Pesquisar este blog

sábado, 18 de janeiro de 2020

Enoque Batista (II)



Nome real: Enoque Batista de Oliveira

Créditos: Enoque Batista (II)

Atividades: Ator, assistente de diretor, maquinista e produtor

Áreas: Cinema

Nascimento: 194?, Rio de Janeiro/RJ

Óbito: 198?, Rio de Janeiro/RJ

Causa óbito: Desconhecida

Nota: Afastou-se da mídia. Começou a carreira como maquinista e eletricista de produções cinematográficas.

Carreira: 1963-1982 (23 obras)

1963 - Lá no Meu Sertão (Cinema)
1963 - O Cabeleira (Cinema)
1964 - Mulher Satânica / Der Satan Mit Den Roten Haaren (Cinema) - (Brasil/Alemanha)
1964 - O Lamparina (Cinema)
1969 - Deu a Louca no Cangaço (Cinema) - Atuação, Assistência de Direção e Produção
1970 - A Moreninha (Cinema)
1970 - Os Maridos Traem e as Mulheres Subtraem (Cinema) - Carregador
1971 - Fora das Grades (Cinema) - Leão de Chácara
1972 - Carnaval da Vitória (Cinema) - Assistência de Produção
1972 - O Grande Xerife (Cinema) - Assistência de Produção
1972 - Paixão de Um Homem (Cinema)
1972 - Sinal Vermelho: As Fêmeas (Cinema)
1973 - O Descarte (Cinema) - Carteiro
1973 - Os Garotos Virgens de Ipanema (Cinema) - Capataz
1974 - As Cangaceiras Eróticas (Cinema) - Cornélio Sabiá
1975 - A Filha do Padre (Cinema)
1975 - O Clube das Infiéis (Cinema)
1975 - O Dia em Que o Santo Pecou (Cinema) - Capanga
1976 - O Dia das Profissionais (Cinema)
1976 - O Homem de Papel: Volúpia do Desejo (Cinema) - Chefe de Polícia
1979 - O Guarani (Cinema)
1982 - Desejos Sexuais de Elza (Cinema)
1982 - O Rei da Boca (Cinema) - Saudade

Nenhum comentário: