Pesquisar este blog

sexta-feira, 1 de outubro de 2021

Roberto Talma



Nome real: Roberto Talma Vieira

Atividades: Diretor, autor, musicista, ator, produtor e editor

Áreas: Cinema, teatro e TV

Nascimento: 29/04/1949, São Paulo/SP

Óbito: 23/04/2015, Rio de Janeiro/RJ

Causa óbito: Falência múltipla dos órgãos decorrente de insuficiência renal

Relacionamentos: Namorou com a produtora Cácia Scudino Borges (1977/1979), um filho: Stephan; com a atriz Betty Faria (1980); com a atriz Natália do Vale (1986). Foi casado duas vezes com a atriz Maria Zilda Bethlem (1974/1977) e (1981/1983), um filho: o produtor de cinema Raphael Vieira; e com a diretora Patricia Faloppa (199?/2002), um filho: Matheus.

Nota: Estava aposentado. Destacou-se como astro infantil. Em 2002, sofreu um infarto.

Carreira: 1958-2013

Alguns trabalhos*:

1976 - Caso Especial TV Globo: Corinthians (Televisão) - Direção
1976 - Despedida de Casado TV Globo 'censurada' (Televisão) - Direção Geral
1986 - Anos Dourados TV Globo (Televisão) - Direção
1986 - Especial TV Globo: Cida, a Gata Roqueira (Televisão)
1986 - Teletema TV Globo: A Luneta Mágica (Televisão) - Direção Geral
1986 - Teletema TV Globo: O Homem Que Salvou Van Gogh do Suicídio (Televisão) - Direção Geral
1988 - Videoclipe de Caetano Veloso: Você É Linda (Televisão) - Direção
1988/1989 - Martini Seco (Teatro) - Direção
1989 - Sampa TV Globo (Televisão) - Direção
1990 - A Cilada TV Globo (Televisão) - Direção
1992 - Perigosas Peruas TV Globo (Televisão) - Direção
1993 - Terça Nobre TV Globo: Lucíola (Televisão) - Direção
1994 - Programa de Auditório / Ed Mort TV Globo (Televisão) - Direção
1994 - Você Decide TV Globo: Viúva Negra (Televisão) - Direção
1995 - Casa do Terror TV Globo (Televisão) - Direção
1996 - Brava Gente SBT (Televisão) - Direção
1996 - Caso Especial SBT: A Trágica Farsa (Televisão) - Direção
1996 - Colégio Brasil SBT (Televisão) - Direção
1996/1997 - Dona Anja SBT (Televisão) - Direção
1997 - O Direito de Nascer SBT (Televisão) - Direção (exibida em 2001)
1998 - Contos de Clarice Lispector TV Cultura: A Solução (Televisão) - Adaptação e Direção
1998 - Contos de Clarice Lispector TV Cultura: História Interrompida (Televisão) - Adaptação e Direção
1998 - Contos de Clarice Lispector TV Cultura: Mas Vai Chover (Televisão) - Adaptação e Direção
1998 - Contos de Clarice Lispector TV Cultura: Por Causa de Um Bule de Bico Rachado (Televisão) - Adaptação e Direção

(*) Pesquisa em andamento

7 comentários:

antonio augusto disse...

Uma macrossérie de
ALCIDES NOGUEIRA e
GERALDO CARNEIRO

Baseada na obra de
JANETE CLAIR

com

RODRIGO LOMBARDI – Herculano Quintanilha
CAROLINA FERRAZ – Amanda Mello Assumpção
THIAGO FRAGOSO – Márcio Hayalla
ALINNE MORAES – Lilian Paranhos (Lili)
REGINA DUARTE – Clotilde Hayalla (Clô)
DANIEL FILHO – Salomão Hayalla
REGINALDO FARIA – Agenor Mello Assumpção
MARCO RICCA – Samir Hayalla
HUMBERTO MARTINS – Nestor da Silva (Neco)
ANTONIO CALLONI – Natalício Valença (Natal)
HENRI CASTELLI – Felipe Cerqueira
FERNANDA RODRIGUES – Joselina Mello Assumpção (Jose)
NIVEA MARIA – Consolação Paranhos (Çãozinha)
ROSAMARIA MURTINHO – Tia Magda
TATO GABUS MENDES – Amin Hayalla
GUILHERMINA GUINLE – Beatriz
CAROLINA KASTING – Jamile Hayalla
VERA ZIMMERMANN – Nádia Hayalla
MARCELA MUNIZ – Doralice Quintanilha
BERNARDO MARINHO – Alan Quintanilha
MILA MOREIRA – Miriam Lambert Mello Assumpção
BEL KUTNER – Sílvia
SIMONE SOARES – Laura Paranhos da Silva (Laurinha)
JOSÉ RUBENS CHACHÁ – Youssef Hayalla
CELSO FRATESCHI – Dr. Pirilo Cerqueira
MARIA POMPEU – Dalva
ELLEN ROCHE – Valéria
CAROLINA CHALITA – Tânia
TUNA DWEK – Nilza
ÚRSULA CORONA – Mara Célia
JOÃO BALDASSERINI – Henri
??? – Cleiton
e
JULIANA DIDONE

antonio augusto disse...

talma de baixa na didone ele a te o astro

antonio augusto disse...

ELENCO BRASILEIRO o astro hoje a segunda

Anônimo disse...

Roberto Talma morreu há muitos anos!

Lourdes disse...

Roberto Talma morreu há muito tempo.

MARIO GORDILHO disse...

Talma está bem vivo. Quem faleceu há alguns anos foi Bráulio Pedroso.

Unknown disse...

esto com saldades de voce mestre umforte abraco roberto mogli