Pesquisar este blog

sexta-feira, 13 de novembro de 2020

José Miziara



Nome real: José de Barros Miziara

Créditos: José Miziara, Jose Miziara, José Misiara, ou Jose Misiara

Atividades: Ator, radioator, dublador, radialista, diretor, roteirista, escritor e produtor

Áreas: Cinema, circo, teatro e TV

Nascimento: 29/12/1935, Barretos/SP

Relacionamentos: Foi casado com a atriz Ana Ariel (I) (1959-1962).

Nota: Na ativa. Ex-trapezista. Filho de Nicolina de Barros Miziara.

Carreira: Desde 1954

Alguns trabalhos:

1954/1958 - Circo-Teatro Piolin (Circo) - Trapezista
1955 - Romeu e Julieta (Teatro)
1955 - Teledrama TV Paulista: A Cela da Morte (Televisão)
1956 - Hamlet (Teatro)
1958 - O Mártir de Gólgota (Teatro) - Pôncio Pilatos
1958 - Teledrama TV Paulista: Ana Karenina (Televisão)
1958 - Teledrama TV Paulista: Omeletes com Ovos de Sonho (Televisão)
1959 - A Princesinha TV Paulista (Televisão)
1959 - Construtores de São Paulo TV Paulista: Rodrigues Alves (Televisão)
1959 - Teatro de Ontem TV Continental (Televisão)
1959 - Teledrama TV Continental: A Gaivota (Televisão) - Direção
1959 - Teledrama TV Continental: Grito de Terror (Televisão)
1959/1960 - Teleteatro das Quartas Feiras TV Continental (Televisão)
1959/1961 - Estúdio de Dublagem CineCastro (Cinema / Televisão) - Dublador
1959/1962 - Isto É Estória (Televisão) - Direção
1959/1962 - Teledrama TV Continental (Televisão) - Atuação e Direção
1960 - Teledrama TV Continental: Cela de Morte (Televisão) - Atuação e Direção
1960 - Teledrama TV Continental: Horas de Desespero (Televisão) - Direção
1960 - Teledrama TV Continental: O Corcunda de Notre Dame (Televisão) - Direção
1960 - Teledrama TV Continental: Sindicato de Ladrões (Televisão) - Atuação e Direção
1961/1962 - O Marido da Estrela TV Continental (Televisão) - Direção Geral
1961/1966 - Estúdio de Dublagem Dublasom Guanabara (Televisão/Cinema) - Dublador
1967 - Grande Parada TV Tupi (Televisão) - Direção
1967 - O Riso Mora ao Lado TV Tupi (Televisão)
1968 - Nunca É Tarde Demais TV Bandeirantes (Televisão) - Alexandre
1970/1971 - Esses Homens Traidores e Seus Galhos Maravilhosos (Teatro)
1975 - Agência Lig-Pag TV Tupi (Televisão) - Direção
1979 - Bem Dotado, o Homem de Itu (Cinema) - Direção
1983 - Mário Fofoca TV Globo: O Árabe Louco (Televisão) - Carlo Chan
1986 - A Quebra Galho Sexual (Cinema)
1986 - O Oscar do Sexo Explícito / Oscaralho (Cinema)
1987 - Adultério à Brasileira TVS/SBT ‘inédito’ (Televisão) - Direção
1989 - Tutti Buona Gente (Teatro) - Autoria, Direção e Produção
1990 - A Rota do Brilho (Cinema) - Hernandes

Um comentário:

MARIO GORDILHO disse...

Fontes:

http://memoria.bn.br/DocReader/152463/802