Pesquisar este blog

segunda-feira, 19 de outubro de 2020

José Luiz Rodi



Nome real: José Luiz Rodi

Créditos: José Luiz Rodi, Jose Luiz Rodi, José Luís Rodi, Jose Luis Rodi, José  Rodi, Jose Rodi, José Luiz Rhodi, Jose Luiz Rhodi, José Luís Rhodi, Jose Luis Rhodi, José Rhodi, ou Jose Rhodi,

Atividades: Ator, autor, dramaturgo, diretor, cenógrafo, figurinista, coreógrafo e produtor

Áreas: Cinema, teatro e TV

Nascimento: 09/07/1943, São Paulo/SP

Óbito: 1995, Rio de Janeiro/RJ

Causa óbito: AIDS

Relacionamentos: Namorou com a ex-chacrete Rony Rhomberg (1977-1978), uma filha: a atriz Camila Rhodi.

Nota: Formado em Teatro. Filho de Salvatina Rodi. Desde 1985, diagnosticado soropositivo para o vírus HIV.

Carreira: 1964-1995 (53 obras)

1964 - A Farsa do Mestre Patelin (Teatro)
1966 - As Fúrias (Teatro)
1967 - Shakespeare, Shakespeare (Teatro)
1967/1969 - Sítio do Picapau Amarelo TV Bandeirantes (Televisão) - Visconde de Sabugosa / Marquês de Rabicó
1969 - La Celestina (Teatro)
1969 - O Cavalinho Azul (Teatro)
1969 - Os Diletantes (Teatro)
1970 - Maria Minhoca (Teatro)
1970 - Os Monges (Teatro)
1971 - Apocalipse (Teatro)
1971 - Gigante (Teatro)
1971 - O Palhaço Imaginador (Teatro)
1972 - Auto da Compadecida (Teatro)
1976 - A Longa Noite de Cristal (Teatro) - Câmera 2, Assistente de Fernandinho
1976 - Ambrósio, o Boneco (Teatro) - Autoria
1976 - O Sapateiro do Rei (Teatro)
1976 - Pesadelo Sexual de Um Virgem (Cinema) - Dante
1976 - Teatro de Cordel: A Moça Que Beijou um Jumento Pensando em Roberto Carlos (Teatro)
1976 - Teatro de Cordel: A Mulher Que Mordeu a Careca de Santo Antônio (Teatro)
1976 - Teatro de Cordel: A Sedutora Maldita (Teatro)
1976 - Teatro de Cordel: Antônio de Lisboa e a Serias do Fundo do Mar (Teatro)
1976 - Teatro de Cordel: Inferno e Sertão (Teatro)
1976 - Teatro de Cordel: Lampião no Céu (Teatro)
1976 - Teatro de Cordel: São Jorge Contra os Invasores da Lua (Teatro)
1977 - Sítio do Picapau Amarelo TV Globo (Televisão) - Dr. Caramujo
1977 - Socorro! Eu Não Quero Morrer Virgem (Cinema) - Dante
1977/1978 - O Astro TV Globo (Televisão) - Henri
1978 - J.J.J. o Amigo do Super-Homem (Cinema)
1978 - Réquiem (Teatro)
1978 - Sítio do Picapau Amarelo TV Globo: Memórias de Emília (Televisão) - Jabuti
1978/1979 - Vicente e Sílvia (Teatro)
1979 - Eu Compro Essa Virgem (Cinema) - José
1979 - Memórias de Amor TV Globo (Televisão) - Branquinho
1979 - Nadim Nadinha Contra o Rei de Fuleiró (Teatro)
1979 - No País dos Prequetés (Teatro)
1979 - O Pagador de Promessas (Teatro) - Sacristão
1980 - A Loja das Maravilhas Naturais (Teatro)
1980 - Crônica à Beira do Rio (Cinema) - Marinheiro
1980 - Necessidades da Vida (Teatro)
1980 - O Senhor Galíndez (Teatro)
1980 - Saravá, Poeta Vinícius de Moraes (Teatro)
1980 - Sítio do Picapau Amarelo TV Globo: A Rainha das Abelhas (Televisão) - Mestre Cascudo
1980 - Um Menino... Uma Mulher... (Cinema)
1981 - Amigo Ido... Catibiribido (Teatro) - Direção, Autoria, Cenografia, Coreografia, Figurino e Produção
1982 - A Revolta dos Brinquedos (Teatro)
1982/1983 - Amadeus (Teatro)
1984 - Anúncio de Jornal (Cinema) - Médico
1984 - Oh, Rebuceteio! (Cinema) - Fontana
1984/1985 - O Analista de Bagé: O Musical, Tchê! (Teatro)
1986 - Ambrósio, o Super Boneco (Teatro) - Atuação e Autoria
1987 - O Sonho Colorido de Lila (Teatro) - Autoria, Produção e Direção
1990/1991 - Halloween: O Dia das Bruxas (Teatro) - Direção e Produção
1995 - O Sonho Colorido de Lila (Teatro) - Autoria, Produção e Direção

3 comentários:

Amauri disse...

uma pessoa extremamente inteligente e bonita
Amauri
sobrinho

Anônimo disse...

Rodi foi meu primeiro Diretor teatral. Tive minhas primeiras aulas de teatro com ele na Oficina Cultural "Jacob Schick", em São Paulo/SP, no ano de 1991. Alguns anos depois, em 1995, meses antes de sua morte, atuei em "O Sonho Colorido de Lila" - peça de sua autoria e direção - que esteve em cartaz no Teatro Bela Vista. Inventivo e espirituoso, cheio de ideias novas... RIP. Saudosamente, Alyne Cortez.

Aguinaldo Gabarrão disse...

O Zé Luiz Rodi foi diretor do meu primeiro espetáculo profissional (Halloween - O dia das Bruxas -1990/1991), do dramaturgo Nery Gomide. O Zé era um cara espirituoso, brincalhão, mas também, às vezes, passional. Sua direção foi muito boa, criativa. Eu e a atriz Valéria Ribeiro, tínhamos um carinho especial por ele. A última vez que encontrei com ele foi quando eu estava no elenco do "O Inspetor Geral", do diretor Antônio Abujamra. Convidei o Rodi pra assistir e depois ele foi conversar com o Antônio, com quem havia trabalhado no espetáculo "As Fúrias", em 1966. O Rodi tinha um currículo de espetáculos bem amplo, eclético. Gratidão.