Pesquisar este blog

sábado, 1 de agosto de 2020

Paulo Celestino Filho



Nome real: Paulo Celestino Filho

Créditos: Paulo Celestino Filho, ou Paulo Celestino (II)

Atividades: Ator, dublador e diretor de dublagem

Áreas: Cinema, teatro e TV

Nascimento: 14/11/1957, Rio de Janeiro/RJ

Óbito: 07/11/2017, São Roque/SP

Causa óbito: Parada cardiorrespiratória

Relacionamentos: Era casado com a atriz e dubladora Vanessa Alves (1991-2017).

Nota: Formado em Teatro. Destacou-se como humorista. Filho do ator e diretor Paulo Celestino (I) e de argentina Lydia Delia Celestino. Sobrinho-neto do cantor e ator Vicente Celestino. Havia sofrido um acidente no estúdio de dublagem, há cerca de três meses. Ele desmaiou, bateu a cabeça e precisou ser internado. Após ter recebido alta, começou a se sentir mal e voltou a ser hospitalizado.

Carreira: 1981-2017 (22 obras)

1981/1982 - O Planeta dos Homens TV Globo (Televisão)
1981/1987 - Viva o Gordo TV Globo (Televisão)
1982/1983 - Balança Mas Não Cai TV Globo (Televisão)
1983 - A Festa É Nossa TV Globo (Televisão)
1984 - Humor Livre TV Globo (Televisão)
1984 - Lídia e Seu Primeiro Amante (Cinema) - Marcelo
1984 - Oh, Calcutta! (Teatro)
1984 - Tá Boa, Santa? (Teatro)
1985 - Se a Banana Prender, o Mamão Solta (Teatro)
1985/1986 - Gatão de Estimação (Teatro) - Gatão
1986/1987 - Férias Extraconjugais (Teatro)
1986/1987 - Hipertensão TV Globo (Televisão)
1988/1990 - Veja o Gordo SBT (Televisão)
1989 - Férias Extraconjugais (Teatro)
1989 - Trair e Coçar... É Só Começar (Teatro)
1991/2017 - Estúdio de Dublagem Dublavideo (Cinema/Televisão) - Dublador, além da Direção
1995 - Irmã Catarina CNT (Televisão)
1996 - Antônio Alves, Taxista SBT (Televisão) - Mauro
1996 - Chão de Estrelas: A Vida de Silvio Caldas por Silvio Caldas (Cinema)
1996 - Você Decide TV Globo: Molambo de Gente (Televisão)
1998 - Quem Programa Ação, Computa Confusão (Teatro)
2010 - Marcha para Zenturo (Teatro)

Nenhum comentário: