Pesquisar este blog

sábado, 27 de junho de 2020

Francisco Dantas



Nome real: Francisco Tschepokaitis

Créditos: Francisco Dantas

Atividades: Ator

Áreas: Cinema, teatro e TV

Nascimento: 18/09/1910, Kaunas - Lituânia (antiga Vilna, província da Rússia até 1921)

Óbito: 29/08/2000, Rio de Janeiro/RJ

Causa óbito: Insuficiência renal

Relacionamentos: Foi casado com a atriz Zulmira Médici (1930-1932), três filhas: Vera, Wanda e Vilna.

Nota: Estava aposentado. Formado em Teatro. Filho dos russos Jonas Tschepokaitis e Marjona Tschepokaitis. Tinha mais três irmãos: Jonas, Vitautas e Steponas. Veio sozinho para o Brasil em 04/1926. Seu nome de batismo era Parnas Vladislovas Tschepokaitis, que alterou no processo de naturalização. Foi integrante da "Companhia de Teatro Zaira Médici" (1930-1934), e do grupo teatral "Os Artistas Unidos" (1952-1959).

Carreira: 1930-1994

Alguns trabalhos:

1930 - A Inimiga (Teatro) - Criado
1930 - Adeus Mocidade (Teatro)
1931/1932 - A Inimiga (Teatro)
1931/1932 - A Morte Civil (Teatro)
1931/1932 - Adeus Mocidade (Teatro)
1931/1932 - Amor de Perdição (Teatro)
1931/1932 - O Guarani (Teatro)
1931/1932 - O Mártir do Carvalho (Teatro)
1931/1932 - Otelo (Teatro)
1931/1932 - Retalho (Teatro)
1932/1934 - Cia Ribeiro Cancela (Teatro)
1935/1937 - Companhia Darcy Cazarré (Teatro)
1935/1937 - Companhia Darcy Cazarré (Teatro)
1938 - Companhia Raul Roulien (Teatro)
1939 - Companhia Palmeirim Silva (Teatro)
1940 - Companhia Sebastião Arruda e Zaparolli (Teatro)
1941 - Companhia Alma Flora (Teatro)
1942 - Companhia Iracema de Alencar (Teatro)
1942/1943 - Filho de Sapateiro, Sapateiro Deve Ser (Teatro)
1943 - Gente Honesta (Teatro)
1943 - O Avarento (Teatro)
1944 - A Tal Que Entrou no Escuro ou A Bondosa Gelásia Kent (Teatro)
1944 - Das Cinco às Sete (Teatro)
1944 - Gato por Lebre (Teatro)
1944 - Veneno de Cobra (Teatro)
1945 - A Mulher Que Veio de Londres (Teatro)
1945 - Grande Marido (Teatro)
1945 - O Costa do Castelo (Teatro) - André
1945 - O Meu Nome É Doutor (Teatro)
1945 - O Super-Homem (Teatro)
1946 - A Viúva dos Cachorros (Teatro)
1947 - O Tal Que as Mulheres Gostam (Teatro)
1950 - A Secretária de Meu Marido (Teatro)
1952 - Jezabel (Teatro)
1952 - Os Ovos do Avestruz (Teatro)
1952/1953 - A Cegonha Se Diverte (Teatro)
1953 - Daqui Não Saio (Teatro)
1953 - Jezabel (Teatro)
1953 - Mulheres Feias (Teatro)
1953 - Os Maridos Avisam Sempre (Teatro)
1954 - A Cegonha Se Diverte (Teatro)
1954 - A Mulher do Diabo (Teatro)
1954 - Daqui Não Saio (Teatro)
1954 - Mulheres Feias (Teatro)
1954 - Também os Deuses Amam (Teatro)
1955 - Beija-me e Verás (Teatro)
1955 - Diabinho de Saias (Teatro)
1955 - Divórcio (Teatro)
1955 - Nascida para Ser Má (Teatro) - Douglas
1955 - O Sonho (Teatro)
1955 - Pedacinho de Gente (Teatro)
1955 - Prêmio de Virtude (Teatro)
1955 - Senhorita Barba-Azul (Teatro)
1955 - Sua Excelência a Prefeita (Teatro)
1955 - Tarde Demais / A Herdeira (Teatro)
1956 - Dona Xepa (Teatro)
1956 - Os Filhos da Biruta (Teatro)
1956 - Teatro de Variedades Moinho de Ouro TV Rio: A Gilda do Barreto (Televisão)
1956 - Teatro de Variedades Moinho de Ouro TV Rio: Alegria de Ser Pai (Televisão)
1956 - Teatro de Variedades Moinho de Ouro TV Rio: Conflito (Televisão)
1956 - Teatro de Variedades Moinho de Ouro TV Rio: Um Beijo com Molho (Televisão)
1956 - Teatro de Variedades Moinho de Ouro TV Rio: Vote em Mim, Dona Xandoca (Televisão)
1957 - O Diário de Ana Frank  (Teatro)
1957 - Teatro de Variedades Moinho de Ouro TV Rio: A Secretária do Meu Marido (Televisão)
1957 - Teatro de Variedades Moinho de Ouro TV Rio: Defunto, Porém Arrependido (Televisão)
1957 - Timbira (Teatro)
1957 - Valsa de Aniversário (Teatro)
1958 - Quartos Separados (Teatro)
1958 - Rua São Luís, 27 - 8º Andar (Teatro)
1958 - Teatro de Variedades Moinho de Ouro TV Rio: Diabinho de Saias (Televisão)
1959 - Tia Mame (Teatro)
1960 - Blum (Teatro)
1960 - O Amor em Hi-Fi (Teatro)
1960 - Quem Conhece as Mulheres? (Teatro)
1961 - Esse Rio Que Eu Amo (Cinema)
1962 - A Cegonha Se Diverte (Teatro)
1962 - As Loucuras da Mamãe (Teatro)
1962 - Empreste-me Seu Apartamento (Teatro)
1962 - Feliz Assassinato! (Teatro)
1962 - Society em Baby Doll (Teatro)
1964/1965 - Como Vencer na Vida Sem Fazer Força (Teatro)
1965 - TV de Comédia Tupi: Aconteceu em Alto Mar (Televisão)
1967 - O Inspetor Geral (Teatro) - Diretor do Hospital
1967 - Secretíssimo (Teatro)
1968 - Black Comedy / Tudo No Escuro (Teatro)
1971 - Uma Pantera em Minha Cama (Cinema)
1971/1972 - Um Violinista no Telhado (Teatro) - Policial
1972 - Independência ou Morte (Teatro)
1973 - Shazan, Xerife & Cia.: S.O.S Rádio Jururu (Televisão)
1975 - Gabriela (Televisão) - Coronel Jesuíno Guedes Mendonça
1979 - Carga Pesada TV Globo: Adeus, Dequinha (Televisão) - Coronel Quinzim
1981 - Amizade Colorida TV Globo: Gatinhas e Gatões (Televisão) - Avô de Bebel
1981 - Especial de Natal TV Cultura: Tio Maneco (Televisão)
1981 - O Bem-Amado TV Globo: Um Defunto à Bahiana (Televisão)
1981 - Plantão de Polícia TV Globo: Morrer por Amor (Televisão)
1982 - Caso Verdade TV Globo: Cabeça Branca (Televisão)

Um comentário:

MARIO GORDILHO disse...

Fontes:

https://www1.folha.uol.com.br/fsp/cotidian/ff3008200016.htm
http://memoria.bn.br/DocReader/089842_06/673