Pesquisar este blog

quinta-feira, 26 de agosto de 2021

Estevam Mattos "Matinhos"



Nome real: Estevam Corrêa de Mattos

Créditos: Matinhos, Mattinhos, Matos, Mattos, Estevam Mattos, Estevao Mattos, ou Estevão Mattos

Atividades: Ator, radioator, radialista, locutor, apresentador e dublador

Áreas: Rádio, teatro e cinema

Nascimento: 19/11/1897, São Paulo/SP

Óbito: 08/01/1996, Rio de Janeiro/RJ

Causa óbito: Desconhecida

Relacionamentos: Foi casado com a atriz Antonieta Mattos (192?/194?). Era casado com Beatriz Lima (1949/1996), uma filha: Marília.

Nota: Estava aposentado. Destacou-se como humorista. Foi integrante da "Companhia A Casa do Caboclo" (1935-1936).

Carreira: 1921-1980

Alguns trabalhos*:

1933 - A Coiêta (Teatro)
1934 - Porteira Véia (Teatro) - Fidêncio
1935 - Luar, Palhoça e Violão (Teatro)
1935 - Perfume da Mata (Teatro)
1935 - Viva Nóis (Teatro)
1935 - Sertão em Flor (Teatro)
1935 - Sonho de Caboclo (Teatro)
1936 - A Cidade Prende (Teatro)
1936 - Alma de Violão (Teatro)
1936 - Feitiço de Coral (Teatro)
1936 - Luar, Palhoça e Violão (Teatro)
1936 - Mentira Carioca (Teatro)
1936 - Nossa Bandeira (Teatro)
1936 - O Cantor Batuta (Teatro)
1936 - Passoca de Caboclo (Teatro)
1936 - Rosas de Nossa Senhora (Teatro)
1936 - Sambista da Cinelândia (Teatro) - Maestro Anacruza
1936 - Sol da Nossa Terra (Teatro) - Coronel
1936 - Veneno da Cidade (Teatro)
1938 - O Cantor da Cidade (Teatro)
1938 - Romance dos Bairros (Teatro)
1939/1940 - Tem Marmelada (Teatro)
1940 - E o Bento... Levou (Teatro)
1940 - Os Fidalgos da Casa Marisca (Teatro)
1940 - Quinta Coluna (Teatro)
1941 - De Que Elas Gostam (Teatro)
1941 - Filhas de Eva (Teatro)
1941 - O Teu Dia Chegará... (Teatro)
1942 - Alerta, Brasil (Teatro)
1942 - Às Armas (Teatro)
1943 - Pão de Ló (Teatro)
1947 - Rádio Tupi: Programa do Comerciário (Rádio)
1947 - Show no Teatrinho Íntimo Copacabana (Teatro)
1948/1952 - Rádio Tupi: Programa Rua da Alegria (Rádio)
1949 - Rádio Tupi: Programa Rádio Sequência G-3 (Rádio)
1950 - Um Beijo Roubado / Noites de Copacabana (Cinema)
1951 - Alice no País das Maravilhas 'animação' (Cinema) - Coelho Branco / Dublador
1951 - Rádio Tupi: Programa Levertimentos (Rádio)
1951/1952 - Rádio Mayrink Veiga: Programa Cadeira de Barbeiro (Rádio) - Engraxate
1953 - Sinfonia Amazônica 'animação' (Cinema) - Japu / Dublador
1956/1957 - Rádio Mayrink Veiga: Programa Levertimentos (Rádio)
1957/1958 - Aí Vem a Dona Isaura TV Rio (Televisão)
1958/1959 - Vila da Nossa Amizade TV Rio (Televisão)
1960 - Briga, Mulher e Samba (Cinema) - Simão
1962 - Rádio Mayrink Veiga: Programa Regra de Três (Rádio)
1963/1964 - O Riso É o Limite TV Rio (Televisão)
1964/1969 - Rádio Mauá do Rio de Janeiro: Programa A Turma da Maré Mansa (Rádio)
1970 - Carlitos TV Tupi (Televisão)
1970/1972 - Café Sem Concerto TV Tupi (Televisão)
1971/1972 - Central do Riso TV Tupi (Televisão)
1972/1974 - Balança Mas Não Cai TV Tupi (Televisão)
1973 - Domingo É Dia de Show TV Tupi (Televisão)
1974 - Alegríssimo TV Tupi (Televisão)
1974 - Rio Boa Praça TV Tupi (Televisão)
1975 - Agência Lig-Pag TV Tupi (Televisão)
1975 - Alegríssimo 75 TV Tupi (Televisão)
1975/1976 - Os Trapalhões TV Tupi (Televisão)
1976/1977 - Deu a Louca no Show TV Tupi (Televisão)
1977 - Domingo É Dia de Graça TV Tupi (Televisão)
1978 - Risoteque 78 TV Tupi (Televisão)
1979 - Risotheque TV Tupi (Televisão)
1979/1980 - Apertura TV Tupi (Televisão)

(*) Pesquisa em andamento

3 comentários:

Leonardo disse...

Morreu em 8 Janeiro de 1996 no Rio de Janeiro.
Dublou o Coelho Branco em Alice no País das Maravilhas (1951) e o Japu em Sinfonia Amazônica (1953)

Leonardo disse...

Uma filha chamada Marília do segundo casamento com Beatriz Lima (1949-1996)

Unknown disse...

Lembro um pouco dele.Ele era muito engraçado. Tinha uma voz boa pra comédia.Gostaria de rever alguns trabalhos dele na TV.