Pesquisar este blog

sexta-feira, 17 de setembro de 2021

Cláudio D'Oliani



Nome real: Cláudio Oliani

Créditos:  Cláudio D'Oliani, Claudio D'Oliani, Cláudio Oliani, Claudio Oliani, Claudio D Oliani, Claudio Doliani, Cláudio D Oliani, Cláudio Doliani, Cláudio Doliane, Claudio Doliane, ou Olianio

Atividades: Ator

Áreas: Cinema, teatro e TV

Nascimento: 27/10/1939, São Paulo/SP

Nota: Afastou-se da mídia. Formado em Teatro. Filho de Tereza Ferraresi.

Carreira: 1959-1992 (28 obras*)

1959 - Nega de Maloca (Teatro)
1962 - A Revolução dos Beatos (Teatro)
1964 - Andorra (Teatro) - Soldado
1966 - Andorra (Teatro) - Soldado
1970 - O Rapto (Teatro)
1974 - Essa Gostosa Brincadeira a Dois (Cinema)
1976 - Fruto Proibido (Cinema)
1976 - Simbad, o Marujo Trapalhão (Cinema) - Yousufi
1977 - A Mulata Que Queria Pecar (Cinema)
1977 - Barra Pesada (Cinema) - Americano
1977 - Pensionato das Vigaristas (Cinema)
1978 - A Noiva da Cidade (Cinema)
1978 - Embalos Alucinantes: A Troca de Casais (Cinema)
1979 - Essas Deliciosas Mulheres (Cinema)
1979 - Carga Pesada TV Globo: Operação Limpeza (Televisão) - Jonas
1979 - Sexo Selvagem (Cinema)
1979/1981 - Os Trapalhões TV Globo (Televisão)
1980 - Por Que as Mulheres Devoram os Machos? (Cinema)
1981 - Amizade Colorida TV Globo: Gatinhas e Gatões (Televisão) - Curi
1981 - Plantão de Polícia TV Globo: O Homem Que Incendiou o Maracanã (Televisão)
1981 - Violência na Carne (Cinema) - Jorge
1982 - Os Vagabundos Trapalhões (Cinema)
1984 - Aguenta Coração (Cinema)
1986 - Dona Beija TV Manchete (Televisão) - Cidadão de Paracatu
1986/1987 - Tudo ou Nada TV Manchete (Televisão) - Mr. Harrison
1988 - O Diabo na Cama (Cinema)
1989 - A Via da Droga / La Via della Droga (Cinema) - (Itália)
1992 - Floresta Amazonica: Sonhos de uma Noite de Verão (Teatro)

(*) Pesquisa em andamento

2 comentários:

Anônimo disse...

Faz 32 anos que o D'Oliani saiu da mídia, mas...

mas ele ainda tá vivo??

Anônimo disse...

Lembro bem dele nos filmes da pornochanchada...

Maioria dos personagens dele eram bem cafajestes.

Alguns exemplos de personagens desse tipo ele interpretou em filmes como...
"Essa gostosa brincadeira a dois",
"Embalos alucinantes - A troca de casais" (aquele da famosa frase "carne nooooova!"),
"Violência na carne" (onde ele interpretou o escatológico e odioso bandido Jorge),
entre outros