Pesquisar este blog

sábado, 16 de novembro de 2019

Juan de Bourbon



Nome real: Juan Alberto Pedro Alcântara Gabriel Fernando de Coelho Lisboa de Padilla de Borbon

Créditos: Juan de Bourbon, Juan Bourbon, ou Juan de Borbon

Atividades: Ator, modelo e cantor

Áreas: Cinema, teatro e TV

Nascimento: 02/03/1946, Buenos Aires - Argentina

Relacionamentos: Namorou com Maria Luiza Imperial (1972-1973).

Nota: Na ativa. Nobre espanhol, primo do Rei Juan Carlos da Espanha. Hoje atua como artista plástico.

Site: https://www.facebook.com/juan.bourbon.9

Carreira: Desde 1970

Alguns trabalhos:

1970 - As Bruxas (Televisão)
1971 - O Cafona (Televisão) - Pietro

Letícia Colin



Nome real: Letícia Helena de Queiroz Colin

Créditos: Letícia Colin, ou Leticia Colin

Atividades: Atriz, apresentadora e cantora

Áreas: Teatro, cinema, TV e internet

Nascimento: 30/12/1989, Santo André/SP

Relacionamentos: Namorou com o ator Bruno Miguel (2005); e com o ator Michel Melamed (2016-2018). Casada com Michel Melamed (desde 2018), um filho: Uri.

Nota: Na ativa. Formada em Teatro. Destacou-se como astro infantil. Filha de José Hélio Colin e de Analdina Garcia Queiroz Colin.

Site: https://www.facebook.com/leticia.colin.58

Carreira: 2000-2020 (50 obras)

2000/2001 - Sandy e Junior (Televisão) - Glorinha
2002/2003 - Malhação (Televisão) - Kailani Rodrigues
2003/2005 - TV Globinho (Televisão) - Apresentadora
2004 - Adolescente Faz Cada Uma (Teatro)
2004 - Histórias de Cama & Mesa (Televisão) - Malu
2004 - O Diário de Débora (Teatro) - Débora
2004 - Um Show de Verão (Cinema) - Irmã do Fred
2005/2006 - Floribella (Televisão) - Marta de Sousa ‘Martinha’
2006 - CD Floribella 2 da Gravadora Universal Music “Canção: É pra Você Meu Coração” (Música) - Cantora
2006 - Floribella: O Musical (Teatro) - Marta
2007 - Luz do Sol (Televisão) - Heloísa Bacelar ‘Helô’
2008/2009 - Chamas da Vida (Televisão) - Viviane Galvão Ferreira ‘Vivi’
2009/2010 - O Despertar da Primavera (Teatro) - Ilse
2010 - A História de Ester (Televisão) - Ana
2010/2011 - Hair (Teatro) - Jeanie
2011 - Amor? (Cinema) - Carol
2011 - Videoclipe de Cícero Lins: Ponto Cego (Internet)
2011 - Videoclipe de Cícero Lins: Tempo de Pipa (Internet)
2011/2012 - Vidas em Jogo (Televisão) - Juliana Brandão
2011/2013 - O Menino Que Vendia Palavras (Teatro)
2012 - Mandrake: A Investigação (Televisão/Cinema) - Lídia Birman
2012 - Mandrake: Robin Hood de Copacabana (Televisão/Cinema) - Lídia Birman
2012/2013 - Como Vencer na Vida Sem Fazer Força (Teatro) - Rosemary Pilkington
2013 - Bonitinha, Mas Ordinária (Cinema) - Maria Cecilia
2013/2014 - Além do Horizonte (Televisão) - Vitória
2014 - Não Pare na Pista (Cinema) - Ana
2014 - O Grande Circo Místico: O Musical (Teatro) - Beatriz
2014 - Questão de Família: Verdades (Televisão) - Luciana
2014 - Websérie A Lei de Murphy: Cabelo (Internet) – Joana
2014 - Websérie A Lei de Murphy: Depilação (Internet) - Joana
2014 - Websérie A Lei de Murphy: Vestibular (Internet) - Joana
2014/2015 - Amor Veríssimo (Televisão)
2015 - Amor em Sampa (Cinema) - Mabel
2015 - Mas Por Quê??! A História de Elvis (Teatro) - Cecília
2015 - Ponte Aérea (Cinema) - Amanda
2015 - Sete Vidas (Televisão) - Elisa de Morais Ribeiro
2015/2016 - A Regra do Jogo (Televisão) - Patrícia ‘Paty’
2016 - Chapa Quente: De Ciumento e Louco Todo Mundo um Pouco (Televisão) - Angélica ‘Angel’
2016 - Nada Será Como Antes (Televisão) - Julia Azevedo Queirós
2016 - O Grande Amor da Minha Vida (Teatro) - Maria Helena
2016 - Um Namorado para Minha Mulher (Cinema) - Mariana
2017 - A Vida Secreta dos Casais (Televisão) - Renata
2017 - Cidade Proibida: Caso Daisy (Televisão) - Daisy
2017 - Entre Irmãs (Cinema/Televisão) - Lindalva
2017 - Novo Mundo (Televisão) - Imperatriz Maria Leopoldina
2017 - Os Saltimbancos Trapalhões: Rumo a Hollywood (Cinema) - Karina
2018 - Segundo Sol (Televisão) - Rosa Câmara
2019 - Cine Holliúdy (Televisão) - Marilyn 
2019 - Irmandade: My Word is my Bond (Televisão) - Secretária da Emissora
2020 - Onde Está Meu Coração (Televisão) - Amanda (a lançar)

Michel Melamed



Nome real: Michel Melamed

Créditos: Michel Melamed, ou Michel Mellamed

Atividades: Ator, poeta, escritor, letrista, compositor, musicista, autor, dramaturgo, diretor, apresentador e produtor

Áreas: Cinema, teatro e TV

Nascimento: 10/03/1976, Rio de Janeiro/RJ

Relacionamentos: Foi casado com a atriz Bruna Linzmeyer (2011-2016). Namorou com a atriz Letícia Colin (20162018). Casado com Letícia Colin (desde 2018), um filho: Uri.

Nota: Na ativa. Formado em Teatro.

Site: https://www.facebook.com/profile.php?id=699871304

Carreira: Desde 1998

Alguns trabalhos:

2008 - Capitu (Televisão) - Bento Santiago 'Dom Casmurro'

Marcelo Ibrahim



Nome real: Marcelo Soares Ibrahim

Créditos: Marcelo Ibrahim, ou Marcelo Ibraim

Atividades: Ator, modelo, garoto-propaganda, musicista e compositor

Áreas: Cinema, teatro e TV

Nascimento: 15/07/1961, Rio de Janeiro/RJ

Óbito: 02/07/1986, Rio de Janeiro/RJ

Causa óbito: Pneumonia dupla

Relacionamentos: Namorou com a apresentadora Luciana Gimenez; com a atriz Suzana Queiroz (1982-1983); com a cantora Neusinha Brizola (1985); com a atriz Cláudia Magno (1985); e com a atriz Débora Duarte (1985-1986).

Nota: Formado em Direito e em Teatro. Filho de Emílio Ibrahim. Era atleta fisiculturista e Campeão Mundial de Aikidô. Também era musicista, tocava piano e cravo. Conhecido como "O Rambo Brasileiro". Suspeitou-se de que, pelas circunstâncias da sua morte, o ator teria sido vítima da AIDS, mas, conforme atestado de óbito, exposto na internet por seu próprio pai, Emílio (ver link abaixo), essa hipótese não foi comprovada. O ator adquiriu uma infecção bacteriana, proveniente de intoxicação por anabolizantes, que, como consequência, causou uma reação generalizada no seu organismo, levando-o a um quadro irreversível de pulmão de choque. Desde o dia 27/06, estava internado na "Clínica São Vicente", no Rio de Janeiro/RJ, onde faleceu.

Site: http://www.emilioibrahim.eng.br/dep_marceloibrahim.shtml

Carreira: 1984-1986 (10 obras)

1984 - A Garota do Gangster (Teatro)
1985 - Um Sonho a Mais (Televisão) - Beto
1985 - Videoclipe de Gal Costa: Nada Mais (Televisão) - Modelo
1985/1986 - Rocky Stallone (Teatro) - Rocky
1986 - Armação Ilimitada: Jambo para Matar (Televisão) - Jambo
1986 - Cozinhando Maçãs (Teatro)
1986 - Os Trapalhões e o Rei do Futebol (Cinema) - Sansão
1986 - Rocky Stallone II (Teatro) - Rocky
1986 - Segura o Afonso pra Mim ‘Ensaio’ (Teatro) - (Substituído no lançamento)
1986 - Selva de Pedra (Televisão) - Gastão Neves

José Luiz Rodi



Nome real: José Luiz Rodi

Créditos: José Luiz Rodi, Jose Luiz Rodi, José Luís Rodi, Jose Luis Rodi, José  Rodi, Jose Rodi, José Luiz Rhodi, Jose Luiz Rhodi, José Luís Rhodi, Jose Luis Rhodi, José Rhodi, ou Jose Rhodi, 

Atividades: Ator, autor, dramaturgo, diretor, cenógrafo, figurinista, coreógrafo e produtor

Áreas: Cinema, teatro e TV

Nascimento: 09/07/1945, Rio de Janeiro/RJ

Óbito: 1995, Rio de Janeiro/RJ

Causa óbito: AIDS

Relacionamentos: Namorou com a ex-chacrete Rony Rhomberg (1977-1978), uma filha: a atriz Camila Rhodi.

Nota: Formado em Teatro. Portador do vírus HIV desde 1985.

Carreira: 1964-1995 (31 obras)

1964 - A Farsa do Mestre Patelin (Teatro)
1966 - As Fúrias (Teatro)
1967/1969 - Sítio do Picapau Amarelo (Televisão) - Visconde de Sabugosa / Marquês de Rabicó
1969 - A Celestina (Teatro)
1975 - Pesadelo Sexual de Um Virgem (Cinema) - Dante
1976 - A Longa Noite de Cristal (Teatro) - Câmera 2, Assistente de Fernandinho
1976 - Ambrósio, o Boneco (Teatro) - Autoria
1976 - O Sapateiro do Rei (Teatro)
1976 - Socorro! Eu Não Quero Morrer Virgem (Cinema) - Dante
1976 - Teatro de Cordel (Teatro)
1977 - Sítio do Picapau Amarelo (Televisão) - Dr. Caramujo
1977/1978 - O Astro (Televisão) - Henri
1978 - J.J.J. o Amigo do Super-Homem (Cinema)
1978 - Réquiem (Teatro)
1978 - Vicente e Sílvia (Teatro)
1979 - Eu Compro Essa Virgem (Cinema) - José
1979 - Memórias de Amor (Televisão) - Branquinho
1979 - Nadim Nadinha Contra o Rei de Fuleiró (Teatro)
1979 - No País dos Prequetés (Teatro)
1979 - O Pagador de Promessas (Teatro) - Sacristão
1980 - A Loja das Maravilhas Naturais (Teatro)
1980 - O Senhor Galíndez (Teatro)
1980 - Um Menino... Uma Mulher... (Cinema)
1981 - Amigo Ido... Catibiribido (Teatro) - Direção, Autoria, Cenografia, Coreografia, Figurino e Produção
1982 - A Revolta dos Brinquedos (Teatro)
1982/1983 - Amadeus (Teatro)
1984 - Anúncio de Jornal (Cinema) - Médico
1984 - Oh, Rebuceteio! (Cinema) - Fontana
1985 - O Analista de Bagé: O Musical, Tchê! (Teatro)
1990/1991 - Halloween: O Dia das Bruxas (Teatro) - Direção e Produção
1995 - O Sonho Colorido de Lila (Teatro) - Autoria, Produção e Direção

Suzana Queiroz



Nome real: Suzana Queiroz de Araújo

Créditos: Suzana Queiroz, Suzana Queiros, Suzana Queirós, Susana Queiroz, Susana Queiros, ou Susana Queirós

Atividades: Atriz

Áreas: Teatro e TV

Nascimento: 16/08/1960, Rio de Janeiro/RJ

Relacionamentos: Namorou com o ator Marcelo Ibrahim (1982-1983); e com o ator Hugo Gross (1984). Foi casada, uma filha: Simone.

Nota: Afastou-se da mídia. Formada em Teatro. Hoje atua como professora.

Site: https://www.facebook.com/suzana.queiroz.71

Carreira: 1978-1988 (12 obras)

1978/1979 - Dancin' Days (Televisão) - Leila
1979/1983 - Os Trapalhões (Televisão)
1980 - Queridos Monstrinhos (Teatro)
1981 - Baila Comigo (Televisão) - Isabel 'Bebel'
1981/1982 - Terras do Sem-Fim (Televisão)
1982 - A Revolta dos Brinquedos (Teatro)
1982 - Catavento ‘TV Educativa’ (Televisão)
1982/1983 - Final Feliz (Televisão) - Gabriela 'Gaby'
1983 - O Dia Em Que Alfredo Virou a Mão (Teatro)
1984 - Doces Lembranças (Teatro)
1986 - Uma Histérica História (Teatro)
1988 - A Grande Revista (Teatro)

Suzana Gonçalves



Nome real: Susana Maria Vieira Gonçalves

Créditos: Suzana Gonçalves, Susana Gonçalves, Suzana Goncalves, ou Susana Goncalves

Atividades: Atriz

Área: Cinema, teatro e TV

Nascimento: 18/03/1947, Buenos Aires - Argentina

Relacionamentos: Teve um primeiro casamento. Foi casada pela segunda vez com o ator e produtor Paulo Sacks (1975-1997), quatro filhos: Pedro, Bianca, Suzana e Scarlet. Namorou com o apresentador Renato Machado (1969); com o ator Cláudio Marzo (1972); e com o cantor e compositor Toquinho (1972-1974).

Nota: Afastou-se da mídia. Formada em Teatro. Chegou no Brasil em 1959. Irmã da atriz Susana Vieira. Entre 1976 e 1997, viveu em Rondônia, onde também atuou como empresária no setor hoteleiro.

Site: https://www.facebook.com/suzana.vieiragoncalves.92

Carreira: 1970-2019 (30 obras)

1970 - As Bruxas (Televisão)
1970/1971 - Tilim (Televisão) - Clô
1971 - O Príncipe e o Mendigo (Televisão) - Lady Mary
1971/1972 - Minha Doce Namorada (Televisão) - Lúcia
1972 - Caso Especial: Meu Primeiro Baile (Televisão) - Maria José
1972 - Cassy Jones, o Magnífico Sedutor (Cinema) - Gigi
1972 - Geração em Fuga (Cinema) - Suzana
1972 - O Segredo do Velho Mundo (Teatro)
1972 - Os Inconfidentes (Cinema) - Marilia de Dirceu
1972 - Roleta Russa: O Jogo da Vida (Cinema) - Sheila
1972 - O Primeiro Amor (Televisão) - Bárbara Lima ‘Babi’
1973 - Cavalo de Aço (Televisão) - Bisteca
1973/1974 - O Semideus (Televisão) - Norma ‘Norminha’
1974 - A Teoria na Prática É a Outra (Teatro)
1974 - Supermanoela (Televisão) - Regina Mendes
1974/1975 - Ídolo de Pano (Televisão) - Flávia
1975 - Cada Um Dá o Que Tem: Uma Grande Vocação (Cinema) - Rosana
1975 - O Predileto (Cinema) - Coló
1975 - O Sheik de Ipanema (Televisão) - Lalá
1977 - Morte em Conta-Gotas (Cinema)
1977 - Polichinelo (Cinema)
1988 - Fronteira das Almas (Cinema) - Dalvina
1993 - Você Decide: O Juramento (Televisão) - Rosa
1997 - O Amor Está no Ar (Televisão) - Emília
1998 - Hilda Furacão (Televisão) - Yara Tupinambá
1998/1999 - Pecado Capital (Televisão) - Juíza
2000 - Eu Não Conhecia Tururu (Cinema) - Carmen
2003 - O Homem de Nazaré na Jerusalém da Amazônia (Teatro) - Samaritana
2006/2007 - Páginas da Vida (Televisão) - Dirce
2019 - Rodantes (Cinema) - Senhora

Lucélia Santos



Nome real: Maria Lucélia dos Santos

Créditos: Lucélia Santos, ou Lucelia Santos

Atividades: Atriz, diretora, autora e produtora

Áreas: Cinema, teatro e TV

Nascimento: 20/05/1957, Santo André/SP

Relacionamentos: Foi casada com o maestro John Neschling (1975-1987), um filho: o ator Pedro Neschling; e com o engenheiro Davi Akkerman (1999-2004). Namorou com o ator Raul Gazolla (1987-1990); e com o ator Antônio Grassi (1994-1997).

Nota: Na ativa. Formada em Teatro. Irmã da atriz e cantora Cristina Santos.

Carreira: Desde 1972

Alguns trabalhos:

1976/1977 - Escrava Isaura (Televisão) - Isaura
1978 - Ciranda Cirandinha (Televisão) - Tatiana 'Tati'
1979 - Rasga Coração (Teatro)
1980 - Caso Especial: Romeu e Julieta (Televisão) - Julieta
2003 - O Homem de Nazaré na Jerusalém da Amazônia (Teatro) - Maria

Carlos Vereza



Nome real: Carlos Alberto Veneziano de Almeida

Créditos: Carlos Vereza

Atividades: Ator, cantor e apresentador

Áreas: Cinema, teatro e TV

Nascimento: 04/03/1939, Rio de Janeiro/RJ

Relacionamentos: Foi casado com a atriz Renata Sorrah (1969-1974); com a atriz Xuxa Lopes (1974-1976); com a artista plástica Delma Godoy (1976-1991), uma filha: a atriz Larissa Vereza; e com a atriz e cantora Andréa Ferreira (1997-?), uma filha: Diana. Casado com a jornalista Vanessa Mazzari (desde 2001), um filho: Luiz Sérgio.

Nota: Na ativa. Formado em Teatro.

Site: https://www.facebook.com/carlos.vereza.33

Carreira: Desde 1962

Alguns trabalhos:

1965 - Electra (Teatro)
1966/1967 - Espetáculo Genet-Sade: A Filosofia da Libertinagem (Teatro)
1966/1967 - Espetáculo Genet-Sade: As Criadas (Teatro)
1969 - O Jovem Homem Feio (Teatro)
1972/1973 - Selva de Pedra (Televisão) - Argemiro 'Miro' Tavares
1988 - Caso Especial: O Dia Mais Quente do Ano (Televisão) - Milton
2003 - O Homem de Nazaré na Jerusalém da Amazônia (Teatro) - Pôncio Pilatos

Marieta Severo



Nome real: Marieta Severo da Costa

Créditos: Marieta Severo

Atividades: Atriz, roteirista e produtora

Áreas: Cinema, teatro e TV

Nascimento: 02/11/1946, Rio de Janeiro/RJ

Relacionamentos: Foi casada com o artista plástico Carlos Vergara (1964-1965); e com o cantor e compositor Chico Buarque de Holanda (1966-1999), três filhas: a atriz Sílvia Buarque, Helena, e Luísa. Casada com o diretor teatral Aderbal Freire Filho (desde 2004).

Nota: Na ativa. Formada em Teatro.

Site: https://www.facebook.com/Marieta-Severo-166798044001460/

Carreira: Desde 1964

Alguns trabalhos:

1966 - Onde Canta o Sabiá (Teatro)
1972 - O Segredo do Velho Mundo (Teatro)
1972/1973 - Bordel da Salvação (Teatro)
1973 - Desgraças de uma Criança (Teatro)
1987 - Canção de Todas as Crianças ‘Especial’ (Televisão) - Cordélia
2001/2014 - A Grande Família (Televisão) - Irene Souza e Silva 'Dona Nenê'

Antônio Leite



Nome real: Antônio da Silva Leite

Créditos: Antônio Leite, ou Antonio Leite

Atividades: Ator, radioator, tradutor, dublador, narrador, apresentador, locutor e radialista

Áreas: Cinema, teatro, rádio e TV

Nascimento: 10/05/1924, São Paulo/SP

Óbito: 01/05/2005, São Paulo/SP

Causa óbito: Infarto

Nota: Estava aposentado. Formado em Teatro.

Carreira: 1940-2000

Alguns trabalhos:

1940 - Rádio Difusora de São Paulo (Rádio)
1950 - Rádio Tamoio (Rádio)
1954 - Rádio Tupi: Programa As Mil e Uma Noites (Rádio) - Príncipe
1956 - Varma em Revista (Televisão) - Apresentador
1957 - Caminhos Incertos (Televisão)
1957 - TV de Comédia Tupi: Se Amália Soubesse (Televisão)
1958 - Teatro de Equipe Tupi: 3.200 metros de Altitude (Televisão)
1979 - Gaivotas (Televisão) - Tiago
1987 - Fronteira das Almas (Cinema)

sexta-feira, 15 de novembro de 2019

Walter Lima Júnior



Nome real: Walter Lima Júnior

Créditos: Walter Lima Júnior, Walter Lima Junior, Walter Lima Jr, Válter Lima Júnior, Valter Lima Junior, ou Valter Lima Jr.

Atividades: Diretor, cineasta, roteirista, escritor e produtor

Áreas: Cinema

Nascimento: 26/11/1938, Niterói/RJ

Relacionamentos: Viúvo da atriz Anecy Rocha (1965-1977), um filho: Jorge; e da cantora  Telma Correa Costa da Cunha 'Telma Costa' (1978-1989), uma filha: Branca.

Nota: Na ativa. Formado em Direito. Também atua como professor universitário de cinema. Sua primeira esposa, a atriz Anecy Rocha, faleceu aos 34 anos, em 26/03/1977, ao cair no fosso do elevador de seu prédio, no Rio de Janeiro/RJ. Sua segunda esposa, a cantora Telma Costa, foi encontrada morta aos 35 anos, em 07/11/1989, num dos quartos do Hotel Arpoador Inn, no Rio de Janeiro/RJ. Segundo o laudo médico, a cantora foi fulminada por um ataque cardíaco. Esta versão, no entanto, é contestada pela polícia, que suspeita que a morte de Telma Costa foi causada por uma ingestão excessiva de drogas.

Carreira: Desde 1965

Alguns trabalhos:

1965 - Menino de Engenho (Cinema) - Direção, Roteiro e Produção
1968 - Brasil Ano 2000 (Cinema) - Direção, Roteiro e Produção
1983 - Inocência (Cinema) - Direção, Roteiro e Produção

Marilena Ansaldi



Nome real: Maria Helena Ansaldi

Créditos: Marilena Ansaldi

Atividades: Dançarina, coreógrafa, escritora, produtora, bailarina e atriz

Áreas: Cinema, teatro e TV

Nascimento: 04/11/1934, São Paulo/SP

Relacionamentos: Foi casada com o crítico teatral Sábato Magaldi (1965-1977). Teve mais quatro casamentos.

Nota: Na ativa. Formada em Balé Clássico. Destaca-se como bailarina. Fundadora do "Balé de Câmara do Estado de São Paulo" e do "Grupo de Dança Viva". Nome da casada: Maria Helena Magaldi.

Carreira: Desde 1954

Alguns trabalhos:

1975 - A Casa das Tentações (Cinema) - Bailarina
1984 - Rabo-de-Saia (Televisão) - Magnólia
1986 - Selva de Pedra (Televisão) - Vivian Arruda 'Vivi'
1995/1995 - Cara & Coroa  (Televisão) -  Guilhermina

Alexandre Garcia



Nome real: Alexandre Eggers Garcia

Atividades: Apresentador, diretor, telejornalista, locutor, radialista, jornalista, escritor, comentarista, repórter e ator

Áreas: Rádio e TV

Nascimento: 11/11/1940, Cachoeira do Sul/RS

Carreira: Desde 1947

Papel marcante: Apresentador, em "Bom Dia Brasil" (telejornal, desde 2003)

Relacionamentos: Foi casado com Helena Maria Fluck (1962-1974), uma filha: Denise; e com a arquiteta Joaniza Maria Bezerra Nunes (1984-199?), dois filhos: Julia e Gustavo. Namorou com Cláudia Fortes (200?-2007); e com a médica Magda Pereira (2007-2019). Casado com Magda Pereira (desde 2019).

Nota: Na ativa. Formado em Comunicação Social (Jornalismo). Foi porta-voz do último Presidente do regime militar do Brasil, general João Batista Figueiredo (1979-1980). Seu filho Gustavo Nunes Garcia suicidou-se aos 27 anos, em Brasília, em 23/11/2014.

Site: https://www.facebook.com/alexandregarciaoficial/

quinta-feira, 14 de novembro de 2019

Floriano Faissal



Nome real: Floriano Faissal

Créditos: Floriano Faissal

Atividades: Ator, radioator, radialista, apresentador, locutor, escritor, letrista, produtor, diretor, escritor, compositor e autor

Áreas: Cinema, rádio, teatro e TV

Nascimento: 20/01/1907, São Paulo/SP

Óbito: 1986, Rio de Janeiro/RJ

Causa óbito: Desconhecida

Relacionamentos: Era casado (193?-1986), um filha: a atriz Denise Faissal.

Nota: Estava aposentado. Irmão o ator e radialista Roberto Faissal, do compositor Lourival Faissal, e dos radialistas Assis Faissal e William Faissal. Tio do diretor Roberto Faissal Junior.

Carreira: 1938-1977

Alguns trabalhos:

1940 - Rádio Nacional: Programa Teatro em Casa (Rádio)
1945 - 1º Big Show Coisas do Arco da Velha (Teatro)
1946 - Fogo no Pandeiro (Teatro) - Direção
1949/1955 - Rádio Nacional: Programa Boa Tarde, Madame! (Rádio) - Apresentador, além da Direção
1950/1955 - Rádio Nacional: Radioteatro (Rádio)
1951/1952 - Rádio Nacional: Radionovela O Direito de Nascer (Rádio) - Pepe / Doutor Mendonça
1951 - Rádio Nacional: Radionovela Um Homem Que Não É Deste Mundo (Rádio) - Direção
1952 - Rádio Nacional: Radionovela Filhos Sem Nome (Rádio) - Xavier Medrado, além da Direção
1952 - Rádio Nacional: Série O Direito de Matar (Rádio)
1953 - Rádio Nacional: Programa Hoje Tem Espetáculo! (Rádio)
1953 - Rádio Nacional: Programa Obrigado, Doutor! (Rádio)
1953 - Rádio Nacional: Programa Um Milhão de Melodias (Rádio)
1953 - Rádio Nacional: Radionovela Filhos Sem Nome (Rádio) - Xavier Medrado, além da Direção
1953 - Rádio Nacional: Radionovela Terra Selvagem (Rádio) - Direção
1953 - Rádio Nacional: Série Radar, Filho do Sombra (Rádio)
1953 - Rádio Nacional: Um Programa Bayer (Rádio)
1954 - Rádio Nacional: Série O Drama de Cada Um (Rádio) - Padre Tião
1954 - Rádio Nacional: Radionovela O Padre Leonel (Rádio) - Padre Leonel
1954/1955 - Rádio Nacional: Radionovela Também Há Lírios no Lodo (Rádio) - Direção
1955 - Rádio Nacional: Programa Grande Teatro De Milus 'Divórcio' (Rádio) - William (velho), além da Direção
1955 - Rádio Nacional: Programa Grande Teatro De Milus ‘O Ciclone’ (Rádio) - Direção
1955 - Rádio Nacional: Radionovela Serra Brava (Rádio) - Direção
1956 - Rádio Nacional: Programa Grande Teatro De Milus ‘Amor de Perdição’ (Rádio) - Direção
1956 - Rádio Nacional: Programa Grande Teatro De Milus ‘Assim É... Se Lhe Parece’ (Rádio) - Ponza, além da Direção
1956 - Rádio Nacional: Programa Grande Teatro De Milus ‘Stella Dallas’ (Rádio) - Direção
1957 - Rádio Nacional: Programa Grande Teatro ‘A Intrusa’ (Rádio) - Direção
1957 - Rádio Nacional: Radionovela O Direito de Amar (Rádio) - Direção
1958 - Grande Teatro Orniex TV Rio: Do Mundo Nada Se Leva (Televisão) - Direção
1958 - Grande Teatro Orniex TV Rio: Nossos Filhos (Televisão) - Direção
1958 - Grande Teatro Orniex TV Rio: Os Grande Culpados (Televisão) - Direção
1959 - Grande Teatro Orniex TV Rio: A Pérola (Televisão) - Direção
1959 - Grande Teatro Orniex TV Rio: A Sereia Louca (Televisão) - Direção
1959 - Grande Teatro Orniex TV Rio: Divórcio (Televisão) - Direção
1960 - A Força do Perdão (Teatro) - Direção
1962/1964 - Três em Lua de Mel (Teatro) - Direção
1964/1965 - Sim, Quero (Teatro) - Direção
1965/1967 - Mulher Zero Quilômetro (Teatro) - Direção
1967 - Rádio Nacional: Radionovela Gloriosa Mentira (Rádio) - Direção

José de Arimatheia



Nome real: José de Arimathéa Britto

Créditos: José de Arimatheia, José de Arimathéia, Jose de Arimatheia, José de Arimathéa, Jose de Arimathea, José de Arimatéa, José de Arimatéia, Jose de Arimatea, Jose de Arimateia, Arimathéia, Arimathéa, Arimatéa, Arimatéia, Arimatheia, Arimathea, Arimatea, ou Arimateia

Atividades: Ator, radioator, radialista, narrador, apresentador e autor

Áreas: Rádio, cinema e TV

Nascimento: 01/02/1924, Caxias/MA

Óbito: 1992, Petrópolis/RJ

Causa óbito: Infarto

Nota: Destacou-se como humorista.

Carreira: 1935-1992

Alguns trabalhos:

1951 - Rádio Nacional: Radionovela Covardia (Rádio) - Narrador
1953 - Rádio Nacional: Programa César de Alencar (Rádio)
1953 - Rádio Nacional: Radionovela Apenas Uma Palavra (Rádio)
1953 - Rádio Nacional: Radionovela Colar de Lágrimas (Rádio) - Narrador
1953 - Rádio Nacional: Radionovela O Preço da Liberdade (Rádio) - Baiano
1953 - Rádio Nacional: Série As Aventuras do Anjo (Rádio) - Narrador
1955 - Rádio Nacional: Série Legado do Ódio (Rádio) - Aristides
1956 - Teatro de Variedades TV Rio: Massacre (Televisão)
1957 - Teatro de Variedades TV Rio: Comissário de Polícia (Televisão)
1958 - Peguei Um Ita no Norte (Teatro)
1959 - Grande Teatro Orniex TV Rio: A Pérola (Televisão)
1982/1990 - Chico Anysio Show (Televisão) - João Valentão

Daisy Lúcidi



Nome real: Daisy Lucidi

Créditos: Daisy Lúcidi, Daisy Lúcide, Daisy Lucide, Daisy Lucidy, Daisy Lucidi, Dayse Lúcidi, Dayse Lucidi, ou Dayse Lucidy

Atividades: Atriz, radioatriz, locutora, musicista, apresentadora, repórter, animadora, radialista e produtora

Áreas: Cinema, rádio, teatro e TV

Nascimento: 10/08/1929, Rio de Janeiro/RJ

Relacionamentos Namorou com o radialista Luiz Mendes (1945-1947). Viúva de Luiz Mendes (1947-2011), um filho: o cantor Júnior Mendes.

Nota: Na ativa. Formada em Música e em Teatro. Destacou-se como astro infantil. Atuou como empresária teatral no "Grupo Teatral Daisy Lúcidi" (1978), além de atuar a política como Vereadora do Rio de Janeiro/RJ. Nome da casada: Daisy Lucidi Mendes.

Site: https://www.facebook.com/daisy.lucidi.73

Carreira: 1936-2019 (177 obras)

1936 - Nuvem (Teatro)
1936 - Rádio Transmissora do Rio de Janeiro: Programa de Graça para Todos (Rádio) - Declamadora
1941/1944 - Rádio Tupi: Programa Teatro Cego (Rádio)
1942 - Aladino e a Lâmpada Maravilhosa (Teatro)
1942 - Gata Borralheira (Teatro)
1942 - O Menino Jesus (Teatro)
1942 - O Príncipe do Lima Verde (Teatro)
1943 - Rádio Nacional: Radionovela Em Busca da Felicidade (Rádio) - Criança
1944 - A Bela Adormecida no Bosque (Teatro)
1944 - Ana Lúcia no País das Fadas (Teatro)
1944 - Branca de Neve e os Sete Anões (Teatro)
1945 - Rádio Globo: Radionovela Os Imigrantes (Rádio)
1945 - Rádio Tamoio (Rádio)
1945 - Serão Homens Amanhã (Teatro)
1946 - Rádio Globo: Programa Grande Teatro 'A Inimiga' (Rádio)
1946 - Rádio Globo: Programa Grande Teatro 'Chuvas de Verão' (Rádio)
1947 - Rádio Globo: Radionovela A Menina do Estoril (Rádio) - Menina do Estoril
1948 - Folias Cariocas (Cinema)
1948/1949 - Rádio Globo: Programa Alô, Meu Bem! (Rádio) - Apresentadora
1949 - Rádio Globo: Programa Aquarela Sertaneja (Rádio)
1950 - Eu, Heim? (Teatro)
1950 - Rádio Globo: Radionovela A Sombra dos Filhos (Rádio)
1951 - Dentro da Vida (Cinema) - Marta
1952 - Rádio Nacional: Radionovela Brumas do Passado (Rádio)
1952 - Rádio Nacional: Radionovela Filhos Sem Nome (Rádio) - Ester
1952 - Rádio Nacional: Radionovela História de um Crime (Rádio) - Alzira
1952 - Rádio Nacional: Radionovela História de Um Prisioneiro (Rádio) - Gracia Maria
1952 - Rádio Nacional: Radionovela O Homem da Casa Verde (Rádio) - Teresa
1952 - Rádio Nacional: Radionovela O Príncipe e a Endiabrada (Rádio) - Amira
1952 - Rádio Nacional: Série O Direito de Matar (Rádio)
1952 - Rádio Nacional: Série Presídio de Mulheres ‘Maria Soledade’ (Rádio) - Maria Soledade
1952/1963 - Rádio Nacional: Programa Ao Ritmo de Suinger (Rádio) - Apresentadora
1952/1967 - Rádio Nacional: Programa Seu Criado, Obrigado (Rádio) - Apresentadora
1953 - Rádio Nacional: Radionovela A Dama de Negro (Rádio) - Eunice
1953 - Rádio Nacional: Radionovela A Força da Humildade (Rádio) - Sonia
1953 - Rádio Nacional: Radionovela À Sombra do Destino (Rádio) - Berenice
1953 - Rádio Nacional: Radionovela Almas Atormentadas (Rádio) - Leonor
1953 - Rádio Nacional: Radionovela Filhos Sem Nome (Rádio) - Ester
1953 - Rádio Nacional: Radionovela O Preço da Liberdade (Rádio) - Clara
1953 - Rádio Nacional: Radionovela Ouro Branco (Rádio) - Mara
1953 - Rádio Nacional: Radionovela Terra Selvagem (Rádio)
1953 - Rádio Nacional: Série Sonata à Beira-Mar (Rádio)
1953/1954 - Rádio Nacional: Série Radar, Filho do Sombra (Rádio) - Elinor Douglas
1954 - Rádio Nacional: Programa A Mulher na Copa do Mundo (Rádio) - Apresentadora e Repórter (Suíça/Brasil)
1954 - Rádio Nacional: Programa Esso Agrícola (Rádio) - Animadora
1954 - Rádio Nacional: Radionovela A Encruzilhada (Rádio) - Dina
1954 - Rádio Nacional: Radionovela Madona das Sete Luas (Rádio) - Roseana / Helena
1954 - Rádio Nacional: Radionovela Meu Castigo... É o Meu Silêncio (Rádio)
1954 - Rádio Nacional: Radionovela O Mestre do Silêncio (Rádio)
1954 - Rádio Nacional: Radionovela O Padre Leonel (Rádio) - Elisa
1954 - Rádio Nacional: Radionovela Raça (Rádio) - Maria Aninha
1954 - Rádio Nacional: Radionovela Tudo por um Amor (Rádio) - Mariana
1954 - Rádio Nacional: Radionovela Uma Nuvem Cobre o Sol (Rádio) - Lenira
1954 - Rádio Nacional: Série As Aventuras do Jerônimo (Rádio)
1955 - Rádio Nacional: Programa A Canção da Lembrança (Rádio) - Apresentadora
1955 - Rádio Nacional: Programa Grande Teatro De Milus ‘Divórcio’ (Rádio) - Margareth (jovem)
1955 - Rádio Nacional: Programa Grande Teatro De Milus ‘Espectros’ (Rádio)
1955 - Rádio Nacional: Programa Grande Teatro De Milus ‘Esquina Perigosa’ (Rádio)
1955 - Rádio Nacional: Programa Grande Teatro De Milus ‘Está Lá Fora Um Inspetor’ (Rádio)
1955 - Rádio Nacional: Programa Grande Teatro De Milus ‘O Ciclone’ (Rádio) - Miss Eyland
1955 - Rádio Nacional: Programa Grande Teatro De Milus ‘Sétimo Céu’ (Rádio)
1955 - Rádio Nacional: Programa Grande Teatro De Milus ‘Sonata a Kreutzer’ (Rádio)
1955 - Rádio Nacional: Programa Recepção Martini (Rádio) - Apresentadora
1955 - Rádio Nacional: Programa Vida Agrícola (Rádio) - Animadora
1955 - Rádio Nacional: Radionovela A Grande Mentira (Rádio) - Nita
1955 - Rádio Nacional: Radionovela A Mulher Daquela Noite (Rádio) - Sílvia
1955 - Rádio Nacional: Radionovela A Vida de Um Bem de Deus (Rádio) - Dorinha
1955 - Rádio Nacional: Radionovela Acima das Tempestades (Rádio) - Taísa
1955 - Rádio Nacional: Radionovela Drama de Uma Consciência (Rádio) - Helena
1955 - Rádio Nacional: Radionovela Há Sempre Outra Mulher (Rádio) - Adélia
1955 - Rádio Nacional: Radionovela Herança de Ódio (Rádio) - Elenita
1955 - Rádio Nacional: Radionovela Minha Vida, Meu Pecado (Rádio) - Fátima
1955 - Rádio Nacional: Radionovela O Amor Que Não Morreu (Rádio) Regina
1955 - Rádio Nacional: Radionovela O Pecado de Uma Mulher (Rádio) - Helena
1955 - Rádio Nacional: Radionovela Pertinho do Céu (Rádio) - Glorinha
1955 - Rádio Nacional: Radionovela Primavera de Outono (Rádio) - Isabel
1955 - Rádio Nacional: Radionovela Remorso (Rádio) - Estela
1955 - Rádio Nacional: Radionovela Serra Brava (Rádio) - Rosa Centelha
1955 - Rádio Nacional: Série As Aventuras de Jerônimo ‘Face da Morte’ (Rádio) - Mariazinha
1955 - Rádio Nacional: Série As Aventuras de Jerônimo ‘Legado do Ódio’ (Rádio) - Lúcia
1955 - Rádio Nacional: Série As Aventuras de Jerônimo ‘Lua de Sangue’ (Rádio) - Lili
1955 - Rádio Nacional: Série As Aventuras de Jerônimo ‘Tempestade Sobre o Sertão’ (Rádio) - Virgínia
1955 - Rádio Nacional: Série O Drama de Cada Um ‘Tudo para Malena’ (Rádio) - Rosinha
1955 - Rádio Nacional: Série Presídio de Mulheres ‘A Que Não Via a Luz do Sol’ (Rádio) - Mariângela
1955 - Rádio Nacional: Série Presídio de Mulheres ‘Canção de Leonora’ (Rádio) - Leonora
1955 - Rádio Nacional: Série Presídio de Mulheres ‘Destino de Helena’ (Rádio) - Helena
1955/1956 - Rádio Nacional: Série O Drama de Cada Um ‘Diário de Margarida’ (Rádio) - Margarida
1955/1957 - Rádio Nacional: Série Clube das Donas de Casa (Rádio) - Vânia Maria
1956 - A Força do Perdão (Teatro) - Anjo
1956 - Rádio Nacional: Programa Grande Teatro De Milus ‘Amor de Perdição’ (Rádio) - Constância
1956 - Rádio Nacional: Programa Grande Teatro De Milus ‘Assim É... Se Lhe Parece’ (Rádio) - Sra. Ponza
1956 - Rádio Nacional: Programa Grande Teatro De Milus ‘Stella Dallas’ (Rádio) - Laurel
1956 - Rádio Nacional: Radionovela A Menina da Rua Nova (Rádio)
1956 - Rádio Nacional: Radionovela A Noiva das Trevas (Rádio) - Rosália (adulta)
1956 - Rádio Nacional: Radionovela Adeus para Sempre (Rádio) - Mariana
1956 - Rádio Nacional: Radionovela Alma Danada (Rádio) - Cláudia
1956 - Rádio Nacional: Radionovela Condenados (Rádio) - Zuleika
1956 - Rádio Nacional: Radionovela Meu Único Pecado (Rádio)
1956 - Rádio Nacional: Radionovela O Garimpeiro (Rádio) - Lúcia
1956 - Rádio Nacional: Radionovela O Grande Amor de Minha Vida (Rádio)
1956 - Rádio Nacional: Radionovela Pecado e Redenção (Rádio) - Branca
1956 - Rádio Nacional: Radionovela Rosa Valente (Rádio) - Rosa
1956 - Rádio Nacional: Radionovela Um Dia na Vida (Rádio) - Iara
1956 - Rádio Nacional: Série As Aventuras de Jerônimo ‘Estrada da Esperança’ (Rádio) - Maria dos Olhos Verdes
1956 - Rádio Nacional: Série O Drama de Cada Um ‘Nas Sombras do Passado’ (Rádio) - Madalena
1956 - Rádio Nacional: Série Presídio de Mulheres ‘Orgulhosa Demais’ (Rádio)
1956/1957 - Rádio Nacional: Radionovela Noite Iluminada (Rádio) - Ana Maria
1957 - Rádio Nacional: Programa Grande Teatro ‘A Intrusa’ (Rádio) - Vitória
1957 - Rádio Nacional: Programa Ondas e Estrelas (Rádio) - Apresentadora
1957 - Rádio Nacional: Programa Os Grandes Amores da História (Rádio)
1957 - Rádio Nacional: Radionovela A Canção do Fugitivo (Rádio) - Sônia
1957 - Rádio Nacional: Radionovela A Chama Que Não Se Apaga (Rádio) - Tânia
1957 - Rádio Nacional: Radionovela A Noite do Meu Destino (Rádio) - Paulina
1957 - Rádio Nacional: Radionovela Até Morrer de Amor (Rádio) - Selma
1957 - Rádio Nacional: Radionovela Corações em Ruínas (Rádio) - Cláudia Maria
1957 - Rádio Nacional: Radionovela O Direito de Amar (Rádio) - Dorinha
1957 - Rádio Nacional: Radionovela Vinte Anos de Solidão (Rádio) - Isabel
1957 - Rádio Nacional: Série O Drama de Cada Um ‘Venceremos Amanhã’ (Rádio) - Clarice
1958 - A Força do Perdão (Teatro)
1958 - Grande Teatro Orniex TV Rio: Do Mundo Nada Se Leva (Televisão)
1958 - Grande Teatro Orniex TV Rio: Nossos Filhos (Televisão)
1958 - Grande Teatro Orniex TV Rio: Os Grande Culpados (Televisão)
1958 - Rádio Nacional: Radionovela Rosa Malena (Rádio) - Rosa Malena
1958 - Teatro de Comédias TV Rio: Réquiem (Televisão)
1958 - Teatro de Variedades TV Rio: A Hóspede (Televisão)
1958 - Teatro de Variedades TV Rio: A Morte Dirige a Comédia (Televisão)
1958 - Teatro de Variedades TV Rio: A Única Testemunha (Televisão)
1958 - Teatro de Variedades TV Rio: Diabinho de Saias (Televisão)
1958 - Teatro de Variedades TV Rio: Eu Soube Amar (Televisão)
1958 - Teatro de Variedades TV Rio: Stella Dallas (Televisão)
1959 - Grande Teatro Orniex TV Rio: A Pérola (Televisão)
1959 - Grande Teatro Orniex TV Rio: A Sereia Louca (Televisão)
1959 - Grande Teatro Orniex TV Rio: Divórcio (Televisão)
1960 - A Força do Perdão (Teatro) - Madalena
1960 - Rádio Nacional: Radionovela A Sultana do Grande Lago (Rádio)
1960 - Society em Baby Doll (Teatro)
1960 - Teatro de Comédia Piraquê Tupi (Televisão)
1960/1961 - Society em Baby Doll (Teatro)
1961 - A Força do Perdão (Teatro)
1961 - Obrigada, Pelo Amor de Vocês (Teatro)
1962 - A Força do Perdão (Teatro)
1962/1964 - Três em Lua de Mel (Teatro)
1963 - Rádio Nacional: Radionovela A Família Borges (Rádio)
1963 - Rádio Nacional: Radionovela O Renegado (Rádio)
1963/1964 - Aí Vem o Sucesso (Televisão) - Apresentadora
1963/1964 - Nuvem de Fogo (Televisão) - Joana Castro
1964/1965 - Sim, Quero (Teatro) - Marta
1965/1967 - Mulher Zero Quilômetro (Teatro) - Cecília
1966 - Perdão para Maria (Televisão)
1967 - Rádio Nacional: Radionovela A Intrusa (Rádio)
1967 - Rádio Nacional: Radionovela Gloriosa Mentira (Rádio)
1967/1968 - O Homem Proibido (Televisão)
1969 - Frank Sinatra 4.815 (Teatro)
1969/1970 - Enquanto Houver Estrelas (Televisão) - Liliane Bastos Sampaio ‘Lili’
1969/1971 - Bigamia do Outro Mundo (Teatro)
1970 - Quatro Contra o Mundo: O Anjo (Cinema)
1970 - Rádio Nacional: Radionovela Inocência (Rádio) - Direção
1971 - Um Vizinho em Nossa Vidas (Teatro)
1971/1984 - Rádio Nacional: Teatro de Mistério (Rádio) - Atuação e Direção
1971/2019 - Rádio Nacional: Programa Alô, Daisy! (Rádio) - Apresentadora
1972 - Eu Transo, Ela Transa (Cinema) - Dedé
1973 - LP Alberto Santos Dumont Centenário 1873-1973 da Gravadora Estúdio Rádio Nacional (Música) - Atuação e Direção
1974 - João da Silva (Televisão) - Norma
1974 - Supermanoela (Televisão) - Maria Elvira dos Santos
1975/1976 - Bravo! (Televisão) - Loretta Cardoso 'Lolô'
1976 - O Casarão (Televisão) - Alice Sousa Lins
1978 - A Onça e o Bode (Teatro) - Produção
2007 - Paraíso Tropical (Televisão) - Iracema Brandão
2008 - Essa História Dava um Filme (Televisão) - Corretora de Imóveis
2010/2011 - Passione (Televisão) - Valentina Miranda
2012 - As Aventuras de Agamenon, o Repórter (Cinema) - Isaura (senhora)
2013 - Tapas & Beijos (Televisão) - Amélia
2013 - Vendo ou Alugo (Cinema) - Kita
2014 - Geração Brasil (Televisão) - Marlene
2015 - Babilônia (Televisão) - Dulce de Medeiros Melo Porto
2015 - Os Homens São de Marte... E É pra Lá Que Eu Vou: A Coisa Mais Moderna Que Existe Na Vida É Envelhecer (Televisão) - Erenice
2017 - A Última Sessão (Teatro) - Elisa

Procópio Ferreira



Nome real: João Álvaro de Jesus Quental Ferreira

Créditos: Procópio Ferreira, Procopio Ferreira, Procópio, ou Procopio

Atividades: Ator, autor, diretor, dramaturgo e produtor

Áreas: Cinema, teatro e TV

Nascimento: 08/07/1898, Rio de Janeiro/RJ

Óbito: 18/06/1979, Rio de Janeiro/RJ

Causa óbito: Insuficiência cardíaca em decorrência de pneumonia

Relacionamentos: Teve um primeiro relacionamento (1919), um filho: o ator Renato Restier. Foi casado com a atriz e bailarina espanhola Aída Izquierdo Ferreira (1919-1930), uma filha: a atriz Bibi Ferreira; com a atriz Regina Maura (1930-1935);e com a atriz Norma Geraldy (1936-1946). Namorou com a atriz Lígia Monteiro (1947-1948), uma filha: a diretora e jornalista Lígia Ferreira. Teve um caso com a musicista Celecina Nunez, uma filha: a cantora Mara Sílvia; e com a atriz Ruth Mezeck (1969). Era casado com a atriz Hamilta Rodrigues 'Ferreira' (1950-1979), três filhos: Maria Maria, o autor João Procópio Ferreira, e Francisco de Assis.

Nota: Filho de Francisco Firmino Ferreira e de Maria de Jesus Quental Ferreira, ambos portugueses naturais da Ilha da Madeira. Avô da atriz Tina Ferreira e do ator Procópio Ferreira Neto. Também atuou como empresário teatral, tendo sua própria companhia de teatro. Seu filho Renato Restier foi adotado quando nasceu pelo casal de atores Restier Júnior e Hortênsia Santos. Procópio só o reconheceu como filhos mais tarde. Sofria de enfisema pulmonar. Faleceu no Hospital de Clínicas Quarto Centenário, Rio de Janeiro/RJ, onde estava internado havia 21 dias.

Site: http://memoria.bn.br/DocReader/348970_05/8724

Carreira: 1917-1979

Alguns trabalhos:

1920 - Martyr do Calvário (Teatro) - Caiphaz
1920 - O Secretário de S. Exa. (Teatro) - Miguel
1921/1922 - Manhãs de Sol (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1924 - À Hora do Beijo (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1924 - Aventuras de um Rapaz Feio (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1924 - Cocktail (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1924 - Coitadinhas das Mulheres! (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1924 - Como Te Quero! Como Te Adoro! (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1924 - Dick (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1924 - Eu Arranjo Tudo (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1924 - Meu Bebé (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1924 - Meu Maridinho (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1924 - Minha Prima Está Louca (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1924 - O Fiscal dos Wagons Leitos (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1924 - O Homem de Cimento Armando (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1924 - O Homem Que Morreu (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1924 - O Papa-Léguas (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1924 - O Papão (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1924 - O Parente Político (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1924 - O Rato Azul (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1924 - O Sobrinho do Homem (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1924 - O Sr. Director (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1924 - O Sub-Prefeito de Chateau Brizard (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1924 - O Talento de Minha Mulher (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1924 - O Tio Solteiro (Teatro) - Jorge, além da Direção e Produção
1924 - Rabo de Saia (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1924 - Surpresas do Divórcio (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1924 - Tiro Pela Culatra (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1925 - O Canário (Teatro) - Correia, além da Direção e Produção
1925 - O Filho Sobrenatural (Teatro) - Desiré Montarbourg, além da Direção e Produção
1926 - A Máscara e o Rosto (Teatro) - Paulo, além da Direção e Produção
1926 - A Menina do Arame (Teatro) - Hugo Massenbach, além da Direção e Produção
1926 - Chuva de Paes (Teatro) - Henrique Meisel, além da Direção e Produção
1926 - Minha Sogra É Camarada (Teatro) - Adolpho Mericourt, além da Direção e Produção
1926 - O Home das Cinco Horas (Teatro) - Leão Precardan, além da Direção e Produção
1927 - Mulheres Nervosas (Teatro) - Oscar Chapeloux, além da Direção e Produção
1927 - O Tio Solteiro (Teatro) - Jorge, além da Direção e Produção
1928 - Monumental Espectaculo (Teatro)
1929 - A Casa  de Seu Martins (Teatro) - Martins, além da Direção e Produção
1929 - O Chefe Político (Teatro) - Juca Salles, além da Direção e Produção
1930 - A Grande Festa (Teatro)
1930 - Carta Anonyma (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1930 - Cheguei na Hora! (Teatro) - Jorge, além da Direção e Produção
1930 - Como Se Grava Um Disco de Sucesso... Um Disco de Raul Roulien (Teatro)
1930 - Diabo em Figura de Gente (Teatro) - Joaquim, além da Direção e Produção
1930 - Minha Mulher em Duplicata (Teatro) - Jones Mergulhão, além da Direção e Produção
1930 - Nossa Vida É Uma Fita (Teatro) - Nick, além da Direção e Produção
1930 - O Amor D'Aqui a 50 Annos (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1930 - Os Genros do Canuto (Teatro) - Canuto Alegrim, além da Direção e Produção
1930 - Os Homens Não Valem Nada (Teatro) - Germano, além da Direção e Produção
1930 - Paga a Conta, Januário (Teatro) - Rodrigo Frazão, além da Direção e Produção
1930 - Prompto Socorro (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1930 - Que Noite, Meu Deus! (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1930 - Uma Cura de Repouso (Teatro) - Oscar, além da Direção e Produção
1931 - O Bobo do Rei (Teatro) - Aristides Pinguim, além da Direção e Produção
1931 - O Bombonzinho (Teatro) - Dr. Agapito, além da Direção e Produção
1931 - O Interventor (Teatro) - Tom Patacho, além da Direção e Produção
1931 - O Duplo Maurício (Teatro) - Maurício Aroeira / Manuel Aroeira, Direção e Produção
1931 - O Maluco da Avenida (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1931 - O Marido de Minha Noiva (Teatro) - Pacomio, além da Direção e Produção
1931 - O Rei do Petróleo (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1931 - O Tio Solteiro (Teatro) - Jorge, além da Direção e Produção
1931 - Que Santo Homem! (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1931 - Quem Manda Aqui, Sou Eu! (Teatro) - Pancrácio, Direção e Produção
1931 - Um Beijo na Face (Teatro) - Bucatel, além da Direção e Produção
1931 - Uma Cura de Repouso (Teatro) - Oscar, além da Direção e Produção
1936 - A Princesa e o Professor (Teatro) - Professor Agi, além da Direção e Produção
1936 - Adeus, Nobreza! (Teatro) - Barata, além da Direção e Produção
1936 - Paulo e Virgínia (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1936 - Um Sogro do Barulho (Teatro) - Courtin, além da Direção e Produção
1936/1937 - Anastácio (Teatro) - Anastácio, além da Direção e Produção
1937 - A Dança dos Milhões (Teatro) - Dr. Gustavo Vieira, além da Direção e Produção
1940 - Festival Antonio Palma no República (Teatro)
1940 - Isto, Só Bebendo (Teatro)
1940 - Suicídio por Amor (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1941 - A Cigana Me Enganou (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1941 - Escola de Maridos (Teatro) - Sganarello, além da Direção e Produção
1946 - Sua Excia., o Criado (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1947 - Sexto Andar (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1948 - A Verdade Não Se Diz (Teatro) - Bob Benett, além da Direção e Produção
1948 - Juiz de Paz na Roça (Teatro)
1948 - Lar, Doce Lar (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1948 - Lady Godiva (Teatro) - Henrique, além da Produção
1948 - O Grande Fantasma (Teatro) - Pascoal Lojacono, além da Produção
1949 - Dinheiro É Dinheiro (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1949 - Encruzilhada (Teatro) - Atuação, Direção e Produção
1953 - O Homem dos Papagaios (Cinema) - Epaminondas
1954/1955 - A Ceia dos Cardeais (Teatro)
1955 - Grande Teatro Tupi: A Ceia dos Cardeais (Televisão)
1957 - Teatro de Variedades TV Rio: A Ceia dos Cardeais (Televisão)
1964/1965 - Como Vencer na Vida Sem Fazer Força (Teatro)
1967 - Infelicidade ao Alcance de Todos (Teatro)
1970 - Odorico, o Bem Amado (Teatro) - Odorico

Mario Brasini



Nome real: Mario Farias Brasini

Créditos: Mario Brasini, Mário Brasini, Mario Brazini, ou Mário Brazini

Atividades: Ator, radioator, autor, roteirista, escritor, jornalista, radialista, apresentador, diretor e produtor

Áreas: Cinema, teatro e TV

Nascimento: 31/01/1921, Rio de Janeiro/RJ

Óbito: 09/10/1997, Rio de Janeiro/RJ

Causa óbito: Pneumonia

Relacionamentos: Foi casado com a atriz Vanda Lacerda (1944-1958), uma filha: Cláudia (falecida ainda criança). Era casado com a atriz Theresa Amayo (1958-1997), dois filhos: Márcia e Rodrigo.

Nota: Estava aposentado. Também atuou como empresária teatral na "Cia. Amayo-Brasini". Carioca do Leme,um amante da Fotografia e da eletrônica. Foi um dos introdutores do ponto eletrônico, que hoje é utilizado em todas as emissoras brasileiras. Sobreviveu a um câncer na próstata.

Carreira: 1937-1980

Alguns trabalhos:

1937 - Luz de Gás (Teatro)
1949 - Iracema (Cinema) - Martins
1951 - Rádio Nacional: Radionovela Essa Estranha Mulher (Rádio) - Heller
1952 - Depois do Casamento (Teatro) - Direção e Produção
1952 - Teleteatro Tupi: Massacre (Televisão)
1953 - Rádio Nacional: Radionovela A Dama de Negro (Rádio) - Pantaleão
1953 - Um Raio de Sol (Teatro) - Tradução
1954 - A Cidade Assassinada (Teatro)
1956 - Teatro de Variedades TV Rio: Elizabeth de Inglaterra (Televisão)
1957 - É do Amor Que Se Trata (Teatro)
1957 - Teatro de Variedades TV Rio: A Ceia dos Cardeais (Televisão)
1957/1958 - Rádio Mayrink Veiga: Programa O Mundo em Suas Mãos (Rádio) - Apresentador
1959 - Grande Teatro Tupi: Ressurreição (Televisão) - Autoria
1959 - Teatro Câmera Um: Os Olhos do Cadáver (Televisão)
1959/1962 - O Marido da Estrela (Televisão) - Direção
1961/1962 - Opo Apasipilapadodo / O Asilado (Teatro) - Asilado
1962 - Grande Teatro Tupi: Ressurreição (Televisão) - Autoria
1963 - Noites Cariocas (Televisão)
1963/1964 - Divórcio (Teatro) - Direção e Produção
1963/1964 - O Noviço (Teatro) - Direção e Produção
1963/1964 - O Rapto das Cebolinhas (Teatro) - Direção e Produção
1963/1964 - Um Raio de Sol (Teatro) - Direção e Produção
1964 - O Desconhecido (Televisão) - Alberto
1964 - Praça Onze (Televisão)
1964 - A Guerra Mais ou Menos Santa  (Televisão) - Autoria
1964 - A Moral do Adultério (Teatro) - Direção
1965 - A Guerra Mais ou Menos Santa (Teatro) - Autoria
1965 - Grande Teatro Tupi: Maria Boa / The Good Mary (Televisão)
1965 - Teatrinho Trol da Tupi: O Mago da Luz (Televisão)
1967/1968 - Ventos nos Ramos de Sassafrás (Teatro)
1971 - Um Vizinho em Nossa Vidas (Teatro) - Produção
1979/1980 - Aqui e Agora (Teatro) - Atuação e Autoria

Paulo Gonçalves



Nome real: Paulo Gonçalves*

(*) Nome artístico

Créditos: Paulo Gonçalves, ou Paulo Goncalves

Atividades: Ator, radialista, radioator, locutor, apresentador e dublador

Áreas: Cinema, rádio, teatro e TV

Nascimento: 04/08/1924, Belém/PA

Óbito: 01/07/1986, Rio de Janeiro/RJ

Causa óbito: Câncer no pâncreas

Relacionamentos: Foi casado com a cantora Rosita Gonzales (1945-1959). Era casado com a dubladora e atriz Terezinha Moreira (1959-1986).

Carreira: 1946-1986

Alguns trabalhos:

1946 - Rádio Clube do Brasil (Rádio)
1950 - Rádio Cruzeiro do Sul (Rádio)
1956 - Rádio Mayrink Veiga: Radionovela As Sombras Tudo Encobrem (Rádio)
1957 - Rádio Mayrink Veiga: Programa Teatrinho 21 (Rádio) - Narrador
1957 - Rádio Mayrink Veiga: Radionovela O Testamento (Rádio)
1957 - Teatro de Variedades TV Rio: A Ceia dos Cardeais (Televisão)
1959 - Rádio Tupi (Rádio)
1961 - Nó de 4 Pernas (Teatro)
1972 - Caso Especial: Medéia (Televisão) - Motorista de Taxi
1975 - Gabriela (Televisão) - Prof. Maurício Caires

Martim Francisco



Nome real: Martin Francisco Braz Neto

Créditos: Martim Francisco, ou Martin Francisco

Atividades: Ator e produtor

Áreas: Cinema, teatro e TV

Nascimento: 18/06/1923, Brasópolis/MG

Óbito: 26/08/1989, Rio de Janeiro/RJ

Causa óbito: Câncer

Relacionamentos: Teve um primeiro casamento com Sra. De Araújo, quatro filhos: Marco Antônio, Julio César, Andréa e Rodolfo. Era casado com Luzia Sodré Pereira (1963-1989), dois filhos: André, e o ator Marcelo Marrakett.

Nota: Estava aposentado. Formado em Teatro. Destacou-se como humorista.

Carreira: 1953-1985

Alguns trabalhos:

1956 - Castiga o Couro (Teatro)
1958 - Aquele Teatrinho TV Rio: Lampeão e Maria Bonita (Televisão)
1958 - Escolinha da Juju (Televisão) - Bem-Bem
1958 - Está Escrito no Céu (Televisão)
1959/1963 - Noites Cariocas (Televisão)
1961/1963 - Teatro Psicotécnico (Televisão)
1963/1964 - Colé, o Show (Televisão)
1963/1964 - My Fair Show (Televisão)
1963/1964 - Viva o Vovô Deville (Televisão)
1963/1965 - Times Square (Televisão)
1963/1967 - A Cidade Se Diverte (Televisão)
1964 - A Grande Revista (Televisão)
1964 - A Guerra Mais ou Menos Santa (Teatro) - Crisanto
1964 - Hospital Tan-Tan (Televisão)
1964 - Kid Otelo no Rancho da Fartura (Televisão)
1964 - Papai Colé (Televisão)
1964/1967 - Show Riso (Televisão)
1965 - A Guerra Mais ou Menos Santa (Teatro) - Crisanto
1966 - Graças a Dois: A Comédia Moderna (Televisão)
1966 - Terror e Miséria do III Reich (Teatro)
1967 - Rio OP 67 (Televisão)
1968 - O Hotel do Porteiro Doido (Televisão)
1968 - Par de Atrações (Televisão)
1968/1969 - Condomínio da Alegria (Televisão)
1969 - Beco Sem Saída (Teatro)
1970/1972 - Café Sem Concerto (Televisão)
1976/1982 - Planeta dos Homens (Televisão) - Padilha
1982 - Caso Verdade: A Vovó Trapézio Voador (Televisão)
1982 - Sítio do Picapau Amarelo: Estranho Conto de Fadas (Televisão)

Nair Bello



Nome real: Nair Bello Souza Francisco

Créditos: Nair Bello, ou Nair Belo

Atividades: Atriz, radioatriz, radialista, garota-propaganda, locutora e apresentadora

Áreas: Cinema, teatro, rádio e TV

Nascimento: 28/04/1931, São Paulo/SP

Óbito: 17/04/2007, São Paulo/SP

Causa óbito: Falência múltipla dos órgãos em decorrência de um AVC

Relacionamentos: Viúva do publicitário Irineu Souza Francisco (1953-1999), quatro filhos: Manoel, José, Maria Aparecida, e Ana Paula.

Nota: Destacou-se como humorista. Formada em Teatro. Filha de José Bello Neto e Tereza Rinaldi. Seu filho Manoel Francisco Neto faleceu em acidente automobilístico, aos 20 anos, em 14/12/1975. Em 2002, submeteu-se a uma cirurgia devido a um edema pulmonar. Sobreviveu a um câncer de mama, ao retirar um tumor maligno em 2006. Nome de casada: Nair Bello Souza Francisco.

Carreira: 1949-2006

Alguns trabalhos:

1961/1963 - Teatro Psicotécnico (Televisão)
1964 - Epitácio, Santinha e Cia (Televisão) - Santinha
1966/1967 - A Cidade Se Diverte (Televisão)
1966 - Graças a Dois: A Comédia Moderna (Televisão)
1967 - Rio OP 67 (Televisão)
1968 - O Hotel do Porteiro Doido (Televisão)
1968 - Par de Atrações (Televisão)
1968/1969 - Condomínio da Alegria (Televisão)
1970/1972 - Café Sem Concerto (Televisão)
1972/1978 - Balança Mas Não Cai 'Tupi' (Televisão)
1983 - Casa de Irene (Televisão) - Irene

Isa Rodrigues



Nome real: Elisa Rodrigues Casero de Bouza

Créditos: Isa Rodrigues, ou Iza Rodrigues

Atividades: Atriz, produtora, cantora e dançarina

Áreas: Cinema, teatro e TV

Nascimento: 17/07/1927, São Paulo/SP

Óbito: 15/12/2015, Rio de Janeiro/RJ

Causa óbito: Natural (senilidade)

Relacionamentos: Viúva do ator Carlos Melo (I) (1950-1990), um filho: Carlos Alberto.

Nota: Estava aposentada. Destacou-se como astro infantil e como humorista. Filha dos atores Benito Rodrigues de Bouza e Alzira Rodrigues Casero de Bouza. Irmã do ator Paulo Rodrigues. Ex-integrante do grupo teatral "Team da Gargalhada". Ex-vedete do "Teatro de Revista". Participou da Diretoria da "Casa dos Artistas", em 1971. Viveu no "Retiro dos Artistas" desde 1990 até seu falecimento. Conhecida com a "Shirley Temple Brasileira". Nome da casada: Elisa Rodrigues Correia de Mello.

Site: http://teatrobr.blogspot.com.br/2012/03/isa-rodrigues.html

Carreira: 1935-1987 (97 obras)

1935 - Babylonia em Família (Teatro)
1936 - É Batatal! (Teatro)
1937 - A Mascote do Morro (Teatro)
1937 - A Menina de Ouro (Teatro)
1937 - Mamãe Eu Quero (Teatro)
1937 - No Tabuleiro da Baiana (Cinema)
1937 - O Palhaço, o Que É? (Teatro)
1937 - Rumo ao Catete (Teatro)
1937/1938 - Três Pequenas do Barulho (Teatro)
1938 - Cabeça de Porco (Teatro)
1938 - O Guri (Teatro)
1938 - Sempre Sorrindo... (Teatro)
1940 - A Ciganinha (Teatro) - A Ciganinha
1940 - A Menina Sabida (Teatro)
1940 - Festival Antonio Palma no República (Teatro)
1940 - Mártir do Calvário (Teatro) - São João
1940 - O Gaiato de Lisboa (Teatro) - O Gaiato
1940 - O Seu Oscar (Teatro)
1940 - O Tio Joaquim (Teatro)
1940 - Os Fidalgos da Casa Marisca (Teatro) - Quiqui
1940 - Rainha do Baile (Teatro)
1940 - Show Apolo Número 01 (Teatro)
1940 - Show Apolo Número 02 (Teatro)
1941 - Show no Club Ginástico Português (Teatro)
1941 - Show no Teatro Olinda (Teatro)
1945 - A Mulher Atômica (Teatro)
1946 - O Garçon do Casamento (Teatro)
1950 - A Secretária de Meu Marido (Teatro)
1950 - Madame Dinamite (Teatro)
1950 - O Mundo É dos Malandros / Ele, Ela e o Outro (Teatro)
1950 - O Nono Mandamento (Teatro)
1950 - O Perfume de Minha Mulher (Teatro)
1950 - Quando Elas Querem (Teatro)
1950 - Renúncia (Teatro)
1950 - Vou Entrar Nessa Marmita (Teatro)
1951 - A Inimiga dos Homens (Teatro)
1953 - Bomba da Paz (Teatro)
1953 - Mulheres de Todo o Mundo (Teatro)
1953 - Tudo de Fora (Teatro)
1954 - Macaco Olha Teu Rabo (Teatro)
1954 - O Negócio É Rebolar (Teatro)
1955 - Alô! Alô! São Paulo (Teatro)
1955 - Eva no Brasil (Cinema) - Péricles
1955 - Gente Bem e Champanhota (Teatro)
1955 - Gostei Demais! (Teatro)
1955/1956 - Rádio Nacional (Rádio)
1956/1958 - Família Boaventura (Televisão)
1957 - Aí Vem Dona Isaura (Televisão)
1958 - Que Pedaço de Mau Caminho... (Teatro)
1959 - Só Tem Tantã (Televisão)
1959/1960 - Botando Banca (Televisão)
1959/1960 - Feira Mais ou Menos Livre (Televisão)
1959/1960 - Praça da Alegria (Televisão)
1959/1960 - Te Futuco, Num Futuca (Teatro)
1959/1961 - Rio, Te Adoro (Televisão)
1959/1963 - Noites Cariocas (Televisão)
1960 - Blum (Teatro)
1960 - Eles Não Voltaram (Cinema)
1960 - Marido de Mulher Boa (Cinema) - Virgínia
1960 - Pistoleiro Bossa Nova (Cinema)
1960 - Rio, Amor e Fantasia (Teatro)
1960/1961 - Todas Elas São Barbadas (Teatro)
1960/1964 - Chico Anysio Show TV Rio (Televisão)
1961 - Folias das Mercearias (Televisão)
1961 - Qual É o Babado? (Teatro)
1961 - Três Colegas de Batina (Cinema) - Mulher da rádio
1961/1963 - O Riso É o Limite (Televisão)
1961/1963 - Teatro Psicotécnico (Televisão)
1962 - Meio Século de Espetáculos (Televisão)
1962 - Teatro Psicotécnico da TV Rio: A Viuvinha (Televisão)
1962 - Teatro Psicotécnico da TV Rio: Othelo (Televisão)
1963/1964 - Colé, o Show (Televisão)
1963/1964 - Gira o Mundo Gira (Televisão)
1963/1964 - My Fair Show (Televisão)
1963/1964 - Viva o Vovô Deville (Televisão)
1963/1965 - Times Square (Televisão)
1963/1967 - A Cidade Se Diverte (Televisão)
1964 - A Grande Revista (Televisão)
1964 - Hospital Tan-Tan (Televisão)
1964 - Kid Otelo no Rancho da Fartura (Televisão)
1964 - Papai Colé (Televisão)
1964/1967 - Show Riso (Televisão)
1965 - Mulher É a Solução (Teatro)
1966 - Graças a Dois: A Comédia Moderna (Televisão)
1967 - Rio OP 67 (Televisão)
1968 - O Hotel do Porteiro Doido (Televisão)
1968 - Par de Atrações (Televisão)
1968/1969 - Condomínio da Alegria (Televisão)
1969 - Na Onda da Augusta (Televisão)
1969 - Show do Dia 7 (Televisão)
1973/1980 - Chico City (Televisão)
1977 - O Sexomaníaco (Cinema) - Amiga
1977/1986 - Os Trapalhões (Televisão)
1981 - Chico Total (Televisão)
1982/1986 - Chico Anysio Show ‘Globo’ (Televisão)
1985 - Viva a Nova República (Teatro)
1987 - Abaixo a Nova República (Teatro)

Castrinho



Nome real: Geraldo Freire de Castro Filho

Créditos: Castrinho, ou Castro Filho

Atividades: Ator, apresentador, produtor e cantor

Áreas: Cinema, teatro, TV e música

Nascimento:  17/10/1940, Rio de Janeiro/RJ

Relacionamentos: Namorou com a atriz Sandra Menezes (1962); e com a atriz Íris Bruzzi (1964). Teve um primeiro casamento (1964-1993), três filhos: Geraldo Neto e mais dois. Casado com a produtora Andréa Loureiro do Valle Guimarães 'Andréa Castrinho' (desde 1993).

Nota: Na ativa. Destacou-se como humorista. Formado em Teatro.

Carreira: Desde 1961

Alguns trabalhos:

1961 - O Feijão e o Sonho (Televisão)
1961/1963 - Teatro Psicotécnico da TV Rio (Televisão)
1962 - LP Carnaval de Graça da Gravadora Copacabana (Música) - Cantor
1962 - Meio Século de Espetáculos (Televisão)
1962 - Teatro Psicotécnico da TV Rio: Othelo (Televisão)
1962/1964 - Chico Anysio Show TV Rio (Televisão)
1962/1963 - O Riso é o Limite (Televisão)
1963/1964 - Colé, o Show (Televisão)
1963/1964 - Gira o Mundo Gira (Televisão)
1963/1964 - My Fair Show (Televisão)
1963/1964 - Viva o Vovô Deville (Televisão)
1963/1965 - Times Square (Televisão)
1963/1967 - A Cidade Se Diverte (Televisão)
1964 - A Grande Revista (Televisão)
1964 - Hospital Tan-Tan (Televisão)
1964 - Kid Otelo no Rancho da Fartura (Televisão)
1964 - Papai Colé (Televisão)
1964/1967 - Show Riso (Televisão)
1965 - TVendo e Aprendendo (Televisão) - Apresentador
1966 - Graças a Dois: A Comédia Moderna (Televisão)
1967 - Rio OP 67 (Televisão)
1968 - O Hotel do Porteiro Doido (Televisão)
1968 - Par de Atrações (Televisão)
1968/1969 - Condomínio da Alegria (Televisão)
1969 - Na Onda da Augusta (Televisão)
1969 - Show do Dia 7 (Televisão)
1970/1972 - Café Sem Concerto (Televisão)
1972 - Balança Mas Não Cai 'Tupi' (Televisão)
1973/1980 - Chico City (Televisão) - Geraldo
1982 - Sítio do Picapau Amarelo: Estranho Conto de Fadas (Televisão)
1990/1994 - Escolinha do Professor Raimundo (Televisão) - Geraldo

Carmem Verônica



Nome real: Carmelita Varella Alliz

Créditos: Carmem Verônica, Carmem Veronica, Carmen Verônica, ou Carmen Veronica.

Atividades: Atriz, cantora, dançarina e modelo

Áreas: Cinema, teatro e TV

Nascimento: 12/06/1933, Recife/PE

Relacionamentos: Casada com o empresário francês Jacques Sicart (desde 1955).

Nota: Na ativa. Ex-vedete do "Teatro de Revista". Eleita "Certinha do Lalau" de 1954, 1955, 1956, 1957, 1959 e 1963, com essas seis vitórias, foi a recordista do concurso.

Carreira: Desde 1949

Alguns trabalhos:

1952/1953 - Adorei Milhões (Teatro) - Vedete
1953 - Como É Diferente o Amor em Portugal (Teatro) - Vedete
1957 - Miss Campeonato 'TV Paulista' (Televisão) - Miss Campeonato
1958 - Olho Mecânico (Teatro)
1958 - Tourbillon (Teatro) - Vedete
1959 - Só Tem Tantã (Televisão)
1960 - Chico Anysio Show TV Rio (Televisão) - Maria Tereza
1961/1963 - Teatro Psicotécnico (Televisão)
1961/1964 - Miss Campeonato (Televisão)
1963/1964 - Teu Cabelo Não Nega (Teatro) - Vedete
1965 - Ceará contra 007 (Televisão) - Tereza
1965 - Quem Bate (Televisão) - Lolita
1982/1985 - Chico Anysio Show (Televisão) - Maria Tereza
2005/2006 - Belíssima (Televisão) - Mary Montilla
2006 - Amigas para Sempre (Teatro) - Regina

Paulo Celestino (I)



Nome real: Paulo Celestino

Créditos: Paulo Celestino (I)

Atividades: Ator, radioator, produtor e diretor

Áreas: Cinema, rádio, teatro e TV

Nascimento: 08/03/1924, Rio de Janeiro/RJ

Óbito: 08/03/1988, Rio de Janeiro/RJ

Causa óbito: AVC

Relacionamentos: Foi casado com a bailarina Lídia Paradiso 'Tita' (1950-1967), dois filhos: Maria Cristina, e o ator Paulo Celestino Filho; e com a atriz Noira Mello (1967-197?).

Nota: Destacou-se como humorista. Sobrinho do cantor e ator Vicente Celestino.

Carreira: 1941-1988

Alguns trabalhos:

1941 - Rádio Mayrink Veiga: Programa Casé (Rádio)
1954/1955 - Eu Quero É Me Badalar (Teatro)
1955 - O Mambembe (Teatro)
1957 - Aí Vem Dona Isaura (Televisão)
1959 - Só Tem Tantã (Televisão)
1959/1960 - Botando Banca (Televisão)
1959/1960 - Feira Mais ou Menos Livre (Televisão)
1959/1960 - Praça da Alegria (Televisão)
1959/1960 - Rio, Te Adoro (Televisão)
1959/1963 - Noites Cariocas (Televisão)
1960 - É Xique-Xique no Pixoxó (Teatro) - Direção
1960 - São Paulo, Num Te Aguento (Televisão)
1961 - Folias das Mercearias (Televisão)
1961/1963 - O Riso É o Limite (Televisão)
1961/1963 - Teatro Psicotécnico (Televisão) - Atuação e Direção
1961/1964 - Chico Anysio Show TV Rio (Televisão)
1962 - Meio Século de Espetáculos (Televisão)
1963/1964 - Colé, o Show (Televisão)
1963/1964 - Gira o Mundo Gira (Televisão)
1963/1964 - My Fair Show (Televisão)
1963/1964 - Viva o Vovô Deville (Televisão)
1963/1965 - Times Square (Televisão)
1963/1967 - A Cidade Se Diverte (Televisão)
1964 - A Grande Revista (Televisão)
1964 - Hospital Tan-Tan (Televisão)
1964 - Kid Otelo no Rancho da Fartura (Televisão)
1964 - Papai Colé (Televisão)
1964/1967 - Show Riso (Televisão)
1966 - Graças a Dois: A Comédia Moderna (Televisão)
1967 - A Espiã Que Entrou em Fria (Teatro) - Investigador
1967 - Rio OP 67 (Televisão) - Atuação e Direção
1968 - Condomínio da Alegria (Televisão) - Atuação e Direção
1968 - O Hotel do Porteiro Doido (Televisão)
1968 - Par de Atrações (Televisão)
1968/1971 - Balança Mas Não Cai 'Globo' (Televisão) - Atuação e Direção
1972/1980 - Balança Mas Não Cai 'Tupi' (Televisão) - Atuação e Direção
1981/1982 - O Planeta dos Homens (Televisão)
1981/1987 - Viva o Gordo (Televisão)
1982/1983 - Balança Mas Não Cai (Televisão) - Atuação e Direção
1986 - Um Varão para Sete Mulheres (Teatro) - Direção

Hamilton Ferreira (II)



Nome real: Hamilton Ferreira*

(*) Nome artístico

Créditos: Hamilton Ferreira (II)

Atividades: Ator, radioator, dublador e radialista

Áreas: Teatro, rádio, TV e cinema

Nascimento: 08/12/1920, Franca/SP

Óbito: 04/02/1967, São Paulo/SP

Causa óbito: AVC

Nota: Destacou-se como humorista. Formado em Arte Dramática. Faleceu após sentir-se mal na casa de seu irmão, no interior de São Paulo, durante o feriado de carnaval.

Carreira: 1939-1967

Alguns trabalhos:

1952/1953 - O Bode Tá Solto (Teatro)
1956 - Poeira de Estrelas 1956 (Teatro)
1956 - TV de Comédia Tupi: Feia (Televisão)
1956 - TV de Comédia Tupi: Para Servi-la, Madame (Televisão)
1957 - O Primo da Califórnia (Teatro)
1957 - Sherlock de Araque (Cinema) - Cabrobó
1957 - Rádio Tupi: Programa Sequência G-3 (Rádio)
1957 - TV de Comédia Tupi: O Amor Que Não Morreu (Televisão)
1958 - Ali Babá e os 40 Garçons (Televisão)
1959 - Só Tem Tantã (Televisão)
1959/1960 - Botando Banca (Televisão)
1959/1960 - Feira Mais ou Menos Livre (Televisão)
1959/1960 - Praça da Alegria (Televisão)
1959/1961 - Rio, Te Adoro (Televisão)
1959/1963 - Noites Cariocas (Televisão)
1960/1964 - Chico Anysio Show TV Rio (Televisão)
1961 - Folias das Mercearias (Televisão)
1961/1963 - Teatro Psicotécnico (Televisão)
1962 - Meio Século de Espetáculos (Televisão)
1962 - Zefa Entre os Homens (Teatro)
1963 - O Riso é o Limite (Televisão)
1963/1964 - Chico Anysio Show TV Rio (Televisão)
1963/1964 - Colé, o Show (Televisão)
1963/1964 - Gira o Mundo Gira (Televisão)
1963/1964 - My Fair Show (Televisão)
1963/1964 - Viva o Vovô Deville (Televisão)
1963/1965 - Times Square (Televisão)
1963/1965 - A Cidade Se Diverte (Televisão)
1964 - A Grande Revista (Televisão)
1964 - Hospital Tan-Tan (Televisão)
1964 - Kid Otelo no Rancho da Fartura (Televisão)
1964 - Papai Colé (Televisão)
1964/1965 - Show Riso (Televisão)
1966/1967 - Riso Sinal Aberto (Televisão)

Luiz Jatobá



Nome real: Luiz Trismegisto Jatobá

Créditos: Luiz Jatobá, Luiz Jatoba, Luis Jatoba, ou Luís Jatobá

Atividades: Jornalista, locutor, radialista, telejornalista e apresentador

Áreas: TV e rádio

Nascimento: 05/01/1915, Maceió/CE

Óbito: 09/12/1982, Nova York/NY - EUA

Causa óbito: Desconhecida

Relacionamentos: Foi casado com Yvoneth Jatobá (1949-1951), um filho: Luiz Carlos; e com Betty Chateaubriand (1952-1962), um filha:  Hermè Luiza. Era casado com a atriz e pianista Margot Bittencourt (196?-1982).

Nota: Formado em Medicina. Também atuou como médico ortopedista. Seu filho, o publicitário Luiz Carlos Jatobá, de 30 anos, foi sequestrado, e provavelmente assassinado, por policiais militares, em janeiro de 1981, na Praia de Piratininga, em Niterói/RJ, sendo seu desaparecimento decretado em 19/03/2007. Sua filha Hermè Luiza Jatobá Vadasz, de 46 anos, faleceu em decorrência de um tiro na cabeça, durante um tiroteio num cinema, em 05/11/1999, em São Paulo/SP. Vivia nos EUA desde os anos 70, devido á perseguição pela Ditadura Militar Brasileira.

Carreira: 1935-1982

Alguns trabalhos:

1961 - O Feijão e o Sonho (Televisão)  - Narrador
1971/1973 - Jornal Hoje (Televisão) - Apresentador

Alfredo Viviani



Nome real: Alfredo Viviani*

(*) Nome artístico

Créditos: Alfredo Viviani

Atividades: Ator e radioator

Áreas: Cinema, teatro, rádio e TV

Nascimento: 10/08/1898, Adria/Vênteto - Itália

Óbito: 197?, Rio de Janeiro/RJ

Causa óbito: Desconhecida

Nota: Estava aposentado. Destacou-se como humorista. Chegou ao Brasil em 1899, com um ano de idade.

Carreira: 1925-1970

1953 - Rádio Nacional: Radionovela A Dama de Negro (Rádio) - Tobias
1955 - Rádio Nacional: Radionovela Pertinho do Céu (Rádio) - Chico Boi
1955 - Rádio Nacional: Radionovela Remorso (Rádio) - Arthur
1956 - Rádio Nacional: Radionovela Pecado e Redenção (Rádio) - Edmundo
1960 - A Viúva Valentina (Cinema) - Turco
1961 - O Feijão e o Sonho (Televisão)

Chico Anysio



Nome real: Francisco Anysio de Oliveira Paula Filho

Créditos: Chico Anysio, Francisco Anysio, Francisco Anísio, Francisco Anisio, Chico Anyzio, Chico Anisio, ou Chico Anísio

Atividades: Ator, radioator, radialista, produtor, redator, diretor, locutor, roteirista, escritor, dublador, escritor, piadista, apresentador e compositor

Áreas: Cinema, rádio, teatro e TV

Nascimento: 12/04/1931, Maranguape/CE

Óbito: 23/03/2012, Rio de Janeiro/RJ

Causa óbito: Falência múltipla dos órgãos decorrente de choque séptico causado por infecção pulmonar

Relacionamentos: Namorou com a atriz Nancy Wanderley (1953-1956); com a apresentadora Neide Alexandre (1973); com a argentina Pitty (1973-1974); com a atriz Ângela Leal (1980); com a atriz Sílvia Salgado (1980); com a atriz Josi Campos (1990); com a atriz Aldine Müller (1991); e com a jornalista Kátia Maranhão (1991). Foi casado com a atriz Nancy Wanderley (1956-1962), um filho: o ator Lug de Paula; com a atriz Rose Rondelli (1962-1970), três filhos: o musicista Duda Anísio (de Rose que Chico adotou), o ator Nizo Neto, e o diretor de imagem Rico Rondelli; com a atriz Alcione Mazzeo (1975-1979), um filho: o ator Bruno Mazzeo; com a Ex-Frenética Regina Chaves (1981-1990), um filho: o DJ Cícero Chaves; e com a Ex-Ministra Zélia Cardoso de Mello (1991-1998), dois filhos gêmeos: Rodrigo e Victória. Era casado com a artista plástica Malgarete Dall Agnol de Oliveira Paula 'Malga Di Paula' (1998-2012). Teve mais um filho adotivo: o ator André Lucas.

Nota: Destaca-se como humorista. Também era artista plástico, dedicando-se a pintura. Filho de Francisco Anysio de Oliveira Paula e Haydée Viana de Oliveira Paula. Irmão da atriz Lupe Gigliotti e do cineasta Zelito Viana. Tio do ator Marcos Palmeira, da diretora Betse de Paula, e da diretora Cininha de Paula. Tio-avô da atriz Maria Maya.

Site: http://www.chicoanysio.com/

Carreira: 1947-2011

Alguns trabalhos:

1952/1956 - Rádio Mayrink Veiga: Programa Escolinha do Professor Raimundo (Rádio) - Prof. Raimundo Nonato, além da Produção e Redação
1953 - Mesa Quadrada (Televisão)
1957/1962 - Noite de Gala 'TV Rio' (Televisão)
1958 - Aquele Teatrinho TV Rio: Lampeão e Maria Bonita (Televisão)
1958 - Aquele Teatrinho TV Rio: Romeu e Julieta (Televisão) - Autoria
1959/1963 - Noites Cariocas (Televisão)
1960 - Loredo Acontece (Televisão) - Produção
1960/1964 - Chico Anysio Show TV Rio (Televisão) - Atuação, Produção e Direção
1961 - Folias das Mercearias (Televisão)
1961 - O Feijão e o Sonho (Televisão)
1961/1962 - Teatro Psicotécnico (Televisão)
1961/1963 - O Riso é o Limite (Televisão)
1962 - Meio Século de Espetáculos (Televisão)
1963/1964 - Gira o Mundo Gira (Televisão) - Atuação e Produção
1964 - A Quinta Cabeça (Teatro) - Produção
1964 - A Volta ao Mundo em Oitenta Shows (Televisão) - Atuação e Produção
1964 - O Homem e o Riso (Televisão)
1965/1967 - Chico Anysio Show TV Tupi (Televisão) - Atuação, Produção e Direção
1968 - Eliana Superbacana (Televisão)
1968 - O Hotel do Porteiro Doido (Televisão)
1971 - Você Tem Tempo? (Televisão)
1973 - Fantástico, o Show da Vida (Televisão) - Redação
1973/1980 - Chico City (Televisão) - Atuação, Produção e Direção
1973/1990 - Fantástico (Televisão) - Apresentador
1975 - Azambuja & Cia. (Televisão) - Azambuja
1978 - Caia na Gandaia: As Frenéticas Especial (Televisão)
1981 - Chico Total (Televisão)
1982/1990 - Chico Anysio Show 'Globo' (Televisão)
1987 - Canção de Todas as Crianças ‘Especial’ (Televisão) - Ecoluco
1990/1995 - Escolinha do Professor Raimundo (Televisão) - Professor Raimundo Nonato
1991 - Estados Anysios de Chico City (Televisão)
1996 - Chico Total (Televisão)

Romeu Fernandes



Nome real: Romeu Pece

Créditos: Romeu Fernandes

Atividades: Cantor, radialista, repórter, ator, musicista, compositor, radioator, locutor, apresentador

Áreas: TV, cinema e rádio

Nascimento: 17/11/1924, Santos/SP

Relacionamentos: Casado com a locutora Silvana Aguiar (1955-19??), duas filhas: Yasmin e Silvana.

Nota: Afastou-se da mídia. Sua esposa Silvana nasceu dia 15/10.

Carreira: 1934-1964

Alguns trabalhos:

1957 - Maluco por Mulher (Cinema) - Cantor
1958 - Neno a Procura de Estrelas (Televisão)

Augusto César Vanucci



Nome real: Augusto César Vannucci

Créditos: Augusto César Vanucci, Augusto Cesar Vanucci, Augusto César Vannucci, Augusto Cesar Vannucci, Augusto César, Augusto Cesar, Augusto Cézar, ou Augusto Cezar

Atividades: Produtor, ator, radioator, cantor, apresentador, locutor, radialista, diretor e escritor

Áreas: Cinema, rádio, teatro e TV

Nascimento: 11/01/1934, Uberaba/MG

Óbito: 30/11/1992, Rio de Janeiro/RJ

Causa óbito: AVC

Relacionamentos: Namorou com a atriz Sônia Mamede (1955-1956); e com a atriz Brigitte Blair (1961-1962). Foi casado com Sônia Mamede (1956-1959), uma filha: Gabriela; com Ingrid Erika Thomas (1971-1976), dois filhos: o ator Fabiano Vannucci, e o ator Gabriel Vannucci; com a cantora Vanusa (1976-1981) e (1984-1986), um filho: o cantor Rafael Vannucci; com Bárbara Vettori (1982-1984), duas filhas: Valéria e Livia. Era casado com a diretora Suzene Pinheiro (1988-1992), uma filha: Mariana.

Nota: Formado em Teatro. Seu filho o cantor e ator Gabriel Thomas Vannucci faleceu em 1989. Era espírita.

Carreira: 1953-1992

Alguns trabalhos:

1953 - Vai Dá Valsa (Teatro)
1955 - Com Força Total! (Teatro)
1956 - Colégio de Brotos (Cinema) - César
1957 - Folia no Catete (Teatro)
1957 - Trem Paulista (Teatro)
1958 - Alegria de Viver (Cinema) - Johnny Guitar
1958 - E o Espetáculo Continua (Cinema) - Biriba
1958 - Esse Milhão É Meu (Cinema) - Juscelino
1958 - Neno a Procura de Estrelas (Televisão) - Mágico
1959 - Cupim (Cinema) - Grealdo
1959 - Maria 38 (Cinema) - Boquinha, o malandro
1959/1960 - Te Futuco, Num Futuca (Teatro)
1960 - Eles Não Voltaram (Cinema)
1960 - Rio, Amor e Fantasia (Teatro)
1962 - Bom Mesmo É Ziriguidum (Teatro) - Atuação, Autoria e Direção
1962 - Fatos e Fofocas (Teatro) - Atuação e Direção
1962 - Vedetes Sem Causa (Teatro) - Atuação, Autoria e Direção
1963 - Anjinho Bossa Nova - (Teatro) - Renato
1966/1967 - Riso Sinal Aberto (Televisão)
1968/1971 - Balança Mas Não Cai 'Globo' (Televisão)
1972 - Misto Quente (Teatro) - Direção
1972 - Show da Girafa (Televisão) - Direção
1983 - Plunct, Plact, Zuuum (Televisão) - Direção

Hulda de Resende



Nome real: Isi Hulda de Resende

Créditos: Hulda de Resende, Ulda Machado, Hulda Machado, Ulda Rezende, Hulda Rezende, Ulda de Rezende, Hulda de Rezende, Ulda Resende, Hulda Resende, Ulda de Resende, ou Hilda Machado

Atividades: Atriz e radioatriz, radialista, locutora e apresentadora

Áreas: Teatro, Rádio, TV e cinema

Nascimento: 1918, Petrópolis/RJ

Óbito: ?, Rio de Janeiro/RJ

Causa óbito: Desconhecida

Relacionamentos: Era viúva de Mozart Machado Di Giorgio (1946-19??), duas filhas: Ângela e outra.

Nota: Afastou-se da mídia. Irmã da atriz Tereza Lane. Nome de casada: Hulda Machado Di Giorgio.

Site: http://memoria.bn.br/pdf/144428/per144428_1965_00847.pdf

Carreira: 1944-1964 (18 obras)

1944 - Rádio Globo: Radionovela O Passado Não Volta (Rádio)
1945 - Grande Marido (Teatro)
1945 - O Costa do Castelo (Teatro) - Isabel
1945 - O Meu Nome É Doutor (Teatro)
1945 - Patrocínio (Teatro) - D. Bibi
1945 - Rádio Globo: Programa As Aventuras do Vavá (Rádio)
1945 - Rádio Globo: Programa Cine Rádio Teatro (Rádio) - Apresentadora
1945 - Rádio Globo: Programa Marcha Nupcial (Rádio) - Apresentadora
1945 - Rádio Nacional (Rádio) - Locutora
1946 - A Gilda do Barreto (Teatro)
1946 - O Garçon do Casamento (Teatro)
1957 - High Society (Televisão)
1957 - Teatro Câmera Um: Crime e Castigo (Televisão)
1957 - TV de Comédia Tupi: Aluga-se Uma Sala (Televisão)
1957 - TV de Comédia Tupi: O Maluco da Avenida (Televisão)
1961 - Assassinato em Copacabana (Cinema) - Mãe de Jaqueline
1963 - Sonhando com Milhões (Cinema)
1964 - O Patinho Torto ou Os Mistérios do Sexo (Teatro) - Dona Augusta

Líria Marçal



Nome real: Dayse Pulice

Créditos: Líria Marçal, Liria Marcal, Liria Marçal, Lyria Marçal, ou Lyria Marcal

Atividades: Atriz, dubladora, radioatriz, radialista e apresentadora

Áreas: Cinema, rádio e TV

Nascimento: 06/06/1935, Lins/SP

Óbito: 08/07/1996, São Paulo/SP

Causa óbito: Câncer

Relacionamentos: Teve um relacionamento (195?), um filho. Namorou com o ex-piloto de Fórmula 1, radialista e jornalista Antônio Carlos Scavone (1964-1965). Foi casada com Antônio Carlos Scavone (1965-1969).

Nota: Afastou-se da mídia. Destacou-se como dubladora. Conhecida, principalmente, por ter dublado a personagem Jeannie, da TV série "Jeannie é um Gênio" (1965-1970).

Carreira: 1956-1996

Alguns trabalhos:

1957/1960 - São Paulo, Num Te Aguento (Televisão)
1965/1966 - O Ébrio (Televisão) - Mariete
1967 - A Cidade Se Diverte (Televisão) - Dona Gegé

Sônia Lancelotti



Nome real: Sônia Lancellotti

Créditos: Sônia Lancelotti, Sonia Lancelotti, Sônia Lancellotti, ou Sonia Lanceliotti

Atividades: Atriz, garota-propaganda e cantora

Áreas: Teatro, TV e cinema

Nascimento: 09/04/1938, Niterói/RJ

Óbito: 24/12/1966, São Paulo/SP

Causa óbito: Hemorragia interna em decorrência de acidente automobilístico

Relacionamentos: Namorou com o radialista Paulo Max (1960).

Nota: Destacou-se como humorista. Filha de João Lancelotti e de Lourdes Lancelloti. Irmã do cantor Ivor Lancelotti. Ex-Vedete do "Teatro de Revista". Foi a única vítima fatal do acidente com um táxi do qual era um dos passageiros. Nele também estavam, além do motorista, o produtor Carlos Imperial e o ator Ângelo Antônio (I). A atriz, logo após o acidente, apresenta boas condições clínicas na emergência, quando o seu estado piorou fora removida para a Santa Casa, falecendo em decorrência de hemorragia interna. Curiosamente a atriz já havia sobrevivido a um outro desastre automobilístico, em 09/1961.

Carreira: 1956-1966 (26 obras)

1956 - Teatro Amador de Niterói (Teatro)
1956 - Grande Teatro Tupi: A Morte do Caixeiro Viajante (Televisão)
1957 - TV de Comédia Tupi: Numa Loja de Natal (Televisão)
1958 - Cala Boca, Etelvina! (Cinema) - Sobrinha de Etelvina
1958 - Quem Roubou Meu Samba? (Cinema) - Enfermeira
1958 - Sherlock de Araque (Cinema) - Mariazinha
1958 - Teatro Romance Tupi: Duas Vidas (Televisão)
1958 - TV de Comédia Tupi: O Culpado Foi Você (Televisão)
1958/1961 - Noite de Gala 'TV Rio' (Televisão) - Dona Gegé
1959 - Super Show ‘TV Rio’: Escola para Adultos (Televisão) - Dona Gegé
1961/1962 - Domingo Alegre (Televisão) - Filha de Dona Yayá
1963 - Noites Cariocas (Televisão) - Dona Gegé
1963 - O Riso é o Limite (Televisão)
1963/1964 - Chico Anysio Show TV Rio (Televisão)
1963/1964 - Colé, o Show (Televisão)
1963/1964 - Gira o Mundo Gira (Televisão)
1963/1964 - My Fair Show (Televisão)
1963/1964 - Viva o Vovô Deville (Televisão)
1963/1965 - Times Square (Televisão)
1963/1966 - A Cidade Se Diverte (Televisão) - Dona Gegé
1964 - A Grande Revista (Televisão)
1964 - Hospital Tan-Tan (Televisão)
1964 - Kid Otelo no Rancho da Fartura (Televisão)
1964 - Papai Colé (Televisão)
1964/1966 - Show Riso (Televisão)
1966 - Graças a Dois: A Comédia Moderna (Televisão)

quarta-feira, 13 de novembro de 2019

Antônio Carlos (I)



Nome real: Antônio Carlos Pires

Créditos: Antônio Carlos (I), Antônio Carlos Pires, Antonio Carlos Pires, ou Antonio Carlos (I)

Atividades: Ator e radioator

Áreas: Cinema, rádio, teatro e TV

Nascimento: 01/01/1927, Rio de Janeiro/RJ

Óbito: 28/02/2005, Rio de Janeiro/RJ

Causa óbito: Mal de Alzheimer

Relacionamentos: Era viúvo de Elza Marques Pires (1953-1997), duas filhas: Linda, e a atriz Glória Pires.

Nota: Estava aposentado. Destacou-se como humorista. Avô da atriz Cleo Pires.

Carreira: 1953-1995

1957 - Força do Amor ‘inacabado’ (Cinema)
1957 - Rádio Mayrink Veiga: Programa Miss Campeonato (Rádio) - Torcedor
1957/1958 - Rádio Mayrink Veiga: Programa O Mundo em Suas Mãos (Rádio) - Cômico
1958/1961 - Noite de Gala 'TV Rio' (Televisão) - Professor Minciro
1959 - Rádio Mayrink Veiga: Programa Boate do Ali Babá (Rádio)
1963 - Noites Cariocas (Televisão) - Professor Minciro
1964/1969 - Rádio Mauá do Rio de Janeiro: Programa A Turma da Maré Mansa (Rádio)
1982 - Caso Verdade: Um Velho Chamado Inácio (Televisão)
1990/1994 - Escolinha do Professor Raimundo (Televisão) - Jucelino Barbacena
1991 - Estados Anysios de Chico City (Televisão)