Pesquisar este blog

segunda-feira, 14 de setembro de 2020

Jurema Penna



Nome real: Jurema Gonçalves Penna

Créditos: Jurema Penna, ou Jurema Pena

Atividades: Atriz, autora, diretora, produtora e professora de interpretação

Áreas: Cinema, teatro e TV

Nascimento: 08/12/1926, Alcobaça/BA

Óbito: 20/09/2001, Salvador/BA

Causa óbito: Infecção urinária em decorrência de um AVC

Relacionamentos: Tinha dois filhos adotivos: Rafael e Raquel.

Nota: Estava aposentada. Formada em Direito e em Teatro. Atuou como professora na "Escola de Teatro Jurema Penna e Mário Gusmão". Desenvolveu, com apoio da Fundação Cultural do Estado da Bahia, o projeto "Chapéu de Palha", divulgando o teatro no interior da Bahia. Sofreu um AVC em 2000.

Carreira: 1949-2001 (71 obras)

1949 - Auto da Graça e Glória (Teatro) - Garoto cego
1950 - Código Penal 217 (Teatro) - Autoria
1957 - A Grande Estiagem (Teatro) - Marcionília
1957 - Grande Teatro Tupi: A Grande Estiagem (Televisão) - Marcionília
1958 - As Três Irmãs (Teatro)
1958 - O Moço Bom e Obediente (Teatro)
1959 - O Auto da Compadecida (Teatro)
1960 - A Sapateira Prodigiosa (Teatro)
1961 - Mandacaru Vermelho (Cinema) - Dona Dusinha
1961 - Três Peças Modernas Japonesas: O Tambor Damasco (Teatro)
1962 - Em Moeda Corrente do País (Teatro)
1962 - O Pagador de Promessas (Cinema) - Beata
1962 - Tocaia no Asfalto (Cinema) - Dona Filó
1963 - A Prostituta Respeitosa (Teatro)
1963 - O Santo Módico (Cinema)
1963 - Sol Sobre a Lama (Cinema)
1964 - Mambembando (Teatro)
1964 - O Caipora (Cinema)
1964 - O Tropeiro (Cinema)
1964 - Seara Vermelha (Cinema) - Dinah
1966 - Cocteau’ 66 (Teatro)
1966 - Divino, Maravilhoso (Teatro)
1967 - O Assassinato da Irmã Geórgia (Teatro)
1968 - A Pílula (Teatro)
1968 - Como Vai, Vai Bem? (Cinema) - Mãe da Santinha
1969 - A Doce Mulher Amada (Cinema) - Tia Clotilde
1969 - O Caldeirão (Teatro)
1969 - Quem Tem Medo de Sexo? (Teatro)
1969 - Rosa Rebelde (Televisão)
1969/1970 - Verão Vermelho (Televisão) - Zora
1970 - Alice no País Divino-Maravilhoso (Teatro)
1970/1971 - Irmãos Coragem (Televisão) - Indaiá
1971 - O China (Teatro)
1971 - Rua Descalça (Cinema)
1971/1972 - O Homem Que Deve Morrer (Televisão) - Zoraida
1972 - Irene Satã (Teatro)
1972 - Yemanjá, Rainha de Ayocá (Teatro) - Autoria
1972/1973 - Selva de Pedra (Televisão) - Sofia
1973 - Negro Amor de Rendas Brancas (Teatro) - Atuação e Autoria
1974 - A Orquídea Azul da Bela Adormecida (Teatro) - Autoria
1974 - As Moças Daquela Hora: O Circo (Cinema)
1974 - Estória do Bombeirinho Valente (Teatro) - Autoria
1974 - O Circo Tah Hy (Teatro) - Autoria
1974 - O Forte (Cinema)
1975 - Abra Alas para o Major Cosme (Teatro) - Autoria
1975 - Bahia Livre Exportação (Teatro) - Autoria
1975 - Há Vagas para Moças de Fino Trato (Teatro)
1976 - A Dama de Copas e o Rei de Cuba (Teatro)
1977 - Os Pastores da Noite (Cinema)
1977 - Tenda do Milagres (Cinema) - Tia Eufrásia
1978 - O Bonequinho Vitalino (Teatro) - Autoria
1978 - Os Super-Heróis no País da Bela Adormecida (Teatro) - Autoria
1979 - O Misterioso Sequestro do Príncipe Não Sei (Teatro) - Autoria
1980 - Até Outro Dia Feliz Como Este (Teatro)
1980 - Natal no Nordeste (Teatro) - Autoria
1980 - Nos Verdes Cabelos de Yemanjá (Teatro) - Autoria
1980 - O Belo Indiferente (Teatro)
1981 - Dona Clara Clareou (Teatro) - Autoria
1982 - É Churria! Viu Santa (Teatro) - Autoria
1982 - Lampião e Maria Bonita (Televisão) - Mariinha
1982 - Pedro e o Lobo (Teatro) - Autoria
1983 - O Mágico e o Delegado (Cinema)
1984 - Alice no País das Maravilhas (Teatro) - Adaptação
1985 - A Tenda do Milagres (Televisão)
1987 - Jubiabá (Cinema)
1988 - O Pagador de Promessas (Televisão)
1988 - Procurando Maria (Teatro) - Autoria
1992 - Tereza Batista (Televisão) - Gregória
1996 - Como Tudo Começou: Imoral e Amoral (Teatro) - Autoria
1998 - O Bonequeiro Vitalino (Teatro) - Autoria
2001 - Os Fuzis da Senhora Carrar (Teatro) - Senhora Carrar

6 comentários:

Anônimo disse...

saudades de vc india indaiá, de 1970 em Iirmãos coragem!

Unknown disse...

Saudades!

Ass: Um dos sobrinhos

MARIO GORDILHO disse...

SÉRIE "NÚCLEOS DA DRAMATURGIA" – ATRIZ JUREMA PENNA (1926-2001) PARTICIPOU DE 57 OBRAS NO CINEMA, TEATRO E TELEVISÃO, ENTRE 1949 E 2000 (NA TV DESTACOU-SE EM 05*):

http://elencobrasileiro.blogspot.com/2008/12/jurema-penna.html

1949 - Auto da Graça e Glória (Teatro)
1950 - Código Pena 217 (Teatro) - Autoria
1957 - Teleteatro: A Grande Estiagem (Televisão)
1958 - As Três Irmãs (Teatro)
1959 - O Auto da Compadecida (Teatro)
1961 - Mandacaru Vermelho (Cinema)
1962 - O Pagador de Promessas (Cinema) - Zealot
1962 - Tocaia no Asfalto (Cinema)
1963 - A Respeitosa (Teatro)
1963 - Sol Sobre a Lama (Cinema)
1964 - O Caipora (Cinema)
1964 - O Santo Módico (Cinema)
1964 - O Tropeiro (Cinema)
1964 - Seara Vermelha (Cinema) - Dinah
1966 - Caldeirão (Teatro)
1966 - Cocteau’ 66 (Teatro)
1966 - Divino, Maravilhoso (Teatro)
1968 - A Doce Mulher Amada (Cinema) - Clotilde
1969 - Rosa Rebelde (Televisão)
1969 - Como Vai, Vai Bem? (Cinema)
*1969 - Verão Vermelho (Televisão) - Zora
1970 - Alice no País Divino-Maravilhoso (Teatro)
*1970 - Irmãos Coragem (Televisão) - Indaiá
1971 - O China (Teatro)
*1971 - O Homem Que Deve Morrer (Televisão) - Zoraida
1971 - Rua Descalça (Cinema)
*1972 - Selva de Pedra (Televisão) - Sofia
1972 - Yemanjá, Rainha de Ayocá (Teatro) - Autoria
1973 - As Moças Daquela Hora (Cinema)
1973 - Negro Amor de Rendas Brancas (Teatro)
1974 - A Orquídea Azul da Bela Adormecida (Teatro) - Autoria
1974 - Estória do Bombeirinho Valente (Teatro) - Autoria
1974 - O Circo Tah Hy (Teatro) - Autoria
1974 - O Forte (Cinema)
1975 - Abra Alas para o Major Cosme (Teatro) - Autoria
1975 - Bahia Livre Exportação (Teatro) - Autoria
1977 - Os Pastores da Noite (Cinema)
1977 - Tenda do Milagres (Cinema)
1978 - O Bonequinho Vitalino (Teatro) - Autoria
1978 - Os Super-Heróis no País da Bela Adormecida (Teatro) - Autoria
1979 - O Misterioso Sequestro do Príncipe Não Sei (Teatro) - Autoria
1980 - Até Outro Dia Feliz Como Este (Teatro)
1980 - Natal no Nordeste (Teatro) - Autoria
1980 - Nos Verdes Cabelos de Yemanjá (Teatro) - Autoria
1980 - O Belo Indiferente (Teatro)
1981 - Dona Clara Clareou (Teatro) - Autoria
1982 - É Churria! Viu Santa (Teatro) - Autoria
1982 - Lampião e Maria Bonita (Televisão) - Mariinha
1982 - Pedro e o Lobo (Teatro) - Autoria
1983 - O Mágico e o Delegado (Cinema)
1985 - A Tenda do Milagres (Televisão)
1986 - Jubiabá (Cinema)
1988 - O Pagador de Promessas (Televisão)
1988 - Procurando Maria (Teatro) - Autoria
*1992 - Tereza Batista (Televisão) - Gregória
1996 - Como Tudo Começou: Imoral e Amoral (Teatro) - Autoria
2000 - Os Fuzis da Senhora Carrar (Teatro)

Unknown disse...

Foi uma grande atriz .Saudades eterna

Antonio Carlos Freitas Pinto disse...

Que currículo!!! Lembro dela.

Anônimo disse...

Atriz excepcional e uma grande professora de interpretação. Tive o privilégio de conhecê-la pessoalmente nos anos 70.