Pesquisar este blog

segunda-feira, 25 de novembro de 2019

Nélia Paula



Nome real: Nélia Faria

Créditos: Nélia Paula, Nelia Paula, Nely Faria, ou Nelly Faria

Atividades: Atriz, modelo, dançarina e apresentadora

Áreas: Cinema, teatro e TV

Nascimento: 26/10/1930, Niterói/RJ

Óbito: 08/09/2002, Rio de Janeiro/RJ

Causa óbito: Infarto fulminante

Relacionamentos: Teve um caso com o ator Colé Santana (1951-1952). Foi casada com o ator Colé Santana (1952-1955). Namorou com o corretor gaúcho Carlos (1955-1956). Teve mais um relacionamento (1961-1962), uma filha: Ana Paula.

Nota: Estava aposentada. Eleita "Certinha do Lalau" de 1957. Veio ainda criança para Niterói/RJ. Também trabalhou como aeromoça. Ex-vedete do "Teatro de Revista". Vivia no "Retiro dos Artistas" desde 1994.

Carreira: 1947-1990

Alguns trabalhos:

1951 - Figurinha Difícil (Teatro)
1951 - Revista no Escuro (Teatro)
1951 - Tô Aí Nessa Caixinha (Teatro)
1951/1952 - Pente de Careca É a Mão (Teatro)
1952 - Há Sinceridade Nisso? (Teatro)
1952 - Olha o Pixe! (Teatro) - Vedete
1952 - Sossega, Ademar! (Teatro)
1952/1953 - Adorei Milhões (Teatro) - Vedete
1953 - Mulheres, Cheguei! (Teatro) - Vedete
1955 - Alô! Alô! São Paulo (Teatro) - Vedete
1955 - Gente Bem e Champanhota (Teatro) - Vedete
1956 - Eva no Brasil (Cinema)
1958 - Tem Jerico na Praça (Teatro) - Vedete
1961 - Cara de Palhaço (Teatro) - Vedete
1962 - Fatos e Fofocas (Teatro) - Vedete
1963 - As Intocáveis (Teatro) - Intocável
1963 - Escândalos Cubanos (Teatro)
1964/1967 - Praça Onze (Televisão)
1967 - Sexy Time (Teatro)
1972 - Mimi Pra Frantex ou De Como Mistificar a Liberdade (Teatro)
1978 - Brasil 78 (Televisão) - Apresentadora
1985/1986 - Roque Santeiro (Televisão) - Amparito Hernandez

Nenhum comentário: