Pesquisar este blog

sábado, 25 de julho de 2020

Yara Lex



Nome real: Iracema Pedrina Barreto

Créditos: Yara Lex, ou Iara Lex

Atividades: Atriz, cantora, dubladora, dançarina, modelo, apresentadora, radialista e locutora

Áreas: Cinema, teatro, rádio e TV

Nascimento: 29/07/1929, Campo dos Goytacazes/RJ

Relacionamentos: Teve um primeiro casamento (1953-1954), uma filha: Regina Isabel. Viúva do compositor Antonio Sampaio Quadros (1961-1986), um filho: Iranto.

Nota: Afastou-se da mídia. Formada em Direito e em Teologia. Ex-vedete do "Teatro de Revista". Eleita "Certinha do Lalau" de 1959. Também atuou como advogada. Vive em Canavieiras/BA. Nome de casada: Iracema Pedrina Barreto Sampaio Quadros.

Site: https://www.facebook.com/iracemapedrinaadvogada

Carreira: 1954-1966 (38 obras)

1954 - Viva a Penha (Teatro) - Vedete
1955 - Color Revue (Teatro) - Vedete
1956 - Aperta o Cinto (Teatro) - Vedete
1956 - Brasil, de Pedro a Pedro (Teatro) - Vedete
1956 - Castiga o Couro (Teatro) - Vedete
1956 - Está em Todas (Teatro) - Vedete
1957 - Com Jeito Vai! (Teatro) - Vedete
1957 - Escravos do Amor das Amazonas / Love Slaves of the Amazon (Cinema) - Dublagem (EUA)
1957 - Espetáculos Tonelux (Televisão) - Cantora
1957 - Mister Samba (Teatro) - Vedete (América Central)
1957 - Noite de Gala TV Rio (Televisão) - Cantora
1957 - Rádio Vera Cruz: Programa Vozes de Nossa Terra (Rádio) - Cantora
1957/1958 - Mister Samba (Teatro) - Vedete
1958 - A Noite das Vedetes na Boate Cap Arcona (Teatro) - Apresentadora
1958 - Compacto da Gravadora Lord “Canções: "Baionando no Japão/Triste Recordação" (Música) - Cantora
1958 - Tem Jerico na Praça (Teatro) - Vedete
1959 - Compacto da Gravadora Lord “Canções: "Amor Impossível/Louca no Paraíso" (Música) - Cantora
1959 - Elas Só Usam Baby Doll (Teatro) - Vedete
1960 - Entrei de Gaiato (Cinema) - Cantora
1960 - Gosto Que Me Enrosco (Teatro) - Vedete (Portugal)
1960 - Mister Momo (Teatro) - Vedete
1960 - Rio, Capital Samba (Teatro) - Vedete
1960 - Sai Dessa, Recruta (Teatro) - Empregada
1960 - Show na Boate Tágede de Lisboa (Teatro) - Vedete (Portugal)
1960 - Uyara, Mãe das Águas (Teatro) - Vedete
1961 - Marco Polo 61 (Teatro) - Vedete
1961 - Ritmos do Brasil (Teatro) - Vedete
1961 - Três Colegas de Batina / Assim na Terra como no Céu (Cinema) - Luizinha
1962 - Vai Mexendo Que Eu Tempero!... (Teatro) - Vedete
1963 - Manaus, Glória de Uma Época / Und Der Amazonas Schweigt (Cinema) - (Brasil/Alemanha)
1963 - O Homem Que Roubou a Copa do Mundo (Cinema)
1964 - Compacto da Gravadora Caravelle “Canções: "Viva o Amor (Ciribiribin)/ Horas Sem Iguais" (Música) - Cantora
1965 - Lana, Rainha das Amazonas (Cinema) - Tahira
1965 - Rádio Guanabara: Programa Vitrola Mágica (Rádio) - Apresentadora
1965 - Tem Piriri no Pororó (Teatro) - Vedete
1966 - Compacto da Gravadora Ranger “Canções: Ziri-Guidin/Chuva de Vento” (Música) Cantora
1966 - LP Carnaval 66 da Gravadora RGE “Canções: Vatapá/Travesseiro do Amor” (Música) - Cantora
1966 - Vítimas da Ambição (Cinema)

Um comentário:

MARIO GORDILHO disse...

Fonte:

Site: http://memoria.bn.br/DocReader/089842_06/86795