Pesquisar este blog

sexta-feira, 16 de outubro de 2020

Ary Barroso



Nome real: Ary Evangelista Barroso

Créditos: Ary Barroso, ou Ari Barroso

Atividades: Autor, compositor, musicista, letrista, radialista, radioator, locutor, apresentador, diretor e produtor

Áreas: Rádio, teatro e cinema

Nascimento: 07/11/1903, Ubá/MG

Óbito: 09/02/1964, Rio de Janeiro/RJ

Causa óbito: Cirrose hepática

Relacionamentos: Era casado com Ivone Belfort de Arantes (1930-1964), dois filhos: Mariuza, e o jornalista Flávio Rubens.

Nota: Formado em Direito. Atuou na política como Vereador do Rio de Janeiro/RJ. Seu filho Flávio faleceu em 2009.

Site: http://www.arybarroso.com.br/

Carreira: 1926-1964

Alguns trabalhos:

1932 - Me Deixa, Yoyô (Teatro) - Autoria Musical
1933 - Malandragem (Teatro) - Autoria e Direção Musical
1933 - Segura Esta Mulher! (Teatro) - Autoria e Produção
1937/1955 - Rádio Tupi: Programa Calouros em Desfile (Rádio) - Apresentador
1937 - Quem Vem Lá? (Teatro) - Autoria
1941 - Garçon (Teatro)
1942 - Da Guitarra ao Violão (Teatro)
1949 - Pro Catete Vou a Pé (Teatro) - Direção Musical
1950 - Sapato de Pobre É Tamanco (Teatro) - Autoria
1952 - Quem Inventou o Carnaval? (Teatro) - Atuação, Autoria, Direção e Produção
1953 - Show Teatro Lírico (Teatro) - Autoria, Direção e Produção (México)
1954 - Calouros do Ari TV Tupi Rio (Televisão) - Apresentador
1954 - Quem Inventou a Mulata? (Teatro) - Autoria e Direção Musical
1960 - Ary Barroso 1960 (Teatro) - Produção
1960 - É Xique-Xique no Pixoxó (Teatro) - Direção Musical
1960 - Os Quindins de Yayá (Teatro) - Produção
1960 - Rio, Capital Samba (Teatro) - Produção
1963/1964 - Soraia, Posto 2 (Teatro) - Autoria Musical

Um comentário:

Anônimo disse...

Dois filhos, Mariuza e o jornalista Flavio Rubens, este falecido em 2009