Pesquisar este blog

terça-feira, 27 de outubro de 2020

Suzy Arruda



Nome real: Suzi Camargo Arruda

Créditos: Suzy Arruda, Suzi Arruda, Susi Arruda, ou Susy Arruda

Atividades: Atriz

Áreas: Cinema, teatro e TV

Nascimento: 24/05/1917, Tietê/SP

Óbito: 2005, São Paulo/SP

Causa óbito: Natural

Nota: Estava aposentada. Formada em Teatro. Filha de Theophilo Olyntho de Arruda e de Suzana Camargo Olyntho de Arruda. Entre 1937 e 1942, destacou-se como desportista, praticante do tênis profissional. Irmã de Sálvio Olyntho, Geraldo Olyntho e de Maria Brasília. Foi integrante do grupo teatral "Companhia Brasileira de Comédia" (1959/1960).

Carreira: 1952-1995

Alguns trabalhos:

1953 - Grande Teatro Infantil Gardano TV Tupi: A Bela Adormecida (Televisão)
1954/1957 - Sítio do Pica-Pau Amarelo TV Tupi (Televisão) - Dona Benta
1958 - David Copperfield TV Paulista (Televisão)
1959 - A Folha de Parreira (Teatro)
1960 - Cristo Proclamado (Teatro) - Retirante
1960 - Teatro da Juventude TV Tupi: Esther (Teatro)
1961 - O Milagre de Anna Sullivan (Teatro) - Tia Ev
1962 - Grande Teatro Tupi: Diálogo das Carmelitas (Televisão)
1962 - Grande Teatro Tupi: Morte em Cêrro Azul (Televisão)
1963 - Grande Teatro Tupi: Good Mary (Televisão)
1964/1965 - Depois da Queda (Teatro)
1966 - Onde Canta o Sabiá (Teatro)
1967 - Adorável Trapalhão (Cinema)
1967 - Sabiá 67 (Teatro)
1969 - O Retrato de Laura (Televisão)
1970 - Grande Teatro Infantil: O Fígaro Indiscreto (Televisão)
1971 - Uma Pantera em Minha Cama (Cinema) - Dona Maricota
1973 - Caso Especial TV Globo: Duelo (Televisão)
1973 - O Bem-Amado (Televisão) - Dona Florzinha
1973 - Shazan, Xerife & Cia. TV Globo: Perigo Sob a Lona (Televisão)
1974 - A Gaiola das Loucas (Teatro)
1975/1976 - A Gaiola das Loucas (Teatro)
1977 - Locomotivas TV Globo (Televisão)
1977/1987 - Os Trapalhões TV Globo (Televisão)
1978 - Caso Especial TV Globo: A Morte e a Morte de Quincas Berro D´Água (Televisão) - Otacília
1980 - O Bem-Amado TV Globo: O Julgamento de Dirceu Borboleta (Televisão) - Dona Florzinha
1993 - Gilda: Um Projeto de Vida (Teatro)

4 comentários:

Anônimo disse...

Esta era uma pessoa muito especial para mim , sempre cuidou de todos com muito carinho ...pena q um dia todos se vão ,mas ela se foi ,e deixou muitas marcas e lembrancas para nos

Anônimo disse...

A partir de 1990 até 1995, creio, a atriz viveu em Curitiba, tendo trabalhado em algumas peças no Teatro Guaíra e participava inclusive da Orquestra Sinfônica do Paraná.Era comum encontrá-la nas ruas do centro.Sempre a achei uma atriz com muito talento para a comédia.
José (www.yakocine.blogspot.com)

Anônimo disse...

Lembro dela nos trapalhões

MARIO GORDILHO disse...

Fontes:

http://memoria.bn.br/DocReader/090972_08/17594
https://www1.folha.uol.com.br/fsp/cotidian/ff2201200231.htm