Pesquisar este blog

quinta-feira, 27 de agosto de 2020

Paulo Afonso Grisolli



Nome real: Paulo Afonso Grisolli

Créditos: Paulo Afonso Grisoli

Atividades: Diretor, autor, dramaturgo, tradutor, jornalista, produtor e ator

Áreas: Teatro e TV

Nascimento: 17/05/1934, Bragança Paulista/SP

Óbito: 23/12/2004, Lisboa - Portugal

Causa óbito: Infarto

Relacionamentos: Foi casado com Norma Maria Ferreira da Costa, dois filhos Luciana e Mario. Teve mais um relacionamento, uma filha.

Nota: Atuou no Brasil e na Europa. Um dos fundadores do "Teatro de Arena". Vivia em Portugal desde 1992.

Carreira: 1961-2004

Alguns trabalhos:

1964 - A Torre em Concurso (Teatro) - Direção
1965/1966 - A Vida Impressa em Dólar (Teatro) - Direção
1966 - Édipo Rei (Teatro) - Direção
1966 - Onde Canta o Sabiá (Teatro) - Direção
1966 - Terror e Miséria do III Reich (Teatro) - Direção
1967/1968 - Ventos nos Ramos de Sassafrás (Teatro) - Tradução e Direção
1968 - A Parábola da Megera Indomável (Teatro) - Atuação, Direção, Autoria e Produção
1968/1969 - Show Recarnavália na Casa Grande ‘Musical’ (Teatro) - Direção
1971 - Tem Piranha na Lagoa (Teatro) - Autoria
1972 - Camões em Por Mares Nunca de Antes Navegados (Teatro) - Direção, Autoria e Produção
1979 - Malu Mulher TV Globo: Solidão, Feminino Plural (Televisão) - Direção
1979/1980 - Mas Quem Não É? (Teatro) - Direção e Produção
1982 - Lampião e Maria Bonita (Televisão) - Direção
1983 - Quarta Nobre TV Globo: A Dama das Camélias (Televisão) - Direção Geral e Produção
1983 - Quarta Nobre TV Globo: Alice & Alice (Televisão) - Direção Geral e Produção
1983 - Quarta Nobre TV Globo: O Inspetor Geral (Televisão) - Direção Geral e Produção
1987 - Especial de Natal TV Globo: A Grande Família (Televisão) - Direção
1988 - Caso Especial TV Globo: Boi Santo (Televisão) - Direção
1988 - Caso Especial TV Globo: Mocinha e Bandido (Televisão) - Direção
1989 - Inconfidência Mineira (Teatro) - Direção, Autoria e Produção

Um comentário:

Anônimo disse...


Foi casado com Norma Maria Ferreira da Costa, dois filhos Luciana e Mario.
Em Portugal teve outro relacionamento, uma filha.

Um pouco antes de falecer redigiu um curriculum. Extremamente talentoso o Paulo, vasta produção, ainda tinha tantas ideias promissoras, ficaram só no papel.

Se alguem se interessar segue crônica do Alberto Dines em que o curriculum está inserido.

http://www.observatoriodaimprensa.com.br/memoria/curriculum-vitae-virou-causa-mortis-zap/