Pesquisar este blog

quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

Sônia Mamede



Nome real: Sônia de Almeida Mamed

Créditos: Sônia Mamede, Sonia Mamede, Sônia Mamed, ou Sonia Mamed

Atividades: Atriz, dançarina, cantora e diretora

Áreas: Cinema, teatro e TV

Nascimento: 04/07/1936, Rio de Janeiro/RJ

Óbito: 25/04/1990, Rio de Janeiro/RJ

Causa óbito: Leucemia (câncer no sangue) e meningite

Relacionamentos: Namorou com o produtor e ator Augusto César Vanucci (1955-1956); com o ator Hélio (1960); e com o empresário da noite com o Sr. Loureiro (1961-1962). Foi casada com Augusto César Vanucci (1956-1959), uma filha: Gabriela; com o Sr. Loureiro (1962-196?), um filho adotivo: Newton; e com o produtor Ubiratan Guimarães (1971-1972). Era casada com o cameraman Gleidson Fonseca da Silva (1974-1990), um filho: Patrick.

Nota: Aposentada. Destacou-se como humorista. Ex-vedete do "Teatro de Revista". Foi diagnosticada com leucemia desde 1987. Desde 22/04/1990, estava internada no "Hospital Samaritano", no Rio de Janeiro/RJ, onde faleceu. Conhecida como "A Fabulosa Cheia de Graça".

Carreira: 1952-1988 (81 obras)

1952 - Balança Mas Não Cai (Cinema) - Figurante
1952/1953 - Carnaval do Mil (Teatro) - Vedete
1953 - Carnaval do Mil (Teatro) - Vedete
1953 - Carrossel de 53 (Teatro) - Vedete
1953 - Ok, Baby! (Teatro) - Vedete
1954 - Brasil Três Mil (Teatro) - Vedete
1954 - Quem Roubou Meu Samba? (Teatro) - Vedete
1954 - Show de Serge Rode no La Ronde (Teatro) - Vedete
1955 - Brasil 90 Graus (Teatro) - Vedete
1955 - Color Revue (Teatro) - Vedete
1955 - Com Força Total! (Teatro) - Vedete
1955 - Entra na Canoa Que a Boca É Boa (Teatro) - Vedete
1955 - Precisa-se de Um Presidente (Teatro) - Vedete
1955/1956 - Abril em Portugal (Teatro) - Vedete (Portugal)
1956 - Menina Lisboa (Teatro) - Vedete (Portugal)
1956 - Sai de Baixo (Cinema)
1957 - Com Jeito Vai (Teatro)
1957 - De Vento em Popa (Cinema) - Mara
1957 - Garotas e Samba (Cinema) - Zizi
1957 - Mulheres / Poeira de Estrelas 1957 (Teatro)
1957 - Trem Paulista (Teatro) - Vedete
1958 - Bom Mesmo É Mulher! (Teatro)
1958 - É a Maior (Cinema) - Rosa Flor
1958 - Esse Milhão É Meu (Cinema) - Arlete
1958 - Peguei Um Ita no Norte (Teatro)
1959 - Aí Vem a Alegria (Cinema) - Marly
1959 - O Palhaço o Que É? (Cinema) - Lídia
1959 - Pintando o Sete (Cinema) - Zilá
1959/1960 - Vou à Lua de Lambreta (Teatro)
1960 - Duas Histórias / Cacareco Vem Aí (Cinema) - Maria do Socorro
1960 - O Cupim (Cinema) - Geni
1961 - A Giripoca Vai Piar (Teatro)
1961 - LP Compacto com Evaldo Gouveia “Canção: Maria Chiquinha” (Música) - Cantora
1961 - Noites Cariocas (Televisão)
1961 - Rei Momo em Travesti (Teatro)
1962 - Bom Mesmo É Ziriguidum (Teatro)
1962 - É no Vapt-Vupt (Teatro)
1962 - Fatos e Fofocas (Teatro) - Ex-Miss
1962 - La Femme et Les Perfums (Teatro)
1963 - A Lagosta É Nossa (Teatro)
1963 - LP Compacto “Canção: Marcha do Plebiscito” (Música) - Cantora
1963 - Tem Boas Pra Tudo (Teatro)
1964 - Elas Mandam Brasa (Teatro)
1964/1967 - Praça Onze (Televisão)
1965 - Boas em Liquidação (Teatro)
1966 - É Uma Brasa, Mora? (Teatro)
1966 - Mamãe Passou Açúcar Ni Mim! (Teatro)
1966/1969 - TV0-TV1 (Televisão)
1967 - Elas São Tremendonas! (Teatro)
1967 - Parabéns pra Você (Teatro) - Atuação e Direção
1967/1969 - Oh, Que Delícia de Show! (Televisão) - Ofélia
1968/1971 - Balança Mas Não Cai ‘Globo’ (Televisão) - Ofélia
1969 - Rio, Sol e Alegria (Teatro) - Vedete
1970 - Mulheres com Aquele Plá (Teatro)
1970/1973 - Faça Humor Não Faça Guerra (Televisão) - Ofélia
1971 - Assalto à Brasileira (Cinema) - Julia
1971 - Jesus Cristo, Eu Estou Aqui (Cinema) - Zefa
1971 - LP Compacto com Lucio Mauro “Canção: Foi Por Dinheiro” (Música) - Cantora
1971 - LP Compacto com Os Agitados “Canção: Só Abro A Boca Quando Tenho Certeza” (Música) - Cantora
1971 - Tem Piranha na Lagoa (Teatro)
1972 - Show da Girafa (Televisão)
1972 - Só Abro a Boca Quando Tenho Certeza (Teatro)
1972 - Uau, a Companhia (Televisão)
1973/1975 - Satiricom (Televisão)
1973/1980 - Chico City (Televisão)
1974 - Nossa Escola de Samba (Teatro)
1975 - Assim Era a Atlântida (Cinema) - Ela mesma
1976/1982 - Planeta dos Homens (Televisão)
1977 - A Árvore dos Sexos (Cinema) - Dona Natália
1977 - Elas São do Baralho (Cinema) - Angélica
1977/1980 - Os Trapalhões ‘Globo’ (Televisão)
1978 - Revista do Henfil (Teatro)
1980 - Vinicius para Crianças (Televisão) - Arca de Noé
1981 - LP Compacto com Silveirinha “Canção: Grungaxo” (Música) - Cantora
1981/1982 - Jogo da Vida (Televisão) - Odete
1982 - Brisas do Amor / Insaciável Desejo da Carne (Cinema) - Lídia
1982/1983 - Balança Mas Não Cai ‘Globo’ (Televisão) - Ofélia
1983 - A Festa É Nossa (Televisão) - Ofélia
1983 - Caso Especial: O Prodígio (Televisão)
1984 - Aventura no Corpo Humano (Televisão) - Professora
1988 - Os Trapalhões ‘Globo’ (Televisão) - Convidada

2 comentários:

LAERTE disse...

SAUDADE

Anônimo disse...

BOM TRABALHO MÁRIO PELA SUA PESQUISA e pelo resgate da história da Sônia ,q deixou seu nome "Escrito nas Estrelas"!!!