Pesquisar este blog

domingo, 7 de junho de 2020

Manfredo Colassanti



Nome real: Manfredo Colasanti

Créditos: Manfredo Colassanti, ou Manfredo Colasanti

Atividades: Ator, escritor, jornalista e garoto-propaganda

Áreas: Cinema, teatro e TV

Nascimento: 06/11/1901, Roma, Lácio - Itália

Óbito: 19/11/1983, Rio de Janeiro/RJ

Causa óbito: Edema pulmonar

Relacionamentos: Era viúvo de Elisa Dei Borro Colasanti (1935-19??), dois filhos: o ator Arduíno Colassanti, e a escritora e socióloga Marina Colasanti.

Nota: Ex-combatente das duas Guerras Mundiais. Também atuou como jornalista em 1927, sendo diretor do periódico "L'Imparziale", direcionado à colônia italiana que vivia no Rio de Janeiro/RJ. Mudou-se definitivamente para o Brasil, em 1948.

Carreira: 1967-1985 (47 obras)

1967 - Fome de Amor (Cinema) - Dr. Manfredo, psiquiatra de cachorros
1968 - Brasil Ano 2000 (Cinema) - Chefe do S.E.I.
1970 - Azyllo Muito Louco (Cinema) - Juiz de Paz
1971 - Como Era Gostoso o Meu Francês (Cinema) - Comerciante
1971 - Mãos Vazias (Cinema)
1971 - O Doce Esporte do Sexo: O Filminho (Cinema)
1971 - Procura-se Uma Virgem (Cinema)
1973 - A Grande Família (Televisão) - Italiano
1973 - Joanna Francesa (Cinema)
1973 - Os Condenados (Cinema) - Cliente do bordel
1973 - Quem é Beta? (Cinema)
1973/1974 - Os Ossos do Barão (Televisão) - Pai de Egisto
1973/1980 - Chico City (Televisão)
1974 - A Dama das Camélias (Teatro) - Doutor
1974 - Supermanuela (Televisão) - Seu Nicolau Mendes
1975 - Com um Grilo na Cama (Cinema) - Doutor Alfieri
1975 - Ladrão de Bagdá, o Magnífico (Cinema) - Zaman
1975 - Nem os Bruxos Escapam (Cinema) - Cara I
1975 - Padre Cícero: Os Milagres de Juazeiro (Cinema) - Padre Chevalier
1976 - Dona Flor e Seus Dois Maridos (Cinema) - Pelanchi
1977 - Anchieta, José do Brasil (Cinema) - Pero de La Cruz
1977 - Gordos e Magros (Cinema)
1977 - Jujuba, Tringuelim e a Montanha Lilás (Teatro)
1977 - Lúcia Elétrica de Oliveira (Teatro)
1977 - O Desconhecido (Cinema) - Padre Lourenço
1977 - Paraíso no Inferno (Cinema)
1977 - Se Segura, Malandro! (Cinema) - Idoso da cadeira de roda
1977 - Sítio do Picapau Amarelo: O Sítio do Picapau Amarelo ‘primeiro episódio’ (Televisão)
1978 - Caia na Gandaia: As Frenéticas Especial (Televisão)
1978 - Elke Maravilha Contra o Homem Atômico (Cinema) - Totem
1978 - Fim de Festa (Cinema)
1978/1979 - Sinal de Alerta (Televisão) - Giuseppe
1979 - Pai Herói (Televisão) - Pietro Baldaracci
1980 - O Princípio e o Fim (Cinema) - Padre Carapella
1980 - Sítio do Picpau Amarelo TV Globo: A Máscara do Futuro (Televisão) - Velho Vladimir
1981 - Álbum de Família: Uma História Devassa (Cinema) - Avô
1981 - Ciranda de Pedra (Televisão) - Benito
1981 - Especial: Arca de Noé II (Televisão) - Noé
1981/1982 - Os Imigrantes (Televisão) - Genaro
1982 - Caso Verdade: A Última Gota (Televisão)
1982/1983 - Paraíso (Televisão) - Nono
1983 - Inocência (Cinema) - Padre
1983 - Louco Amor (Televisão) - Médico
1983 - O Trapalhão na Arca de Noé (Cinema) - Noé
1983 - Quarta Nobre: Casa Vintém (Televisão)
1983/1984 - Guerra dos Sexos (Televisão) - Antero Vasconcelos
1985 - Chico Rei (Cinema) - (lançamento póstumo)

7 comentários:

Unknown disse...

ator inesquecivel, nunca esqueci á um comercial que ele muito engraçado ao falar em cima de sua biciclita como dizia... saudades!!

willian disse...

Eu me recordo deste comercial que Francisco mencionou, pena que não se encontre na internet. Tem um outro dele exibido em 1981.

https://www.youtube.com/watch?v=g5K_8JH9OD0

jhoncar disse...

Mário Manfredo é do dia 06 de Novembro.
Abraços.

MARIO GORDILHO disse...

Muito obrigado, grande colaborador Jhoncar!

Att.

Mario

Unknown disse...

Inesquecível. No comercial dizia mais ou menos assim : Meu nome é Manfredo colosanti, tenho 80 anos , ando de bicilita, brinco com minhas neta e trabalho muito. Sabe onde arrumo saúde assim? Tomando o meu Geliplus.

MARIO GORDILHO disse...

Fonte: http://memoria.bn.br/pdf/386030/per386030_1983_11133.pdf

MARIO GORDILHO disse...

Fonte: http://memoria.bn.br/pdf/107670/per107670_1927_B05848.pdf