Pesquisar este blog

quarta-feira, 10 de junho de 2020

Américo Garrido



Nome real: Américo Garrido

Outros créditos: Américo Garrido, ou Americo Garrido

Atividades: Ator, autor, compositor, letrista, produtor, diretor e roteirista

Áreas: Cinema, teatro e TV

Nascimento: 18??, São Paulo/SP

Óbito: 197?, Rio de Janeiro/RJ

Causa óbito: Desconhecida

Relacionamentos: Foi casado (190?-191?), um filho: o ator Pedro Américo Garrido. Viúvo da atriz Alda Garrido (1912-1970).

Nota: Estava aposentado. Filho do dramaturgo português Eduardo Garrido (1842-1912).

Site: http://www.almanaqueurupes.com.br/portal/textos/alda-garrido/

Carreira: 1916-1963

Alguns trabalhos:

1937 - Batendo Papo (Teatro)
1937 - Beco Sem Saída (Teatro)
1937 - O Mártir do Calvário (Teatro)
1937 - Quem Vem Lá? (Teatro)
1937 - Sinhô do Bomfim (Teatro)
1937 - Var Correr! (Teatro)
1940 - Quinta Coluna (Teatro)
1941 - Silêncio, Rio! (Teatro)
1941 - Boa Vizinhança (Teatro)
1945 - Sua Excelência (Teatro) - Barreto
1946 - A Jornaleira (Teatro)
1947 - Agora Mando Eu! (Teatro) - Autoria
1956 - Dona Xepa (Teatro) - Produção
1956 - Os Filhos da Biruta (Teatro) - Adaptação e Produção
1956 - Teatro de Variedades TV Rio: A Gilda do Barreto (Televisão) - Adaptação
1956 - Teatro de Variedades TV Rio: Um Beijo com Molho (Televisão)

Nenhum comentário: