Pesquisar este blog

quinta-feira, 8 de outubro de 2020

Gianni Ratto



Nome real: Gianni Ratto

Créditos: Gianni Ratto, Giani Ratto, Gianni Rato, ou Giani Rato

Atividades: Diretor, dramaturgo, autor, escritor, produtor, ator, cenógrafo, iluminador e figurinista

Áreas: Teatro e cinema

Nascimento: 27/08/1916, Milão/Lombardia - Itália

Óbito: 30/12/2005, São Paulo/SP

Causa óbito: Não revelada

Relacionamentos: Namorou com a atriz Zezé Motta (1972). Foi casado com produtora Maria do Carmo Nabuco de Almeida Braga 'Kati de Almeida Braga' (197?-198?), dois filhos: Bernardo, e a produtora Antônia Ratto. Era casado com a socióloga Vaner Ratto (198?-2005), uma filha: Andrea Ratto.

Nota: Atuou no Brasil e na Itália. Dirigiu várias óperas, inclusive no Teatro Municipal do Rio de Janeiro e no Scala de Milão.

Carreira: 1954-2006

Alguns trabalhos:

1954 - O Canto da Cotovia (Teatro) - Direção
1954 - Uma Pulga Atrás da Orelha (Teatro) - Direção
1955 - A Ilha dos Papagaios (Teatro) - Direção
1955 - A Moratória (Teatro) - Direção
1955 - Com a Pulga Atrás da Orelha (Teatro) - Direção e Cenário
1956 - Eurídice (Teatro) - Direção e Cenário
1958 - A Barca (Teatro) - Direção
1958/1959 - O Tesouro de Chica da Silva (Teatro) - Direção
1959 - O Mambembe (Teatro) - Direção
1960 - A Profissão da Sra. Warren (Teatro) - Direção e Cenário
1960 - Com a Pulga Atrás da Orelha (Teatro) - Direção e Cenário
1960 - Cristo Proclamado (Teatro) - Direção e Cenário
1961 Apague Meu Spotlight (Teatro) - Direção e Cenário
1962 - Boa Noite, Betina! (Teatro) - Direção e Cenário
1966 - Se Correr o Bicho Pega, Se Ficar o Bicho Come (Teatro) - Direção e Cenário
1974/1975 - Caminho de Volta (Teatro) - Cenário
1975 - Gota D´Água (Teatro) - Direção
1982 - Vidigal: Memórias de Um Sargento de Milícias (Teatro) - Direção
1984 - Com a Pulga Atrás da Orelha (Teatro) - Direção
1996 - Morus e Seu Carrasco (Teatro) - Direção, Cenário e Iluminação
2006 - A Mochila do Mascate (Cinema) - Ele mesmo (lançamento póstumo)

Nenhum comentário: