Pesquisar este blog

quinta-feira, 26 de março de 2020

Suzana Negri



Nome real: Suzana Maria Negri da Silva

Créditos: Suzana Negri, Susana Negri, Suzana del Negri, ou Susana del Negri

Atividades: Atriz, radioatriz e cantora

Áreas: Teatro, rádio, cinema e TV

Nascimento: 19/11/1916, Rio de Janeiro/RJ

Óbito: 14/04/1979, Rio de Janeiro/RJ

Causa óbito: Desconhecida

Relacionamentos: Foi casada com o cenotécnico (chefe de carpintaria) Elias Contursi (1953-1957), um filho: José Jorge.

Nota: Afastou-se da mídia. Formada em Teatro. Filha de Oscar Silva e da atriz italiana Maria Lina (Maria Lima Negri). Sua mãe Maria Lina, nasceu na Itália em 1880, e faleceu no Brasil, em 1940. Seu ex-marido Elias faleceu em 24/10/1969.

Site: http://obscurofichario.com.br/fichario/suzana-maria-negri-da-silva/

Carreira: 1929-1966

Alguns trabalhos:

1931 - O Crime na Quinta Avenida (Teatro)
1931 - Sarau no Instituto Nacional de Música (Teatro)
1938 - Deus (Teatro) - Vera MacDowell
1941 - Comédia do Coração (Teatro) - Paixão
1941 - Os Homens Preferem as Viúvas... (Teatro)
1944 - Que Fim de Semana (Teatro)
1946 - Ciúme (Teatro) - Germana
1946 - Sua Excia., o Criado (Teatro)
1947 - Sexto Andar (Teatro)
1947 - Sonata É Kreutzer (Teatro)
1948 - A Águia de Duas Cabeças (Teatro)
1948 - Dona do Mundo (Teatro)
1949 - O Balão Que Caiu no Mar (Teatro) - O Balão
1949 - Sorriso de Gioconda (Teatro)
1950 - As Árvores Morrem de Pé (Teatro)
1950 - As Meninas Barranco (Teatro)
1951 - As Árvores Morrem de Pé (Teatro)
1951 - As Solteironas dos Chapéus Verdes (Teatro)
1951 - Loucuras de Madame Vidal (Teatro)
1951 - Ninotchka (Teatro) 
1952 - As Solteironas dos Chapéus Verdes (Teatro) - (Portugal)
1952 - Ninotchka (Teatro) - (Portugal)
1953 - Vivendo em Pecado (Teatro)
1953 - O Imperador Galante (Teatro)
1955 - Vivendo em Pecado (Teatro)
1956 - Rádio Nacional: Programa Grande Teatro De Milus "Amor de Perdição" (Rádio) - Dionísia
1956 - Rádio Nacional: Programa Grande Teatro De Milus “Nossos Filhos” (Rádio) - Panchita
1956 - Rádio Nacional: Programa Grande Teatro De Milus "O Homem Que Ri" (Rádio) - Josiana
1956 - Rádio Nacional: Radionovela Alma Sem Deus (Rádio) - Clotilde
1956 - Rádio Nacional: Série O Drama de Cada Um 'Nas Sombras do Passado' (Rádio) - Juliana
1956/1957 - Rádio Nacional: Radionovela Noite Iluminada (Rádio) - Nadina
1957 - Rádio Nacional: Programa Grande Teatro “O Terceiro Homem” (Rádio) - Esposa
1957 - Rádio Nacional: Radionovela O Vale dos Desenganos (Rádio) - Clotilde
1958 - Calúnia (Teatro)
1959 - Anjo de Pedra (Teatro)
1959 - Teatro de Variedades TV Rio: Tempestade na Rua Sycamore (Televisão)
1960 - Lição de Botânica (Teatro) - Dona Leonor
1961 - Carlota (Teatro)
1962 - Calúnia (Teatro)
1962 - Minha Querida Lady (Teatro)
1964/1965 - O Acusador (Televisão)
1965 - Eram Todos Meus Filhos (Teatro) - Kate Keller
1966/1967 - Rasto Atrás (Teatro)

9 comentários:

Unknown disse...

Sou filho de Suzana negri e fiquei muito contente em saber que um pouco de sua memória foi preservada. Ela faleceu em 14/04/1979. Agradeço de coração a quem colocou disponível essas informações.

MARIO GORDILHO disse...

Olá, caro José Jorge. Muito obrigado pelo contato e informação. Se puder nos passar mais dados sobre a atriz Suzana Negri, como data e local de nascimento e se você teve irmãos. Abração. Mario Gordilho.

Unknown disse...

Olá Mário, agradeço mais uma vez por vc disponibilizar informações sobre meus pais. Meu pai Elias contursi era cenotécnico (chefe de carpintaria) e não cenografo, aliás junto com luciano trigo, foi um dos melhores da sua época. Os cenários das pecas da tonia carreiro eram feitas por ele e sua equipe. Em muitas outras, em pareceria com luciano trigo, que era mais dedicado as pecas da dulcina de Morais. Eu nasci em outubro de 1954 e não pude acompanhar o auge das carreiras deles como gostaria, mas mesmo assim me deixaram importantes lições. Meu pai alem de exímio profissional, era um lider da categoria, sendo um dos fundadores da união dos carpinteiros teatrais. Lutava por melhores condições de trabalho e as vezes trabalhava de graça, contanto que a companhia contratasse profissionais para várias funções. Já naquela época o lucro era o foco principal e pessoas eram apenas pecas nesse jogo. Com sua morte em 24/10/1969 a entidade foi incorporada pela casa dos artistas e não sei se ainda existe. Ja minha mãe, comecou a trabalhar aos 13 anos e sempre viajando muito,
pois o teatro naquele época era itinerante, como o circo. As vezes ela me contava que não tinham dinheiro pra pagar os hotéis e tinham que deixar objetos empenhados. Mesmo assim foi autodidata nos estudos, ja que as viagens não permitiam matrícula em escola formal. Conseguiu estudar inglês e francês, apenas com livros e forca de vontade. Umas das poucas pecas em que a vi atuando foi my fair lady, com bibi ferreira e paulo Autran, onde o diretor era americano e ela se comunicava com ele em inglês. Ela se aposentou com mais de 40 anos de carteira assinada, sendo tb tida como uma das principais atrizes de sua época. Memória é uma das coisas importantes na formação da cidadania por isso o parabenizo por este resgate que é extensivo a muitos outros grandes técnicos e artistas e que hoje são completamente desconhecidos. Posso agora mostrar para meus netos como os bisavós deles honraram sua profissão e que qualquer semelhança será mesmo genética. Meu e-mail e jcontursi@gmail.com se precisar de mais alguma informação. Gratidão.

Unknown disse...

Complementando, sou filho único e a data do nascimento da minha mãe está correra. Obrigado. Abcs

MARIO GORDILHO disse...

Muito grato, José Jorge.

Já ajustado.

Abraço.

Romulo disse...

Gostaria de saber o que levou sua mãe a óbito? Obrigado desde já

Unknown disse...

ALGUM DADOS SOBRE SUA AVÓ?

Unknown disse...

Olá amigo, infelizmente não tenho muitas informações sobre minha avó Maria Lina. Minha mãe contava que ela tinha uma companhia de teatro e por uns tempos morava na França. A visão muda a cada período. Foi oferecido a ela um terreno na avenida atlantica, aqui no Rio. Na epoca era um brejo. Ela disse - pra que eu quero um terreno no brejo?. Encontrei essas informações na internet:

http://obscurofichario.com.br/fichario/maria-lima-negri/

https://teatrobr.blogspot.com/2012/03/maria-lino-rainha-do-maxixe.html?m=1

http://www.ctac.gov.br/centrohistorico/TeatroXPeriodo.asp?cod=149&cdP=5

Abcs e obrigado.

MARIO GORDILHO disse...

Fonte:

http://obscurofichario.com.br/fichario/suzana-maria-negri-da-silva/