Pesquisar este blog

quarta-feira, 19 de agosto de 2020

Paulo Fortes



Nome real: Paulo de Paiva Fortes

 Créditos: Paulo Fortes

Atividades: Ator, radioator, cantor e apresentador

Áreas: Cinema, rádio, teatro, TV e música

Nascimento: 07/02/1923, Rio de Janeiro/RJ

Óbito: 09/01/1997, Rio de Janeiro/RJ

Causa óbito: Infarto

Nota: Formado em Direito e em Canto. Era cantor lírico considerado o maior barítono brasileiro. Também atuou como professor de canto. Deveria submeter-se, a uma cirurgia na próstata quando faleceu.

Site: http://www.paulofortes.com.br/

Carreira: 1945-1998

Alguns trabalhos:

1945 - O Fantasma de Canterville (Teatro)
1945 - Recital de Óperas no Teatro Municipal Rio de Janeiro (Teatro) - Cantor
1952 - O Anjo Azul TV Tupi Rio (Televisão)
1965 - Espetáculos Tonelux TV Globo (Televisão)
1971 - O Enterro da Cafetina (Cinema) - Giannini
1972 - A Difícil Vida Fácil (Cinema) - Orlando
1975 - A Filha de Madame Betina (Cinema) - Amigo de Otávio
1976 - Ninguém Segura Essas Mulheres: Pastéis Para Uma Mulata (Cinema) - Barbeiro
1976 - O Estranho Vício do Dr. Cornélio (Cinema) - Dr. Cornélio
1977 - Jorden Er Flad (Cinema) - Geronte de Oliveira / Jeronimus (Brasil/Dinamarca)
1979 - Aplauso TV Globo: O Tesouro de Chica da Silva (Televisão)
1979 - Pai Herói TV Globo (Televisão) - Delegado Pedrosa
1979/1987 - Os Trapalhões TV Globo (Televisão)
1980 - Maneco, o Super Tio (Cinema) - Álvaro
1981 - Os Saltimbancos Trapalhões (Cinema) - Barão
1986 - Memórias de um Gigolô (Televisão) - Barelli
1990 - La Mamma TV Globo (Televisão) - Stromboli
1998 - The 3 Tenors, Paris 1998 "Canção: Intenditi con Dio" (Televisão) - Autoria (França / Exibição póstuma)

Nenhum comentário: