Pesquisar este blog

quarta-feira, 27 de maio de 2020

Arthur Costa Filho



Nome real: Arthur Costa Filho

Créditos: Arthur Costa Filho, ou Artur Costa Filho

Atividades: Ator, cantor, radialista, radioator, musicista, locutor, apresentador e dublador

Áreas: Rádio, cinema, teatro e TV

Nascimento: 30/07/1927, Rio de Janeiro/RJ

Óbito: 31/01/2003, Rio de Janeiro/RJ

Causa óbito: Infarto

Relacionamentos: Namorou com Maria da Glória Barros (1951-1952). Era casado com Maria da Glória Barros (1952-2003), dois filhos: Cláudia e Cláudio André.

Nota: Estava aposentado. Era filho do ator Arthur Costa. Também destacou-se como violonista. Primo do dublador e radialista Domício Costa. Sua esposa Maria da Glória Barros era filha da atriz Elza Gomes e enteada do ator André Villon. Tinha um problema congênito na coluna, que o impedia de virar o pescoço.

Carreira: 1944-1999

Alguns trabalhos:

1944 - Ana Lúcia no País das Fadas (Teatro)
1944 - Branca de Neve e os Sete Anões (Teatro)
1944 - Rádio Tupi: Programa Teatro Cego (Rádio) - Radioator
1949 - Cândida (Teatro)
1950 - Yayá Boneca (Teatro) - Cristino (Portugal)
1955 - Adorei Milhões (Teatro)
1955 - Assim de Mulher! (Teatro)
1955 - Com Força Total! (Teatro)
1955 - Piu Piu pra Você (Teatro)
1957 - A Revolta dos Brinquedos (Teatro)
1957 - Rádio Nacional: Programa Eles Dois... e Alguém Mais (Rádio) - Dudu
1957 - Rádio Nacional: Radionovela Até Morrer de Amor (Rádio) - Paulo Márcio
1957 - Vovó, Papai and Rock-and-Roll (Teatro)
1959 - De Cabral a JK (Teatro)
1960/1961 - Society em Baby Doll (Teatro)
1962 - Toda Donzela Tem um Pai Que É uma Fera (Teatro) - Pai
1962/1963 - A Canção Dentro do Pão (Teatro)
1963 - As Aventuras de Ripió Lacraia (Teatro)
1964 - A Guerra Mais ou Menos Santa (Teatro) - Juca
1964 - Os Cangurus (Teatro) - Zé
1964 - Toda Donzela Tem um Pai Que É uma Fera (Teatro) - Pai
1965 - A Guerra Mais ou Menos Santa (Teatro) - Juca
1965/1966 - A Vida Impressa em Dólar (Teatro)
1966 - Édipo Rei (Teatro)
1968 - Este Banheiro É Pequeno Demais para Nós Dois (Teatro)
1969 - Pepsie: Adultério Adulterado (Teatro)
1972 - Caso Especial: História de Subúrbio (Televisão)
1972 - Independência ou Morte (Teatro)
1973 - LP Alberto Santos Dumont Centenário 1873-1973 da Gravadora Estúdio Rádio Nacional (Música)
1976 - A Família Que Mata Unida / Pequenos Assassinatos (Teatro)
1977 - À Sombra dos Laranjais (Televisão) - José Mota
1978 - Sítio do Picapau Amarelo TV Globo: O Minotauro (Televisão)
1981/1982 - O Espirro Milionário / Quem Gosta Demais de Sexo, Morre Fazendo Amor (Teatro)
1983 - O Dia Em Que Alfredo Virou a Mão (Teatro)
1983 - Quarta Nobre TV Globo: Alice & Alice (Televisão) - Funcionário da Imobiliária
1984 - O Bem-Amado TV Globo: A Noiva de Zeca Diabo (Televisão) - Barbeiro

4 comentários:

Anônimo disse...

Casou-se com Maria da Glória Barros (filha dos atores teatrais Andre Villon e Elza Gomes no dia 26 de maio de 1952, as 17h, na Matriz de Nossa Senhora da Glória. Da união, nascem os dois filhos: Cláudia (1953) e Cláudio André (1954).

Era filho do ator Arthur Costa e primo do dublador e radialista Domício Costa.

Anônimo disse...

Destacou-se também como cantor e radialista.

Anônimo disse...

Em 1951, conheceu Maria da Glória Barros (filha dos atores teatrais Andre Villon e Elza Gomes). Se casaram no dia 26 de maio de 1952, ás 17h, na Matriz de Nossa Senhora da Glória. Da união, nasceram dois filhos: Cláudia (1953) e Cláudio André (1954).
Era filho do ator Arthur Costa e primo do dublador e radialista Domício Costa.
Também era cantor e destacou-se como violonista.

MARIO GORDILHO disse...

1955 - Piu Piu pra Você (Teatro)
1955 - Assim de Mulher (Teatro)
1964 - Cangurus (Teatro)
1969 - Adultério Adulterado (Teatro)