Pesquisar este blog

sábado, 2 de julho de 2022

Lélia Abramo



Nome real: Lélia Abramo

Créditos: Lélia Abramo, ou Lelia Abramo

Atividades: Atriz, escritora, jornalista e radioatriz

Áreas: Cinema, teatro, TV e rádio

Nascimento: 08/02/1911, São Paulo/SP

Óbito: 11/04/2004, São Paulo/SP

Causa óbito: Embolia pulmonar

Nota: Estava aposentada. Formada em Comunicação (Jornalismo) e em Teatro. Filha dos italianos Vicente Abramo e Yole Scarmagnan. Foi sindicalista e ativista política.

Carreira: 1958-1994

Alguns trabalhos*:

1958 - À Margem da Vida (Teatro)
1958 - Eles Não Usam Black-Tie (Teatro) - Romana
1958 - Grande Teatro Tupi: Anúncio Feito a Maria (Televisão)
1958 - Grande Teatro Tupi: Apenas Um Coração Solitário (Televisão)
1958 - Grande Teatro Tupi: Mulher Sem Alma (Televisão)
1959 - Gente como a Gente (Televisão) - Assunta
1959 - Grande Teatro Tupi: Conflito (Televisão)
1959/1960 - Eles Não Usam Black-Tie (Teatro) - Romana
1960 - Mãe Coragem (Teatro) - Mãe
1960 - Teatro de Arena TV Excelsior: Chapetuba Futebol Clube (Televisão)
1960 - Teatro de Arena TV Excelsior: Eles Não Usam Black-Tie (Televisão)
1960 - Teatro de Arena TV Excelsior: Fogo Frio (Televisão)
1961 - Grande Teatro Tupi: O Milagre (Televisão)
1961/1962 - A Muralha TV Cultura (Televisão)
1961/1962 - Oscar (Teatro)
1961 - Pintado de Alegre (Teatro) - Amélia
1961 - Teatro Nove TV Excelsior: Cia. Teatral Amafeu de Brusso (Televisão)
1962 - Grande Teatro C-2 TV Cultura: O Deuses Riem (Televisão)
1962/1963 - Gente como a Gente TV Record (Televisão) - Assunta, a mãe
1963 - Ontem, Hoje e Amanhã TV Record (Televisão)
1964 - João Pão TV Record (Televisão)
1964/1965 - Prisioneiros de um Sonho TV Record (Televisão)
1965 - Os Ossos do Barão (Teatro) - Bianca
1965 - Os Quatro Filhos TV Excelsior (Televisão)
1965/1966 - Um Rosto Perdido TV Tupi (Televisão) - Irmã Rosa
1966 - Calúnia TV Tupi (Televisão) - Laura Nava De Linares-Castellanos
1966/1968 - Redenção TV Excelsior (Televisão) - Carmela Camargo
1967 - Paixão Proibida TV Tupi (Televisão)
1968 - Agamêmnon (Teatro)
1968 - O Terceiro Pecado TV Excelsior (Televisão)
1968 - Réquiem para Uma Noite de Sexta-Feira (Teatro)
1969 - Romeu e Julieta (Teatro) - Ama
1969/1970 - Dez Vidas TV Excelsior (Televisão) - Tia de Marília
1970 - As Bruxas TV Tupi (Televisão) - Dona Chiquinha
1970/1971 - O Meu Pé de Laranja Lima TV Tupi (Televisão) - Estefânia
1971/1972 - Nossa Filha Gabriela TV Tupi (Televisão) - Donana
1972 - Na Idade do Lobo TV Tupi (Televisão) - Inês
1972/1973 - Uma Rosa com Amor TV Globo (Televisão) - Amália
1973 - Caso Especial TV Globo: Medéia (Televisão) - Mãe de Medéia
1973/1974 - Os Ossos do Barão TV Globo (Televisão) - Bianca Ghirotto
1974 - Caso Especial TV Globo: A Feiticeira (Televisão)
1974 - Rádio Globo do Rio de Janeiro: Programa A Vida É Assim (Televisão)
1975 - Ricardo III (Teatro)
1975 - Teatro 2 TV Cultura: A Casa de Bernarda Alba (Televisão)
1975/1976 - Um Dia, o Amor TV Tupi (Televisão) - Lucinha
1976/1977 - O Julgamento TV Tupi (Televisão) - Felícia
1979 - Aplauso TV Globo: Dona Felinta, a Rainha do Agreste (Televisão) - Dona Felinta
1979 - Pai Herói TV Globo (Televisão) - Januária Brandão
1979 - História da Telenovela TV Cultura (Televisão) - Ela mesma
1980 - A Mulher Diaba (Cinema)
1981 - Eles Não Usam Black-Tie (Cinema) - Mãe de Maria
1982 - Avenida Paulista TV Globo (Televisão) - Bebel
1983 - Janete (Cinema)
1983 - Pão-Pão, Beijo-Beijo TV Globo (Televisão) - Mamma Vitória Cantarelli
1984 - Caso Verdade TV Globo: Um Grande Amor (Televisão)
1985 - O Tempo e o Vento TV Globo (Televisão) - Bibiana Terra Cambará (idosa)
1986/1987 - Mania de Querer TV Manchete (Televisão) - Margô
1990 - Fronteiras do Desconhecido TV Manchete: Adelino, Uma Vida de Amor (Televisão) - Berenice
1990/1991 - A História de Ana Raio e Zé Trovão TV Manchete (Televisão) - Lúcia

(*) Pesquisa em andamento

2 comentários:

Anônimo disse...

Filha de Vicente Abramo e Yole Scarmagnan

Anônimo disse...

Estava vendo sua biografia... vasta até!
Atuou tb em O TEMPO E O VENDO.
Como MAMA VITTORIA meio que assustante. Alias na ITÁLIA a novela foi 'denominada' com o nome da matriarca (ou AVOTRIARCA/risos).
E vendo fotos de jovem bonita mesmo.

* Na cultura italiana se põe o sobrenome do pai (como no método INGLÊS).