Pesquisar este blog

terça-feira, 28 de julho de 2020

Paulo Pinheiro



Nome real: Paulo Pinheiro

Créditos: Paulo Pinheiro

Atividades: Ator, autor, dublador e radioator

Áreas: Cinema, teatro e TV e rádio

Nascimento: 02/04/1932, Mogi Guaçu/SP

Óbito: 19/01/1995, São Paulo/SP

Causa óbito: Hepatite

Nota: Afastou-se da mídia. Formado em Teatro

Carreira: 1963-1992

Alguns trabalhos:

1958 - Ladrão por Engano (Teatro) - Autoria
1963 - O Tronco do Ipê TV Paulista (Televisão)
1963/1964 - O Conde de Suffolk TV Paulista (Televisão)
1964 - Torturas d'Alma TV Paulista (Televisão)
1965 - Chamas Que Não Se Apagam TV Paulista (Televisão)
1968 - A Cantora Careca (Teatro)
1970 - David, o Rei (Teatro)
1971/1984 - Rádio Nacional: Programa Teatro de Mistério (Rádio)
1973 - Caingangue e a Pontaria do Diabo (Cinema)
1978/1979 - A Sucessora TV Globo (Televisão) - Mordomo
1979 - Cabocla TV Globo (Televisão) - Vigário Gabriel
1980 - Carga Pesada TV Globo: Em Nome da Santa (Televisão) - Carlinhos
1982 - Sítio do Picapau Amarelo TV Globo: Reinações de Narizinho (Televisão)
1983 - Louco Amor TV Globo (Televisão) - Médico de Lipe
1990 - Fronteiras do Desconhecido TV Manchete: Adelino, Uma Vida de Amor (Televisão)

4 comentários:

Anônimo disse...

Faleceu em 1995 .A novela mais marcante foi A Sucessora como o mordomo Antônio.

Anônimo disse...

Posso ver mais informações, era meu yio avô.

MARIO GORDILHO disse...

Opa,

Seria interessante o nome de batismo do ator Paulo Pinheiro, assim como as suas datas completas, de nascimento e óbito e a causa do óbito.

Att.

Mario Gordilho

MARIO GORDILHO disse...

1971 - Querido, Agora Não (Teatro)