Pesquisar este blog

sexta-feira, 27 de março de 2020

Leonor Navarro



Nome real: Leonor Bonilha Esper

Créditos: Leonor Navarro

Atividades: Atriz, radialista, locutora e radioatriz

Áreas: TV, rádio, teatro e cinema

Nascimento: 19/06/1901, São Paulo/SP

Óbito: 09/08/1980, São Paulo/SP

Causa óbito: Infarto

Relacionamentos: Era viúva do Tenente Antônio Esper (1918-1924), uma filha: a novelista Nara Navarro; e do ator Augusto Barone (1925-1972), quatro filhos: Alfredo, Ivair Miguel Sper, Maria Sper e Ubirajara Sper.

Nota: Estava aposentada. Formada em Teatro. Seu marido, Antonio Esper, conhecido como 'Dudu', foi um dos participantes da Revolta Paulista de 1924, e morreu em combate lutando pela Coluna Prestes. No teatro, estreou na "Companhia Mesquitinha-Alma Flora", junto com seu segundo marido, o ator Augusto Barone, em 1933. Seus filhos do segundo casamento tinham o sobrenome "Sper" (alteração do seu sobrenome do primeiro casamento), tendo em vista não poder casar oficialmente Augusto Barone, por motivos legais. Nome de casada: Leonor Bonilha Esper.

Carreira: 1925-1979

Alguns trabalhos:

1976 - Os Apóstolos de Judas (Televisão) - Feirante

1978/1979 - Pecado Rasgado (Televisão) - Delfina

2 comentários:

Anônimo disse...

estive pesquisando seu blog e vi que vc colocou aracy serrador ginez como filha de dona leonor navarro, na verdade aracy foi sua nora casada com ivair sper filho de dona leonor,seu nome artistico tbm nao foi leonor serrador ginez, nome este quera do pai de aracy sua nora, minha tia ,irma de minha mae

MARIO GORDILHO disse...

SÉRIE “NÚCLEOS DA DRAMATURGIA" - ATRIZ LEONOR NAVARRO (1901-1980) PARTICIPOU DE 29 OBRAS NO TEATRO, CINEMA E TELEVISÃO, ENTRE 1933 E 1979 (NA TV DESTACOU-SE EM 15*):

http://elencobrasileiro.blogspot.com/2018/04/leonor-navarro.html

1933/1934 - Amor (Teatro)
1934 - Bebezinho de Paris (Teatro) - Theodora
1935 - Rosas de Nossa Senhora (Teatro)
1939 - O Garçon do Casamento (Teatro)
1950 - Caiçara (Cinema) - Voz
*1966 - Redenção (Televisão) - Carmen
1968 - A Madona de Cedro (Cinema) - Emerenciana
*1968 - Ana (Televisão) - Lorena
*1968 - Legião dos Esquecidos (Televisão) - Guacira
*1969 - João Juca Jr. (Televisão) - Eleonora
*1970 - Simplesmente Maria (Televisão)
*1971 - Hospital (Televisão) - Leonor
*1972 - Na Idade do Lobo (Televisão)
*1972 - Signo da Esperança (Televisão) - Domênica
*1972 - Vitória Bonelli (Televisão) - Safira
*1973 - As Divinas... e Maravilhosas (Televisão) - Dona Bia
*1974 - A Barba-Azul (Televisão) - Dona Sinhá Penaforte
*1975 - Meu Rico Português (Televisão)
*1975 - O Velho, o Menino e o Burro (Televisão) - Dona Mocinha
*1975 - Um Dia, o Amor (Televisão) - Dona Generosa
1975 Teatro 2 (Televisão)
1976 - Jeca Contra o Capeta (Cinema) - Almerinda
1976 - Senhora (Cinema) - Camila Seixas
1976 Tchan, a Grande Sacada (Televisão)
1977 - Jecão, um Fofoqueiro no Céu (Cinema) - Joly
1977 - Que Estranha Forma de Amar (Cinema) - Maria das Dores
*1977 - Um Sol Maior (Televisão) - Carmen Dolores
1978 - O Jeca e seu Filho Preto (Cinema) - Inocência
1978 - Pecado Rasgado (Televisão) - Delfina

E NO RÁDIO (1942-1965):
1942 - Renúncia (Rádio)
1965 - A Taça do Pecado (Rádio)