Pesquisar este blog

quinta-feira, 2 de abril de 2020

Iracema de Alencar



Nome real: Ida Hermínia Kerber

Créditos: Iracema de Alencar, ou Iracema Alencar

Atividades: Atriz, radioatriz, radialista e produtora

Áreas: Rádio, cinema, teatro e TV

Nascimento: 19/04/1900, Triunfo/RS

Óbito: 07/03/1978, Petrópolis/RJ

Causa óbito: Câncer

Relacionamentos: Era viúva do produtor Armando Macedo (1921-194?), uma filha: Marilu.

Nota: Descendente de franceses. Também atuou como empresária teatral na "Companhia de Comédias Iracema de Alencar".

Carreira: 1919-1978

Alguns trabalhos:

1926 - A Máscara e o Rosto (Teatro) - Sophia
1926 - A Menina do Arame (Teatro) - Elza
1926 - Minha Sogra É Camarada (Teatro) - Consuelo
1929 - Espectaculos Roulien (Teatro)
1931 - Berenice (Teatro)
1941 - Chuvas de Verão (Teatro)
1945 - A Mulher Que Veio de Londres (Teatro) - Atuação e Produção
1945 - A Mulher Sem Alma (Teatro) - Mrs. Graig, além da Produção
1945 - Berenice (Teatro) - Berenice, além da Produção
1945 - Ciclone (Teatro) - Miss Wayland, além da Produção
1953 - Angelina e o Dentista (Teatro)
1953 - Rádio Nacional: Radionovela A Dama de Negro (Rádio) - Honorina
1954 - Rádio Nacional: Radionovela Você É Tudo para Mim (Rádio)
1955 - Diálogo das Carmelitas (Teatro)
1955 - Poeira de Estrelas (Teatro)
1959 - Teatro de Equipe Tupi: Nada Pedia Ternura (Televisão)
1959/1960 - D. João Tenório (Teatro)
1962/1963 - Oito Mulheres (Teatro) - Madame Chanel
1963 - Os Sábios Se Divertem (Teatro)
1965 - A Perda Irreparável (Teatro) - Dona Guilhermina
1969 - O Retrato de Laura (Televisão)
1970 - Odorico, o Bem Amado (Teatro)
1971 - Em Família (Cinema) - Dona Lu
1973/1974 - Crimeterapia (Teatro) - Tia Matilde

Um comentário:

MARIO GORDILHO disse...

http://memoria.bn.br/DocReader/Hotpage/HotpageBN.aspx?bib=348970_05&pagfis=29146&url=http://memoria.bn.br/docreader#