Pesquisar este blog

segunda-feira, 25 de novembro de 2019

Waldir Maia



Nome real: Waldir Dias da Cruz

Créditos: Waldir Maia, Valdir Maia, Valdyr Maia, Waldyr Maia ou Valdir Maya

Atividades: Ator, radioator, cantor, musicista, letrista, compositor e produtor

Áreas: Cinema, TV, rádio, teatro e música

Nascimento: 01/09/1931, Rio de Janeiro/RJ

Óbito: 01/09/1993, Rio de Janeiro/RJ

Causa óbito: Câncer

Relacionamentos: Era casado com Marta Tomaz da Cruz (195?-1993), uma filha.

Nota: Estava aposentado. Formado em Teatro. Filho de Claudionor 'Nonô' Maia e Mercedez Gaspar de Oliveira. Destacou-se como humorista e como canto de marchinhas de carnaval. Também atuou como comerciante.

Carreira: 1949-1986 (104 obras)

1949 - Estou Aí (Cinema)
1950 - Estrela da Manhã (Cinema)
1952 - O Discípulo (Teatro)
1952 - Prima Dona (Teatro)
1953 - A Falecida (Teatro)
1954 - As Casadas Solteiras (Teatro)
1954 - Cidade Assassinada (Teatro) - Anchieta
1954 - Lampião (Teatro) - Corisco
1954 - Rua Sem Sol (Cinema)
1954 - Senhora dos Afogados (Teatro) - Vizinho
1954/1955 - Um Marido pelo Amor de Deus! (Teatro)
1955 - É Fogo no Catete (Teatro)
1955/1956 - Entra na Canoa Que a Boca É Boa (Teatro)
1956 - O Contrabando (Cinema)
1956 - O Presépio de Belém (Teatro) - Rei Mago
1956 - Orfeu da Conceição (Teatro) - Corifeu
1957 - Canjerê (Cinema)
1957 - É de Xurupito! (Teatro)
1957 - Metido a Bacana (Cinema)
1957 - O Noivo da Girafa (Cinema)
1957 - Pé na Tábua (Cinema)
1957 - Rock and Roll no Carnaval (Teatro)
1957 - Teatrinho Trol da Tupi: Milagre de Natal (Televisão)
1957/1959 - A Compadecida (Teatro)
1958 - Aguenta o Rojão (Cinema)
1958 - Que Pedaço de Mau Caminho... (Teatro)
1958 - Se Quer, Diz Logo (Teatro)
1959 - Depois do Carnaval (Cinema) - Lucifer
1959 - Só Tem Tantã (Televisão)
1959 - Tem Bububú no Bobobó (Teatro)
1959 - Um Caso de Polícia (Cinema)
1959/1960 - Botando Banca (Televisão)
1959/1960 - Feira Mais ou Menos Livre (Televisão)
1959/1960 - O Mambembe (Teatro) - Bonifácio
1959/1960 - Praça da Alegria (Televisão)
1959/1961 - Rio, Te Adoro (Televisão)
1959/1963 - Noites Cariocas (Televisão)
1960 - Alegoria Carioca (Teatro)
1960 - Cristo Proclamado (Teatro) - Cego Caçote
1960 - Os Dois Ladrões - (Cinema)
1960 - Quanto Mais Samba Melhor (Cinema)
1960/1964 - Chico Anysio Show TV Rio (Televisão)
1961 - Conheça Seu Homem (Teatro)
1961 - Esse Rio Que Eu Amo (Cinema)
1961 - Felisberto do Café (Teatro) - Felisberto
1961 - Folias das Mercearias (Televisão)
1961 - Nó de 4 Pernas (Teatro)
1961 - Qual É o Babado? (Teatro)
1961/1963 - O Riso é o Limite (Televisão) - Seu Ouvelindo
1962 - A Noite do Bom Humor (Teatro)
1962 - LP Carnaval de Graça da Gravadora Copacabana (Música) - Cantor
1962 - Meio Século de Espetáculos (Televisão)
1962 - Nordeste Sangrento (Cinema) - Jacaré
1962 - Pluft, o Fantasminha (Cinema) - Pirata antigo
1962 - Teatro Psicotécnico da TV Rio: Othelo (Televisão)
1962 - Zefa Entre os Homens (Teatro) - Inhaca
1963 - Rádio Mauá: Programa Bombas de Humor E-8 (Rádio)
1963/1964 - Colé, o Show (Televisão)
1963/1964 - Gira o Mundo Gira (Televisão)
1963/1964 - My Fair Show (Televisão)
1963/1964 - Rádio Mauá: Programa Passeio Marítimo (Rádio)
1963/1964 - Viva o Vovô Deville (Televisão)
1963/1965 - A Cidade Se Diverte (Televisão)
1963/1965 - Times Square (Televisão)
1964 - A Grande Revista (Televisão)
1964 - Hospital Tan-Tan (Televisão)
1964 - Kid Otelo no Rancho da Fartura (Televisão)
1964 - Papai Colé (Televisão)
1964 - Rio Quatrocentão (Teatro)
1964/1965 - Show Riso (Televisão)
1965 - Cala a Boca, Etelvina (Teatro)
1965 - LP Carnaval 1965 “Canções: Marcha da Novela / O Pai É Uma Fera” (Música) - Cantor
1965 - Um Ramo para Luíza (Cinema)
1966 - Operação Paraíso (Cinema)
1966 - Simbita e o Dragão (Teatro)
1966 - Terror e Miséria do III Reich (Teatro) - Chefe S.S., além da Produção
1966/1967 - Riso Sinal Aberto (Televisão)
1967 - Carrossel ‘TV Excelsior’ (Televisão)
1967 - LP Compacto “Canções: Lenda da Rosa / Marcha do Môlho” (Música) - Cantor
1967 - Perpétuo Contra o Esquadrão da Morte (Cinema)
1968 - Cristo de Lama: A História do Aleijadinho (Cinema) - Tiradentes
1969 - Beco Sem Saída (Teatro) - Velho judeu
1969 - LP Compacto Carnaval 1969 “Canção: Disfarce e Põe a Mão no meu Coração” (Música) - Cantor
1970 - Odorico, o Bem Amado (Teatro)
1971 - LP Compacto As Feras dos Saldanha “Canções: A Camisa 12 É do Torcedor / Obrigado México” (Música) - Cantor
1971 - Quem Não Se Comunica Se Trumbica (Teatro)
1971 - River of Mystery (Televisão) - Pablo (EUA)
1973 - O Judoka (Cinema)
1973/1980 - Chico City (Televisão) - Seu Avelino
1974 - A Torre em Concurso (Teatro) - Subdelegado Atanásio
1974 - LP Carnaval 1974 “Canção: Marcha do Odorico, O Bem Amado” (Música) - Cantor
1975 - Com as Calças na Mão (Cinema) - Mordomo
1975 - Roque Santeiro ‘censurada’ (Televisão) - Professor Astromar
1975/1976 - Pecado Capital (Televisão) - Zoca
1976 - As Granfinas e o Camelô (Cinema) - Afonso
1976 - O Casarão (Televisão) - Jaime Cabral / Zenóbio
1976 - O Santo Inquérito (Teatro) - Notário
1977 - Ódio (Cinema) - Carne Seca
1977/1986 - Sítio do Picapau Amarelo (Televisão) - Quirino
1979 - O Pagador de Promessas (Teatro) - Guarda
1981 - Chico Total (Televisão)
1981 - O Assalto (Teatro)
1982 - Sétimo Sentido (Televisão)
1982/1986 - Chico Anysio Show ‘Globo’ (Televisão) - Seu Avelino

2 comentários:

DHP2016 disse...

No Sitio do Picapau Amarelo antigo fez o papel de "Quirino",podia dizer até quando fez esse papel?

Anônimo disse...

Atuou,durante o período de 1977 - 1986, na Serie Clássica, do SÍTIO DO PICAPAU AMARELO, como um morador de Arraial dos Tucanos; "Quirino" formou uma dupla perfeita, ao lado de "Zé Carneiro"!
Waldir Maia, deu vida a "Quirino"; ao lado de Tonico Pereira, que deu vida ao "Zé Carneiro!"