depois saber com o se chama.
Pelo que recordo_ele atuou em GABRIELA (1975).
E como ele é parecido com o também sumido FÁBIO MASSIMO.

Valeu,
Rodrigo

Anônimo disse...

Por onde tu andas,João Paulo?
abç.Zaltony de Almeida, de São Miguel Arcanjo-SP.

Unknown disse...


E eu que pensava que ele havia morrido de acidente automibilístico no final da década de 70, segundo notícias fake que veicularam por aí, na época!... Que grata e feliz surpresa saber que ele está vivo e saudável. Seria tão bom vê-lo de novo na telinha!

Anônimo disse...

Fico feliz em saber que vc tá bem. Curtindo a vida com s sua familia.Abraços.

Anônimo disse...

... vivem dizendo que ARTISTAS MORREM (ou de ACIDENTE ou de DOENÇA!). Um dos meus pais ao ver alguns na TV perguntava se já tinham morrido (risos).
Num comentário aqui, disseram que OUVIU FALAR QUE SE TINHA IDO NUM ACIDENTE: talvez o tenha confundido com o saudoso OSMAR DE MATOS (que faleceu dessa causa mesmo). Alias esse último era parecido com o DALTON VIGH. E atuava na época de grandes produções; recentemente só vemos REMAKE ou COISAS SEM LÓGICA (temas repetidos mesmo) - e nada contra a TECNOLOGIA.

Anônimo disse...

Soube há poucos minutos do óbito... nosta!
Lendo num jornal daqui de Porto Alegre, dizia no anúncio que 'seu apartamento estava revirado'. Caramba.
E dizia que tinha 78 anos. Há um site famoso dizendo que havia nascido em 1939/muito comum isso de DIZEREM DATAS DISTINTAS _ do José Wilker de Almeida nem sei seu ano de nascimento. Só sei que nasceu no dia 20 de agosto.

Rodrigo