Pesquisar este blog

domingo, 22 de março de 2020

Léa Camargo



Nome real: Léa Camargo Sant'anna

Créditos: Léa Camargo, ou Lea Camargo

Atividades: Atriz, apresentadora e garota-propaganda

Áreas: Cinema, teatro e TV

Nascimento: 22/03/1933, São Paulo/SP

Relacionamentos: Foi casada com o ator Xandó Batista (1951-1954); e com Luís Carlos Passos (1957-19??), uma filha: Maria Elisa.

Nota: Aposentada. Formada em Teatro e em Educação Física.

Site: https://www.facebook.com/lea.camargo.9

Carreira: 1950-1998 (51 obras)

1950 - Intervalos Comerciais TV Tupi (Televisão) - Garota-propaganda
1951 - Ângela (Cinema)
1951 - Intervalos Comerciais TV Paulista (Televisão) - Garota-propaganda
1952 - Grande Teatro das Segundas-Feiras Tupi: O Testa de Ferro (Televisão)
1952 - Tico-Tico no Fubá (Cinema)
1953 - A Desconhecida de Arras (Teatro)
1953 - Luz Apagada (Cinema)
1953/1954 - Intervalos Comerciais TV Record (Televisão) - Garota-propaganda
1955 - Telerama TV Record (Televisão) - Apresentadora
1956 - Televina, Isso Não Está Certo TV Record (Televisão) - Televina
1956/1957 - Televina Pinta o Sete TV Record (Televisão) - Televina
1958 - Teleteatro TV Record: Cela da Morte (Televisão)
1963 - Quando Menos Se Espera (Televisão)
1964 - É Proibido Amar (Televisão) - Quirina
1965 - A Ilha dos Sonhos Perdidos (Televisão)
1965 - A Menina das Flores (Televisão) - Madre Madalena
1965 - Aquele Que Deve Voltar (Televisão) - Luísa
1965 - Onde Nasce a Ilusão (Televisão) - Elisa, a trapezista
1965/1966 - Em Busca da Felicidade (Televisão) - Ofélia
1966/1967 - Abnegação (Televisão) - Magda
1967 - Estrelas no Chão (Televisão) - Vilma
1967 - O Jardineiro Espanhol (Televisão)
1967 - O Matador (Cinema) - Mulher do fazendeiro
1968 - O Décimo Mandamento (Televisão)
1969 - Nenhum Homem É Deus (Televisão) - Keturah
1969/1970 - Super Plá (Televisão) - Maria do Carmo
1970 - Álbum de Família (Teatro)
1970 - Ritinha Salário Mínimo TV Tupi: Consultório Conjugal (Televisão)
1970/1971 - Simplesmente Maria (Televisão) - Fernanda
1971/1972 - Nossa Filha Gabriela (Televisão) - Mocinha
1972 - Signo da Esperança (Televisão) - Isa
1972/1973 - Camomila e Bem-Me-Quer (Televisão) - Adelaide
1973/1974 - Mulheres de Areia (Televisão) - Maria do Carmo Bel ‘Do Carmo’
1974 - Os Inocentes (Televisão) - Iolanda
1974/1975 - A Barba-Azul (Televisão) - Doralice
1975 - Ovelha Negra (Televisão) - Mafalda
1975/1976 - O Velho, o Menino e o Burro (Televisão)
1976/1977 - O Julgamento (Televisão) - Roselita
1977 - O Espantalho (Televisão) - Santusa
1977/1978 - O Profeta (Televisão) -  Joana
1979/1980 - O Todo-Poderoso (Televisão)
1980 - O Menino Arco-Íris (Cinema) - Segunda Mulher
1982 - Os Imigrantes: Terceira Geração (Televisão) - Léa
1982 - Seu Quequé (Televisão) - Dona Nicinha
1985 - Jogo do Amor (Televisão)
1986 - O Casulo ou Encontros e Desencontros de Um Travesti (Teatro)
1989/1997 - Trair e Coçar... É Só Começar (Teatro)
1992/1993 - Despedida de Solteiro (Televisão) - Idalina Batista Barbosa ‘Dala’
1996/1997 - Anjo de Mim (Televisão) - Agripina
1997/1998 - Violetas na Janela (Teatro)
1998 - Era uma Vez... (Televisão) - Yara

Um comentário:

MARIO GORDILHO disse...

Fontes:

https://www.memoriascinematograficas.com.br/2020/03/por-onde-anda-atriz-lea-camargo.html
https://mulheresdeareia1973.wordpress.com/category/sem-categoria/page/7/