Pesquisar este blog

sexta-feira, 7 de maio de 2021

Elizângela



Nome real: Elizangela do Amaral Vergueiro

Créditos: Elizângela, Elisângela, Elisangela, Elizangela, Elizângela Vergueiro, ou Elizangela Vergueiro

Atividades: Atriz, cantora e apresentadora

Áreas: Cinema, teatro e TV

Nascimento: 11/12/1954, Rio de Janeiro/RJ

Relacionamentos: Namorou com o ator Francisco di Franco (1970/1971); e com o ator Nizo Neto (1992/1993). Foi casada com o engenheiro Jorge Humberto Moreira (1972/1979), uma filha: Marcelle; e com o empresário José (1993/2001).

Nota: Na ativa. Formada em Teatro. Filha de Emílio do Amaral Vergueiro e de Rosalinda da Mata Resende Vergueiro. Destacou-se como astro infantil.

Site: https://www.facebook.com/elizangelav

Carreira: Desde 1962

Alguns trabalhos*:

1965/1967 - Essa Gente Inocente TV Excelsior (Televisão) - Apresentadora
1968 - Joãozinho Peteleco (Teatro)
1969 - Quelé do Pajeú (Cinema)
1972 - Comédia Especial TV Globo: A Megera Domada (Televisão)
1973 - Caso Especial TV Globo: Medéia (Televisão) - Noiva
1973/1974 - Shazan, Xerife & Cia. TV Globo: A Bicicleta Voadora (Televisão)
1976 - Tudo no Escuro (Teatro)
1977/1987 - Os Trapalhões TV Globo (Televisão)
1978 - Caso Especial TV Globo: Mão-de-Obra (Televisão) - Maria
1978 - Sítio do Picapau Amarelo TV Globo: O Outro Lado da Lua (Televisão) - Marciano
1979 - Aplauso TV Globo: Como Matar Um Playboy (Televisão)
1980 - Projeto Conquista TVE (Televisão) - Apresentadora
1981/1982 - Jogo da Vida TV Globo(Televisão) - Mariúcha
1983 - Mário Fofoca TV Globo: O Bebê de Gaveta No. 1 (Televisão)
1983 - Mário Fofoca TV Globo: O Bebê de Gaveta No. 2 (Televisão)
1983 - O Dia Em Que Alfredo Virou a Mão (Teatro)
1983/1984 - Amante S.A. (Teatro)
1986/1988 - Trair e Coçar, É Só Começar! (Teatro) - Lígia
1988 - Flicts (Teatro)
1990 - Delegacia de Mulheres TV Globo (Televisão) - Dalva
1993 - Help (Teatro)
1995 - Caminhos Cruzados / Caminos Cruzados Canal de las Estrellas (Televisão) - (México)
1997 - Bonifácio Bilhões (Teatro) - Alzira 'Alzirinha'
1998 - Nhac Nhac & Blá Blá Blá (Teatro)
2004 - Nunca Houve Uma Mulher como Gilda ‘leitura dramatizada’ (Teatro)
2009/2010 - Os Monólogos da Vagina (Teatro)

(*) Pesquisa em andamento

4 comentários:

MARCO SANTOS disse...

Sou amigo da Elizangela até hoje e ela me afirma que não nasceu em Resende. Ela nasceu na cidade do Rio. Este erro aparece em vários sites.

MARCO SANTOS disse...

Elizangela também não namorou com Francisco di Franco. Riu muito disso.

MARIO GORDILHO disse...

Muito obrigado pelas informações, Marcos.

Michael Carvalho Silva disse...

Elizângela é linda demais. Continua maravilhosa até hoje.