Pesquisar este blog

quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

Paulo Ramos



Nome real: Paulo Ramos

Créditos: Paulo Ramos

Atividades: Ator, diretor, produtor, cenógrafo, figurinista, aderecista, roteirista, dramaturgo, autor, garoto-propaganda, modelo e professor de interpretação

Áreas: Cinema, teatro e TV

Nascimento: 07/11/1948, São Paulo/SP

Relacionamentos: Primeiro casamento (1972-1975), uma filha: Ana Paula. Foi casado com a atriz e modelo Gloria Cristal (1979-1985). Viúvo da Sra. Moreira (1988-2008), uma filha: Manuela.

Nota: Na ativa. Formado em Artes Cênicas. Leciona dicção e impostação de voz para interpretação, marketing político e propaganda, e também atua como artista plástico.

Site: https://www.facebook.com/pauloramosbr

Carreira: 1967-2004 (63 obras)

1967 - A Margem (Cinema)
1968 - O Planeta Azul (Teatro)
1970 - A Dama do Camarote (Teatro)
1971 - Hospital (Televisão) - Dr. Paulo
1971/1972 - Minha Doce Namorada (Televisão)
1972 - Guru das Sete Cidades (Cinema) - Beto
1972/1973 - O Bofe (Televisão) - Advogado
1972/1973 - Uma Rosa com Amor (Televisão) - Lucas
1973 - Caso Especial: O Capote (Televisão)
1973 - Cavalo de Aço (Televisão)
1973 - Como É Boa Nossa Empregada (Cinema)
1973 - Fantástico: Cabeças de Fantástico (Televisão)
1973 - Fantástico: Teleteatro (Televisão)
1973 - O Bem-Amado (Televisão) - Dr. Jackson Novaes, médico substituto
1973 - O Melhor da Festa (Cinema)
1973 - Shazan, Xerife & Cia.: Pedra Maldita (Televisão)
1973 - Shazan, Xerife & Cia.: Perigo Sob a Lona (Televisão)
1973 - Sócrates (Teatro) - Platão
1973/1974 - João da Silva (Televisão)
1973/1974 - O Semideus (Televisão) - Dr. Renato
1973/1977 - Moacyr Franco Show (Televisão)
1973/1980 - Chico City (Televisão)
1975 - Escalada (Televisão) - Dr. Mário
1975 - Senhora (Televisão) - Eduardo Abreu
1976 - Despedida de Casado “censurada” (Televisão) - Eletricista acidentado
1976 - Doce Pássaro da Juventude (Teatro)
1976 - O Feijão e o Sonho (Televisão) - Davi
1976/1982 - Planeta dos Homens (Televisão)
1977 - O Planeta Azul (Teatro) - Bruxo, Produção, Direção e Autoria
1977/1978 - Nina (Televisão) - Afrânio
1977/1983 - Os Trapalhões (Televisão)
1978 - A Força dos Sentidos (Cinema)
1978 - Gina (Televisão) - Osório
1978 - O Embrião (Teatro) - Atuação e Direção
1979 - Essas Deliciosas Mulheres (Cinema) - Jorge
1979 - Eu Matei Lúcio Flávio (Cinema) - Lúcio Flávio
1979 - O Cinderelo Trapalhão (Cinema) - Davi
1980 - Água Viva (Televisão) - Rodrigo
1980 - O Incrível Monstro Trapalhão (Cinema) - Carlos Alberto
1981 - A Mulher Sensual (Cinema) - Rico
1981 - Ciranda de Pedra (Televisão) - Rogério
1981 - O Planeta Azul (Teatro) - Bruxo, Produção, Direção e Autoria
1982 - Caso Verdade: O Menino do Olho Azul (Televisão) - Oftalmologista
1982 - Os Trapalhões na Serra Pelada (Cinema) - Carlos
1982 - Pecado Horizontal (Cinema) - Marcos
1982 - Quem Ama Não Mata (Televisão) - Davi
1983 - A Ponte do Amor (Televisão) - Leonardo
1983 - Estranho Desejo (Cinema) - Michel
1983/1984 - Eu Prometo (Televisão) - Psiquiatra
1984 - Caso Verdade: Blumenau, Tudo Azul (Televisão)
1984 - Caso Verdade: Criança, Não! (Televisão)
1984 - Santa Marta Fabril S.A. (Televisão) - Cláudio
1985 - Antônio Maria (Televisão) - Heitor de Lima
1985 - Um Bonde Chamado Desejo (Teatro) - Stanley
1986 - Com Licença, Eu Vou à Luta (Cinema)
1987/1994 - Dom Pixote de La Mancha (Teatro) - Atuação, Produção, Direção e Autoria
1988 - Um Rato em Família (Teatro)
1998 - Brida (Televisão) - Chrystian
2000 - Rondon, o Último dos Bandeirantes (Cinema) - Narrador
2003 - Papai Noel no Século XXI (Teatro) - Atuação, Produção, Direção e Autoria
2004 - Anjos em Conflito (Teatro) - Atuação, Produção, Direção e Autoria
2004 - Dom Pixote de La Mancha (Teatro) - Atuação, Produção, Direção e Autoria
2004 - Jesus Vive: Paixão de Cristo de Paracuru (Teatro) - Produção, Direção e Autoria

5 comentários:

jhoncar disse...

Paulo Ramos nasceu no dia 07 de Novembro de 1948.
Abraços

elencobrasileiro disse...

Bom, John!

Tô surpreso e muito feliz pela sua grande ajuda... to até sem graça... rs

Espero que leia isso aki e considere-se eternamente agradecido, por tudo isso, e o que possa vir tb, afinal, a nossa cultura merece esse trabalho...

Abração

jhoncar disse...

Caro Mário,é um prazer imenso poder
colaborar de alguma forma para esse
seu trabalho maravilhoso de resgate a memória de nossos grandes ídolos.
Eu como um apaixonado que sou pela teledramaturgia brasileira,fico feliz
de saber que ainda existe pessoas como você que nos transporta no tempo
fazendo-nos rever rostos que há muito
tempo não víamos.
Nós é que te agradecemos por tudo.
E no que estiver ao meu alcance,pode contar comigo.
Abraços.

Anônimo disse...

Olá, se possível gostaria de saber notícias do ator Casé Aguiar, o índio de O Tempo é o Vento.

Anônimo disse...

Davi em "Cinderelo Trapalhão" (filme, 1979)