Pesquisar este blog

segunda-feira, 23 de março de 2020

Luíza Barreto Leite



Nome real: Luiza Helena Barreto Leite Valdez

Créditos: Luíza Barreto Leite, Luiza Barreto Leite, Helena Barreto Leite, Duddu Barreto Leite, Duddú Barreto Leite, Dudú Barreto Leite, Dudu Barreto Leite, Luísa Barreto Leite, ou Luisa Barreto Leite

Atividades: Atriz, diretora, escritora, autora, produtora e professora de interpretação

Áreas: Cinema, teatro e TV

Nascimento: 18/12/1933, Bissoram (atual Guiné-Bissau)

Óbito: 24/04/2017, Lorena/SP

Causa óbito: Câncer

Relacionamentos: Foi casada, filhos.

Nota: Afastou-se da mídia. Filha da atriz Maria Barreto Leite. Irmã da atriz e modelo Vera Barreto Leite 'Vera Valdez'. Tia da atriz Mariana de Moraes. Sobrinha da atriz Luiza Barreto Leite. Prima dos cineastas Luiz Alberto e Sergio Sanz. Morou em Paris - França. Ex-integrante do grupo teatral "Os Mascarados" (1942). Uma das fundadoras do grupo teatral "Os Comediantes". Atuou como empresária dona de restaurante, em Antonina/PR. Lecionou teatro no Acre. Trabalhou com recuperação de presos num manicômio judiciário, em Piraquara/PR.

Site: https://www.facebook.com/enquantopasseiporaqui/

Carreira: 1942-1986

Alguns trabalhos:

1942 - O Engando pelas Aparências (Teatro)
1942 - Uma Tragédia Florentina (Teatro)
1944 - É Proibido Suicidar-se na Primavera (Teatro)
1945 - A Mulher Sem Alma (Teatro) - Mrs. Frazier
1946 - Frenesi (Teatro) - Amélia
1946 - O Pecado Original (Teatro)
1947 - A Governanta / Mademoiselle (Teatro)
1947 - Duas Mulheres (Teatro)
1947 - Frenesi (Teatro) - Amélia
1947 - O Pecado Original (Teatro)
1948 - Beijos, Abraços e Amor (Teatro)
1948 - Leilão de Garotas (Teatro)
1949 - A Megera Domada (Teatro)
1949 - Convite à Vida (Teatro)
1949 - Dias Felizes (Teatro)
1949 - Família (Teatro)
1949 - Filhos de Santo (Teatro)
1949 - Já É Manhã no Mar (Teatro)
1949 - Mensagem Sem Rumo (Teatro)
1949 - O Amor e a Morte (Teatro)
1950 - Angélica (Teatro) - Angélica
1950 - As Águas (Teatro)
1953 - A Família Lero-Lero (Cinema) - Laurita
1953 - A Falecida (Teatro)
1953 - A Raposa e as Uvas (Teatro)
1953 - Canção Dentro do Pão (Teatro)
1953 - Luz Apagada (Cinema)
1953 - Teatro de 53: Escola de Viúvas (Teatro)
1955 - Paiol Velho (Teatro)
1956 - Antes do Café (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1956 - Antes da Missa (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1956 - A Voz Humana (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1956 - Carlota Joaquina (Teatro) - Carlota Joaquina
1956 - Copacabana S.A. / Papai É o Maior (Teatro)
1956 - Electra no Circo (Teatro)
1956 - Eu Arranjo Tudo (Teatro)
1956 - Teatro do Rio da TV Rio: Escola de Viúvas (Televisão)
1956 - Teatro do Rio da TV Rio: Lição de Botânica (Televisão)
1956 - Teatro do Rio da TV Rio: Um Jogador (Televisão)
1957 - Mulheres / Poeira de Estrelas 1957 (Teatro)
1966 - Onde Canta o Sabiá (Teatro)
1975 - Rei Lear (Teatro) - Rei Lear

Um comentário:

M. Exenberger disse...

Gostei dela também no filme Luz Apagada, 1953 (disponível no youtube). Muito bela! Grande atriz de teatro.