Pesquisar este blog

terça-feira, 12 de janeiro de 2021

Lídia Mattos



Nome real: Lydia da Silva Mattos

Créditos: Lídia Mattos, Lidia Mattos, Lídia Matos, Lidia Matos, Lydia Mattos, ou Lydia Matos

Atividades: Atriz, radioatriz, apresentadora, entrevistadora, locutora, compositora e letrista

Áreas: Rádio, teatro, cinema e TV

Nascimento: 10/10/1924, Rio de Janeiro/RJ

Óbito: 22/01/2013, Rio de Janeiro/RJ

Causa óbito: Pneumonia

Relacionamentos: Viúva do ator Urbano Lóes (1946/1980), quatro filhos: Urbano Lóes Jr., Tânia, Luís Carlos, e a atriz Dilma Lóes.

Nota: Estava aposentada. Formada em Teatro. Filha de Odette da Silva Mattos. Avó da atriz Vanessa Lóes. Nome da casada: Lydia Mattos Lóes.

Carreira: 1939-2001

Alguns trabalhos*:

1945 - Casa em Ordem (Teatro)
1945 - Família Barrett (Teatro)
1945 - Luz de Gás (Teatro)
1945 - Recomeçar (Teatro)
1945 - Uma Mulher Sem Importância (Teatro)
1955 - Uma Bolsa de Mulher (Televisão)
1956 - Encontro Entre Amigos (Televisão) - Apresentadora e Entrevistadora
1957 - Teatro de Equipe Tupi: A Túnica de Jesus (Televisão)
1960/1962 - Rio, Cinco Para as Cinco (Televisão) - Apresentadora
1972 - Comédia Especial TV Globo: Missão Especial, o Regime das Bananas Chegou (Televisão)
1973 - O Bem-Amado TV Globo (Televisão)
1976/1982 - O Planeta dos Homens TV Globo (Televisão)
1978/1979 - No Sex... Please! (Teatro)
1980/1981 - Plumas e Paetês (Televisão) - Zenaide
1981 - Especial de Fim de Ano O Planeta dos Homens TV Globo: Sonho de Um Domingo de Verão (Televisão)
1982 - Caso Verdade TV Globo: Amor em Preto e Branco (Televisão) - Mãe de Sônia
1982 - Vidigal: Memórias de Um Sargento de Milícias (Teatro)
1983 - Caso Verdade TV Globo: Adílio, o Craque da Esperança (Televisão)
1985 - Caso Verdade TV Globo: Determinação (Televisão) - Tia Adiles
1985 - Se a Banana Prender, o Mamão Solta (Teatro)
1987 - Os Filhos do Silêncio (Teatro)
1989 - Teletema TV Globo: Iaiá Garcia (Televisão) - Dona Valéria
1990 - Delegacia de Mulheres TV Globo (Televisão)
1991 - Superpappy (Teatro)

(*) Pesquisa em andamento

3 comentários:

Anônimo disse...

...nenhum (até pouco tempo!) comentário sobre esta baita artista?
Atuou em grandes produções mesmo. Fiquei até mal quando se foi.
A filha e neta até se parecem com ela.
E vendo fotos antigas, bonita mesmo: numa até lembra a saudosa MATALIE WOOD.

MARIO GORDILHO disse...

Fontes:

http://memoria.bn.br/DocReader/154083_05/25675

Michael Carvalho Silva disse...

Lídia Mattos muito fofa e excelente atriz. Ela era a versão feminina e brasileira do ator americano Robert Downey Jr. e fez também uma dupla muito fofa e simpática com o galã sexy e gostosão Vítor Branco na antiga novela global A Próxima Vítima do grande e lendário Sílvio De Abreu. Descanse em paz e fique com Deus, querida Lídia Mattos. Amém.