Pesquisar este blog

quarta-feira, 25 de março de 2020

Chianca de Garcia



Nome real: Eduardo Chianca de Garcia

Créditos: Chianca de Garcia, ou Chianca Garcia

Atividades: Autor, roteirista, dramaturgo, jornalista, cineasta, diretor e produtor

Áreas: Cinema, teatro e TV

Nascimento: 14/05/1898, Lisboa - Portugal

Óbito: 28/01/1983, Rio de Janeiro/RJ

Causa óbito: Natural

Nota: Estava aposentado. Destacou-se como produtor Teatral. Atuou no Brasil e em Portugal.

Carreira: 1923-1960

Alguns trabalhos:

1930 - Ver e Amar (Cinema) - (Portugal) - Direção, Roteiro e Produção
1947 - Um Milhão de Mulheres (Teatro) - Direção, Autoria e Produção
1948 - Beijos, Abraços e Amor (Teatro) - Direção, Autoria e Produção
1948 - Leilão de Garotas (Teatro) - Direção, Autoria e Produção
1948 - O Mundo em Cuecas (Teatro) - Direção, Autoria e Produção
1948 - Nós, os Palhaços (Teatro) - Direção, Autoria e Produção
1950 - Mulheres de Fogo (Teatro) - Direção, Autoria e Produção
1950 - Mão Boba (Teatro) - Direção, Autoria e Produção
1951 - História do Teatro Brasileiro (Televisão) - Direção
1952 - Paris de 1900 (Teatro) - Direção, Autoria e Produção
1952/1953 - O Bode Tá Solto (Teatro) - Direção, Autoria e Produção
1953 - Coração Delator (Televisão) - Direção, Autoria e Produção
1953 - Lá Vem a Cobra Grande (Teatro) - Direção, Autoria e Produção
1955 - Tem Nego Bebo Aí (Teatro) - Direção, Autoria e Produção
1960 - Alegoria Carioca (Teatro) - Direção, Autoria e Produção

Nenhum comentário: