Pesquisar este blog

quinta-feira, 14 de outubro de 2021

Antônio Patiño



Nome real: Antônio Patiño

Créditos: Antônio Patiño, Antonio Patiño, ou Antonio Patino

Atividades: Ator, dublador, diretor, produtor, locutor e professor de interpretação

Áreas: Rádio, cinema, teatro e TV

Nascimento: 14/10/1929, Santos/SP

Óbito: 01/09/2014, Rio de Janeiro/RJ

Causa óbito: Falência múltipla dos órgãos

Relacionamentos: Era viúvo da autora teatral Rachel Castello Branco Patiño (1957/1996), quatro filhos: Andréa, Marília, Maria Luisa e Rodrigo.

Nota: Estava aposentado. Formado em Teatro. Filho de Francisca Salles Patiño. Sua filha, a bailarina Marília Castello Branco Patiño, faleceu de câncer, em 2000. Fazia hemodiálise, há alguns anos, até falecer de falência múltipla dos órgãos em decorrência de uma insuficiência renal.

Carreira: 1950-1998 (130 obras*)

1950 - Rádio Ministério da Educação e Saúde - MEC RJ: Programa A Juventude Cria (Rádio)
1950 - Rádio Ministério da Educação e Saúde - MEC RJ: Programa Passeio Literário (Rádio)
1950/1951 - Rádio Ministério da Educação e Saúde - MEC RJ: Programa Teatro da Mocidade (Rádio)
1951 - Abertura de um Testamento (Teatro)
1951 - Seja Você Detetive TV Tupi (Televisão)
1952 - Está Lá Fora Um Inspetor (Teatro) - Eric
1952 - Loucuras do Imperador (Teatro) - Barão de Avelar
1952 - O Moço Bom e Obediente (Teatro)
1955 - O Canto da Cotovia (Teatro)
1955 - O Rio (Teatro)
1955 - Teatro do Rio da TV Rio: A Intrusa (Televisão)
1956 - A Descoberta do Novo Mundo (Teatro) - Cristóvão Colombo
1956 - Auto da Cananéia (Teatro)
1956 - Teatro do Rio da TV Rio: A Descoberta do Novo Mundo (Televisão) - Cristóvão Colombo
1956 - Teatro do Rio da TV Rio: Escola de Viúvas (Televisão)
1956 - Teatro do Rio da TV Rio: O Mensageiro da Tragédia (Televisão)
1956 - Teatro do Rio da TV Rio: Os Inimigos Não Mandam Flores (Televisão)
1956 - Teatro do Rio da TV Rio: Quase Ministro (Televisão)
1956 - Teatro do Rio da TV Rio: Um Jogador (Televisão) - O Jogador
1957 - A História da Semana TV Rio: A Herança (Televisão)
1958 - A Almanjarra (Teatro) - Atuação e Direção
1958 - As Três Irmãs (Teatro)
1958 - O Moço Bom e Obediente (Teatro)
1958 - Senhorita Júlia (Teatro)
1958/1959 - O Tesouro de Chica da Silva (Teatro) - Contratador João Fernandes
1959 - A Torre de Marfim (Teatro) - Otávio
1959 - É um Caso de Polícia! (Cinema)
1959 - Estúdio de Dublagem ZIV RJ (Cinema/Televisão) - Dublador
1959 - Teatro Câmera Um TV Tupi: O Estrangeiro (Televisão)
1959 - Teatro Romance TV Tupi: A Grande Suspeita (Televisão)
1959 - Teatro Studio A TV Rio: A Moreninha (Televisão)
1959 - Teatro Studio A TV Rio: O Inspetor (Televisão)
1959/1961 - Society em Baby Doll (Teatro)
1959/1965 - Estúdio de Dublagem Cinecastro RJ (Cinema/Televisão) - Dublador
1960 - Teatro Studio A TV Rio: Grande Hotel (Televisão)
1960 - Teatro Studio A TV Rio: O Freguês da Madrugada (Televisão)
1960 - Teatro Studio A TV Rio: Rainha do Ferro Velho (Televisão)
1961 - A Grande Feira (Cinema) - Político
1961 - Procura-se Uma Rosa (Teatro)
1961/1962 - O Marido da Estrela TV Continental (Televisão)
1962 - As Loucuras de Mamãe (Teatro)
1962 - Disque M. para Matar (Teatro)
1962 - Feliz Assassinato! (Teatro) 
1962 - Homenagem à Hora da Sesta (Cinema)
1962 - Society em Baby Doll (Teatro)
1963 - Victor ou as Crianças no Poder (Teatro) - Charles Paumelle
1964 - A Guerra Mais ou Menos Santa (Teatro) - Padre Neto
1964 - A Noite de 16 de Janeiro (Teatro)
1964 - Os Selvagens / Die Goldene Göttin Vom Rio Beni (Cinema)
1964 - Teatro Câmera Um TV Excelsior: Jack, o Estripador (Televisão)
1964 - Teatro Câmera Um TV Excelsior: O Beijo da Morte (Televisão)
1964 - Teatro Câmera Um TV Excelsior: O Homem Que Viu o Diabo (Televisão)
1964 - Teatro Câmera Um TV Excelsior: Sangue no Subsolo (Televisão)
1965 - A Guerra Mais ou Menos Santa (Teatro) - Padre Neto
1965 - Estúdio de Dublagem RioSom RJ (Cinema/Televisão) - Dublador
1965 - Teatrinho Trol da Tupi: Branca de Neve e os Sete Anões (Televisão)
1965/1966 - 22-2000 Cidade Aberta TV Globo (Televisão) - Comissário
1966 - 007 1/2 no Carnaval (Cinema)
1966 - A Herança do Ódio TV Rio (Televisão)
1966 - Cuidado, Espião Brasileiro em Ação (Cinema) - General
1966 - Paraíba, Vida e Morte de um Bandido (Cinema)
1966/1967 - Estúdio de Dublagem Herbert Richers RJ (Cinema/Televisão) - Dublador
1967/1968 - Arena Conta Tiradentes (Teatro) - Cunha Menezes
1967/1968 - Sangue e Areia TV Globo (Televisão)
1967/1971 - Estúdio de Dublagem TV Cinesom TV Tupi RJ (Cinema/Televisão) - Dublador
1968 - A Um Pulo da Morte (Cinema) - Comissário
1968 - Jovens Pra Frente (Cinema)
1968 - Os Viciados: A Trajetória (Cinema)
1969 - A Noite do Meu Bem (Cinema)
1969 - A Última Valsa TV Globo (Televisão) - General Salvador de Olemberg
1969 - Antígona (Teatro) - Creonte
1969 - Um Gosto Amargo de Festa TV Tupi (Televisão)
1970 - A Teia de Aranha (Teatro)
1970 - Grande Teatro Infantil Tupi: A Filha do Moleiro (Televisão)
1970 - Grande Teatro Infantil Tupi: A Moura Torta (Televisão)
1970 - Grande Teatro Infantil Tupi: A Rainha Santa (Televisão)
1970 - Grande Teatro Infantil Tupi: O Anel de Camafir (Televisão)
1970 - Grande Teatro Infantil Tupi: O Fígaro Indiscreto (Televisão)
1970 - Memórias de Um Gigolô (Cinema) - Padre
1970 - O Balcão (Teatro)
1970/1971 - A Teia de Aranha (Teatro)
1971 - André, a Cara e a Coragem (Cinema) - Guimarães
1971 - Os Últimos (Teatro) - Iákov / Iácha
1971 - Rua Descalça (Cinema)
1972 - Independência ou Morte (Cinema) - Martim Francisco
1972 - O Interrogatório (Teatro) - Juiz
1972/1973 - Selva de Pedra TV Globo (Televisão) - Juiz no julgamento de Cristiano
1973/1974 - O Semideus TV Globo (Televisão) - Horácio Figueira
1973/1975 - Estúdio de Dublagem Peri Filmes RJ (Cinema/Televisão) - Dublador
1974/1975 - Corrida do Ouro TV Globo (Televisão) - André Steiner
1975 - Pequenos Assassinatos (Teatro)
1975/1976 - Bravo! TV Globo (Televisão) - Orlando Salgado
1975/1998 - Estúdio de Dublagem Herbert Richers RJ (Cinema/Televisão) - Dublador, além da Direção
1976 - A Família Que Mata Unida / Pequenos Assassinatos (Teatro)
1976 - Deixa, Amorzinho... Deixa (Cinema)
1976 - Equus (Teatro) - Frank Strang
1976 - Intimidade (Cinema) - Aloísio
1976/1977 - Estúpido Cupido TV Globo (Televisão) - Padre Batista ‘Batistão’
1977 - Dona Xepa TV Globo (Televisão) - Raul Camargo
1977/1978 - Sinhazinha Flô TV Globo (Televisão) - Moirão
1977/1983 - Os Trapalhões TV Globo (Televisão)
1978 - Comercial Linhas Pingouin TV Globo (Televisão) - Locução
1978 - Gina TV Globo (Televisão) - Pepino
1978 - Maria, Maria TV Globo (Televisão) - Braço Forte
1978 - Sítio do Picapau Amarelo TV Globo: O Outro Lado da Lua (Televisão) - Galileu Galilei
1978/1979 - Dancin' Days TV Globo (Televisão) - Augusto
1978/1979 - Pecado Rasgado TV Globo (Televisão) - Honório
1979 - Plantão de Polícia TV Globo: Vermelho 23 (Televisão)
1980 - Água Viva TV Globo TV Globo (Televisão) - Dr. Gumercindo, Delegado de Polícia
1980 - Marina TV Globo (Televisão) - Otávio
1981 - Chico Total TV Globo (Televisão)
1981 - O Amor É Nosso TV Globo (Televisão) - Rogério Gusmão
1981 - Sítio do Picapau Amarelo TV Globo: O Pé de Feijão Mágico (Televisão)
1982 - Caso Verdade TV Globo: Gorda Sim, Por Que Não? (Televisão) - Pai
1982 - Caso Verdade TV Globo: Retorno (Televisão)
1982 - Estúdio de Dublagem Telecine (Cinema/Televisão) - Dublador
1982 - Sétimo Sentido TV Globo (Televisão) - Dr. Túlio
1982/1983 - Chico Anysio Show TV Globo (Televisão)
1983 - Caso Verdade TV Globo: Erro Médico (Televisão)
1983 - Comercial TeFlon 2 TV Globo (Televisão) - Locução 
1983 - Louco Amor TV Globo (Televisão) - Paquera de Renata Dumont
1983 - Mário Fofoca TV Globo: Detetive Pra Cachorro (Televisão) - Síndico
1984 - Caso Verdade TV Globo: Irmã Zoé (Televisão)
1984 - Caso Verdade TV Globo: Parteira de Profissão (Televisão) - Zeca
1984 - Santa Marta Fabril S.A. TV Manchete (Televisão) - Monsenhor
1984/1985 - Comercial Gibi Tio Patinhas Editora Abril (Televisão) - Tio Patinhas (voz) / Dublador
1985 - Caso Verdade TV Globo: Ano Novo, Vida Nova (Televisão)
1985 - Caso Verdade TV Globo: Garoto de Rua (Televisão)
1987 - Comercial Aquaplay Estrela (Televisão) - Locução 
1991 - Comercial Mercedes Benz do Brasil (Televisão) - Locução

(*) Pesquisa concluída

7 comentários:

Anônimo disse...

Andrea Patino disse...
Senhor Mario Gordilho,

Sua postagem está, em parte, equivocada. Meu pai, ANTÔNIO PATIÑO, está 84 anos e aposentado como ator e dublador.
Assim como eu, ANDRÉA CASTELLO BRANCO PATIÑO, estou com 41 anos, tenho uma filha de 12 anos, trabalho e jamais tive um acidente sério de automóvel, graças ao Bom Deus!
Minha irmã, MARÍLIA CASTELLO BRANCO PATIÑO, faleceu em 2000,por motivo de doença.
Por favor, corrija a informação.
Atenciosamente,
Andréa Castello Branco Patiño
9 de fevereiro de 2014 14:58

MARIO GORDILHO disse...

MARIO GORDILHO disse...
Prezada Andrea,

Antes de alguma coisa, estamos felizes em saber que o ator Antonio Patiño está vivo, e você também.

Esclarecemos que não estamos aqui para prejudicar ninguém.

Pesquisamos em diversas fontes da net e por isso postamos as informações que ora diz equivocadas.

Diante deste seu depoimento e pedido, prontamente alteramos os dados.

Se puder colaborar mais ainda com a data completa de nascimento do ator, ficaríamos ainda mais agradecidos.

E por falar em sua irmã falecida, era também era atriz? De nome Marilia Branco?

Desculpe-nos pelo transtorno.

Atenciosamente,

Mario Gordilho
9 de fevereiro de 2014 19:45

Anônimo disse...

Gerson Ferreira disse...
Na verdade a informação da morte do Antônio veio pelo dublador Felipe Grinnan, que havia dito para o Silvio Navas que o Antônio havia morrido à lá pra 2003, e o Silvio passou essa informação pra mim e eu pus no site Casa da Dublagem.

A neta do Antônio conversou comigo, Elisa, e me explicou que o avô ainda está vivo.

Obrigado a família por nos mandar essa informação, é muito importante termos as informações certas para não cometermos esses erros.
2 de março de 2014 22:02

Anônimo disse...

Dimas Perrin disse...
Andrea, a Internet é mesmo uma coisa fabulosa. Fui colega de sua mãe Raquel na Faculdade Estácio. Não sabia que ela havia falecido. Fiquei triste com a noticia.
Hoje mesmo estava olhando e recordando o meu album de formatura e lá está o retrato dela. Uma grande colega. Mas a vida é assim mesmo. Lutar e depois partir. Abs. e felicidades pra voces. Dimas Perrin
8 de dezembro de 2015 19:00

Anônimo disse...

Ele tinha uma voz maravilhosa, dublou muitos atores, personagens de desenhos, mas uma dublagem memorável e divertidíssima foi em Chico City. Ele dublava o personagem Bruce Kane, um espião interpretado pelo Chico. Todos os atores envolvidos eram também dublados.

Anônimo disse...

Em 1984 interpretou o personagem Monsenhor, em Santa Marta Fabril na TV Manchete. Att, Camilo Reis

Anônimo disse...

Casou-se em 1957 com a atriz Rachel Castello Branco